WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura de pocoes




cobra produtora marcus solla acougues angelica fabricio

:: 19/abr/2021 . 23:42

BETO AZEVEDO, CONHECIDO COMO BETÃO DA ACADEMIA ART E MOVIMENTO, PARTICIPANTE DO CLUBE PLATAFORMA VERMELHA DO APLICATIVO STRAVA, É O PRIMEIRO ATLETA CLASSIFICADO NA CATEGORIA HOMEM DE FERRO

BETO AZEVEDO, CONHECIDO COMO BETÃO DA ACADEMIA ART E MOVIMENTO, PARTICIPANTE DO CLUBE PLATAFORMA VERMELHA DO APLICATIVO STRAVA, É O PRIMEIRO ATLETA CLASSIFICADO NA CATEGORIA HOMEM DE FERRO, POR TER PEDALADO MAIS DE 1.600 KM EM APENAS 7 DIAS.
O GRUPO PLATAFORMA VERMELHA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR ATLETAS A SUPERAREM SEUS LIMITES!
APRESENTANDO OS ATLETAS PLATAFORMA DA SEMANA
*CATEGORIA FEMININA: THAMMIRES NOGUEIRA PEDALANDO 269.8 QUILÔMETROS, COM 2.923 METROS DE ELEVAÇÃO.
ALCANÇANDO A CATEGORIA FORTE.

*CATEGORIA MASCULINA: BETO AZEVEDO PEDALANDO 1.609,7 QUILÔMETROS, COM 15.873 METROS DE ELEVAÇÃO.
ALCANÇANDO A CATEGORIA: HOMEM DE FERRO.

População do Bairro Novo em Itacaré no Litoral Sul da Bahia, denuncia descaso da Prefeitura.

Moradores da Rua Alameda Salgado que fica atrás da Creche do Bairro Novo em Itacaré, denunciam descaso da Prefeitura.

Segundo os moradores, eles estão há mais 10 anos sem ter acesso aos serviços públicos.
Os moradores alegam que a rua não possui pavimentação, energia elétrica nas casas e rede de esgoto.
Uma moradora disse em conversa com o Site Portal Gongogi, que um dos principais problemas da rua é o fornecimento de energia elétrica. Segundo ela o fornecimento de energia nas casas está sendo através de gatos.
Infelizmente a prefeitura de Itacaré, ainda não formalizou junto a concessionária de energia ; o fornecimento de energia elétrica para a rua. Ela disse que a manutenção da rua, vem sendo feita há anos pelos moradores e já faz muito tempo que a Prefeitura de Itacaré vem ignorando as necessidades dos moradores da Rua Alameda Salgado.

A moradora ainda acrescentou :

” Queremos energia elétrica nas casas para não precisar usar gatos.
Estamos cansados de queimar aparelhos eletrônicos por motivos da falta de energia, estamos correndo riscos com alguns postes de madeira improvisados”

Segundo o Código de Defesa do Usuário do Serviço Público,

Lei Federal nº 13.460, de 26 de junho de 2017*

Art. 5º O usuário de serviço público tem direito à adequada prestação dos serviços, devendo os agentes públicos e prestadores de serviços públicos observar as seguintes diretrizes:

I – urbanidade, respeito, acessibilidade e cortesia no atendimento aos usuários;

Boletim atualizado – 19/04/21.

Prefeitura de Poções irá vacinar, amanhã (20), idosos acima de 64 anos contra a Covid-19; de 75 anos recebem a 2ª dose

A Prefeitura de Poções, através da Secretaria Municipal de Saúde, vai realizar amanhã, terça-feira (20/04), a vacinação contra a Covid-19 nos idosos com idade acima de 64 anos, conforme datas e horários estabelecidos.
Na oportunidade, os idosos com de idade acima de 75 anos recebem a 2ª dose.
O idoso que irá receber a vacina deverá procurar a Unidade de Saúde em que está cadastrado ou o seu Agente de Saúde e se informar do dia e horário para a vacinação. Não esqueça de levar o cartão da família, CPF e/ou Cartão do SUS.
Confiram abaixo o cronograma:
Das 9h às 10:30h: Paulina Maria (Morrinhos) – Na Igreja;
Das 9h às 10:30h: Ednaldo Rodrigues (Bandeira Nova);
Das 8h às 11h: UBS Poções (Posto de Puericultura) – No Tiro de Guerra;
Das 10:40h às 11:40h: Nelson Ventura (Alto da Vitória) – Na quadra do Colégio Bohêmia Marinho;
Das 10:40h às 11:40h: Amedeo Sangiovanni (Bela Vista) – Na quadra ao lado do posto;
Das 14h às 15:30h: Neumir Pereira (Atrás da Policlínica) – Na Escola Maria Rosa;
Das 14h às 15:30h: Antônio Mascarenhas (Açude) – Na Creche;
Das 14h às 15:30h: Jesulino Hipólito (Rua de Boa Nova) – Na Escola Nadir Chagas;
Das 14h às 15:30h: Antônio Joaquim Soares (Primavera) – No Colégio Pedro Cunha;
Das 15:40h às 17h: Francisco Paradella (Lagoa Grande) – Na igreja;
Das 15:40h às 17h: Epaminondas Arcanjo (Rua da Padaria Coelho) – Na igreja;
Das 15:40h às 17h: Arthur Rolim (São Paulo) – Na Escola Deusdnea Macedo;
Das 15:40h às 17h: Leandro Silva (Indaiá) – No Ginásio de Esportes.

A Prefeitura Municipal de Poções vem a público esclarecer o que segue.

A Administração Municipal tomou a iniciativa de contratar serviços terceirizados através de um amplo, concorrido e transparente processo licitatório.
A subcontratação de MEIs, realizada pela empresa contratada, se enquadra nos preceitos legais estabelecidos pela denominada Reforma Trabalhista, que alterou dispositivos da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT.
Muito embora a presente gestão tenha desejado realizar contratações diretamente, tal iniciativa revela-se inviável do ponto de vista orçamentário, em razão dos limites fiscais que toda gestão deve obedecer.
Cumpre ainda elucidar, que as contratações de pessoal da Prefeitura Municipal de Poções, são regidas por normas do Direito Administrativo e não pela CLT, tendo em vista o Regime Jurídico Único aplicado, por sua vez, aos (às) profissionais contratados (as).
Com a terceirização realizada, o Poder Executivo Municipal reafirma seu compromisso com todos(os) os(as) trabalhadores(as), ao extinguir um modelo de contratação clandestina, utilizada em gestão passada, que optava por uma intermediação ilegal de mão de obra, valendo-se de cooperativas amplamente rechaçadas por diversos órgãos de controle e de investigação.
Por fim, ressaltamos que são garantidos aos Microempreendedores todos os direitos previdenciários, a saber: aposentadoria por idade e por invalidez, auxílio doença, salário maternidade, pensão por morte, dentre outros.
Assim, temos a convicção de que a verdade sempre prevalecerá.

A prefeitura Municipal de Poções, através da Secretaria Municipal de Agricultura, iniciou na última quinta-feira(15/04) o Mutirão para abastecimento de água em nosso município.

 

Confira a programação:
Dia:15/04(quinta-feira) Comunidade do Mulungu.
Dia16 e 17/04(sexta-feira) Comunidades do Capim Branco, São José 1 e 2.
Dia:19/04(segunda-feira) Comunidade do Assentamento Boa Esperança.
Em breve a Secretaria estará divulgando o restante da programação.

Urgente: Vitória da Conquista registra a triste marca de 400 mortes por Coronavírus

Nas últimas 24 horas, foram confirmados 95 novos casos de Covid-19 e agora o município contabiliza 25.239 pessoas que tiveram diagnóstico positivo de infecção pelo novo Coronavírus, desde 31 de março do ano passado. Do total, 24.441 estão recuperadas e 398 estão em recuperação, 98 internadas em Vitória da Conquista e 300 em tratamento domiciliar.

Ainda há 1.744 casos notificados por suspeita de infecção pela Covid-19 que aguardam classificação final por investigação clínico-epidemiológico e/ou laboratorial.

Nesta segunda-feira (19), foram confirmados os óbitos de dois pacientes em decorrência de complicações da Covid-19, somando, até o momento, 400 falecimentos de moradores do município.

399º óbito – Mulher de 71 anos, moradora do bairro Nossa Senhora Aparecida, portadora de doença cardiovascular crônica. Foi internada no dia 29 de março no Hospital Geral de Vitória da Conquista, onde faleceu em 18 de abril.

400º óbito – Homem de 38 anos, morador do bairro Felícia, portador de diabetes melitos e Hipertensão Arterial Sistêmica. Foi internado no dia 16 de abril no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), onde faleceu em 18 de abril.

Ocupação de Leitos – Neste momento, 115 pacientes estão internados em parte dos 148 leitos disponíveis (78 enfermarias e 70 leitos de UTI) na rede SUS para tratamento de pacientes confirmados ou com suspeita de infecção pelo novo Coronavírus. Além de moradores de Vitória da Conquista, também estão internados residentes dos seguintes municípios:

Aracatu; Barra do Choça; Barreiras; Belo Campo; Bom Jesus da Lapa; Brumado; Caatiba; Caculé; Caetanos; Caetité; Carinhanha; Condeúba; Firmino Alves; Guajeru; Guanambi; Ibicuí; Igaporã; Itambé; Jussiape; Lagoa Real; Livramento de Nossa Senhora; Malhada de Pedras; Mirante; Mortugaba; Paramirim; Parantiga; Poções; Porto Seguro; Rio do Antônio; Tanhaçu; Taperoá; Comercinho-MG; Diamantino-MT e Valparaíso-SP.[FONTE BLOG DO SENA]

FOI VINCULADO EM ALGUNS BLOGS FAKE NEWS -NOTA DE ESCARECIMENTO NAMC ADVOCACIA [ E DEIXAR BEM CLARO FAKE NEWS É CRIME]

COM LEITOS DE UTIS EM CONQUISTA EM ALGUNS HOSPITAIS CHEGARAM A 1OO POR CENTO DE OCUPAÇÃO A PREFEITA CONTINUA SE FAZENDO DE CEGA

O Comitê de Gestão para o enfrentamento da Covid-19  de Vitória da Conquista apresentou na semana passada números e dados para esclarecer a motivação do decreto municipal nº 20.929 que estabelece horários escalonados e diferentes do Decreto Estadual, para funcionamento do comércio, serviços, transporte coletivo e atividades religiosas em Vitória da Conquista.

O Secretário Kairan Rocha enfatizou, que, apesar de divergente do decreto estadual que estipula horários diferentes dos definidos pela medida municipal, não se trata de confrontar o Governo do Estado ou qualquer autoridade, mas de buscar a melhor forma de enfrentar a Covid-19 e salvar vidas. Para Kairan, este é um momento muito grave e é importante que haja um único objetivo, o de vencer a Covid-19 e evitar que a tragédia continue a tirar vidas.

A Prefeitura liberou também a comercialização de bebidas alcoólicas em bares, restaurantes, supermercados e delivery, vetando apenas o consumo em vias públicas.

O comando da PM em Vitória da Conquista já informou desde a semana passada que vai fiscalizar o cumprimento do decreto estadual, ignorando o municipal.

Questionada por nossa reportagem a Administração Municipal não se pronunciou sobre as sanções que por ventura os munícipes possam sofrer por parte do Poder de Polícia do Estado.

Municípios integrantes do Anexo 1 do Decreto do Governo da Bahia do último domingo

Abaíra, Acajutiba, Adustina, Alagoinhas, Alcobaça, América Dourada, Anagé,Andaraí, Angical, Antas, Aporá, Araçás, Aracatu, Aramari, Baianópolis, Banzaê, Barra, Barra do Mendes, Barreiras, Barro Alto, Belmonte, Belo Campo, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Lapa, Bom Jesus da Serra, Boninal, Bonito, Boquira, Botuporã, Brejolândia, Brotas de Macaúbas, Brumado, Buritirama, Caatiba, Caculé, Caetanos, Caetité, Cafarnaum, Canápolis, Canarana, Candiba, Cândido Sales, Caraíbas, Caravelas, Cardeal da Silva, Carinhanha, Catolândia, Catu, Caturama, Central, Cícero Dantas, Cipó, Cocos, Condeúba, Contendas do Sincorá, Cordeiros, Coribe, Coronel João Sá, Correntina, Cotegipe, Crisópolis, Cristópolis, Dom Basílio, Encruzilhada, Entre Rios, Érico Cardoso, Esplanada, Eunápolis, Fátima, Feira da Mata, Firmino Alves, Formosa do Rio Preto, Gentio do Ouro, Guajeru, Guanambi, Guaratinga , Heliópolis, Iaçu, Ibiassucê, Ibicoara, Ibicuí, Ibipeba, Ibipitanga, Ibiquera, Ibirapuã, Ibitiara, Ibititá, Ibotirama, Igaporã, Iguaí, Inhambupe, Ipupiara, Iraquara, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itaetê, Itagimirim, Itaguaçu da Bahia, Itamaraju, Itambé, Itanagra, Itanhém, Itapebi, Itapetinga, Itapicuru, Itarantim, Itororó, Ituaçu, Iuiu, Jaborandi, Jacaraci, Jandaíra, João Dourado, Jucuruçu, Jussara, Jussiape, Lagoa Real, Lajedão, Lajedinho, Lapão, Lençóis, Licínio de Almeida, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Macajuba, Macarani, Macaúbas, Maetinga, Maiquinique, Malhada, Malhada de Pedras, Mansidão, Marcionílio Souza, Matina, Medeiros Neto, Mirante, Morpará, Mortugaba, Mucugê, Mucuri, Mulungu do Morro, Muquém do São Francisco, Nova Canaã, Nova Redenção, Nova Soure, Nova Viçosa, Novo Horizonte Novo Triunfo, Olindina, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Palmas de Monte Alto, Palmeiras, Paramirim, Paratinga, Paripiranga, Pedrão, Piatã, Pindaí, Piripá, Planalto, Poções, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Jânio Quadros, Riachão das Neves, Riacho de Santana, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal, Ribeirão do Largo, Rio de Contas, Rio do Antônio, Rio do Pires, Rio Real, Ruy Barbosa, Santa Cruz Cabrália, Santa Maria da Vitória, Santa Rita de Cássia, Santana, São Desidério, São Félix do Coribe, São Gabriel, Sátiro Dias, Seabra, Sebastião Laranjeiras, Serra do Ramalho, Serra Dourada, Sítio do Mato, Sítio do Quinto, Souto Soares, Tabocas do Brejo Velho, Tanhaçu, Tanque Novo, Teixeira de Freitas, Tremedal, Uibaí, Urandi, Utinga, Vereda, Vitória da Conquista, Wagner, Wanderley e Xique-Xique.

Municípios integrantes do Anexo 2

Caém, Caldeirão Grande, Capim Grosso, Jacobina, Mairi, Miguel Calmon, Mirangaba, Morro do Chapéu, Ourolândia, Piritiba, Quixabeira, São José do Jacuípe, Saúde, Serrolândia, Tapiramutá, Umburanas, Várzea da Roça, Várzea do Poço e Várzea Nova.

 

CONFIRA A ÍNTEGRA DO DECRETO DO ESTADO DA BAHIA

DECRETO Nº 20.400 DE 18 DE ABRIL DE 2021

 

Institui, nos Municípios do Estado da Bahia, as restrições indicadas, como medidas de enfrentamento ao novo coronavírus, causador da COVID-19, e dá outras providências.

 

O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, no uso da atribuição que lhe

confere o inciso V do art. 105 da Constituição Estadual,

 

considerando que a saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem reduzir o risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação, na forma do art. 196 da Constituição Federal;

 

considerando a classificação pela Organização Mundial de Saúde, no dia 11 de março de 2020, como pandemia do Novo Coronavírus, bem como a ascendência dos casos ativos e a transmissibilidade das cepas identificadas no Estado da Bahia;

 

considerando que a situação demanda o emprego urgente de mais medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública, a fim de evitar a disseminação da doença;

 

considerando o monitoramento dos indicadores – número de óbitos, taxa de ocupação de leitos de UTI e número de casos ativos – divulgados diariamente nos boletins epidemiológicos,

 

D   E C R E T A

 

Art. 1º – Fica determinada a restrição de locomoção noturna, vedados a qualquer

indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas, das 21h às 05h, de 18 de abril até 26 de abril de 2021, em todo o território do Estado da Bahia, em conformidade com as condições estabelecidas nos respectivos Decretos Municipais.

 

  •  – A restrição de locomoção noturna prevista no caput deste artigo ocorrerá

das 20h às 05h, de 18 de abril até 26 de abril de 2021, nos Municípios integrantes do Anexo I deste Decreto.

 

  •  – A restrição prevista neste artigo não se aplica:

 

  • – aos indivíduos que se desloquem para atendimento em serviços de saúde ou

farmácia, para compra de medicamentos, e para situações em que fique comprovada a urgência;

 

  • – aos servidores, funcionários e colaboradores, no desempenho de suas funções,

que atuam nas unidades públicas ou privadas de saúde e segurança.

 

  •  – Os estabelecimentos comerciais e de serviços deverão encerrar as suas

atividades com até 30 (trinta) minutos de antecedência do período estipulado no neste artigo, de modo a garantir o deslocamento dos seus funcionários e colaboradores às suas residências.

 

  •  – Os estabelecimentos comerciais que funcionem como restaurantes, bares e

congêneres, localizados nos Municípios integrantes do Anexo I deste Decreto, deverão encerrar o atendimento presencial às 19h, permitidos os serviços de entrega em domicílio (delivery) de alimentação até às 24h.

 

  •  – Ficam excetuados da restrição prevista neste artigo:

 

  • – o funcionamento dos terminais rodoviários, metroviários, aquaviários e

aeroviários, bem como o deslocamento de funcionários e colaboradores que atuem na operacionalização destas atividades fins;

 

  • – os serviços de limpeza pública e manutenção urbana;

 

  • – os serviços de entrega em domicílio (delivery) de farmácia e medicamentos;

 

  • – as atividades profissionais de transporte privado de passageiros.

 

  • 6º – A circulação dos meios de transporte metropolitanos deverá ser suspensa

das 21h30 às 05h de 18 de abril até 26 de abril de 2021.

 

Art. 2º – A lotação máxima permitida em cada estabelecimento comercial, de

serviços e financeiro, como mercados e afins, bancos e lotéricas, cujo funcionamento esteja autorizado, deverá ser definida em ato editado por cada Município, considerado o tamanho do espaço físico, com o objetivo de evitar aglomerações.

 

Parágrafo único – A fiscalização do quanto disposto neste artigo caberá aos

respectivos Municípios.

 

Art. 3º – Fica vedada, em todo o território do Estado da Bahia, a venda de bebida

alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por sistema de entrega em domicílio (delivery), das 18h de 23 de abril até às 05h de 26 de abril de 2021.

 

  •  – Excepcionalmente, o disposto no caput deste artigo não se aplicará aos Municípios integrantes de Região de Saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI se mantenha, por 05 (cinco) dias consecutivos, igual ou inferior a 75% (setenta e cinco por cento).

 

  •  – Os Municípios a que se refere o § 1º deste artigo são os indicados no Anexo II deste Decreto.

 

Art. 4º – As atividades letivas, nas unidades de ensino, públicas e particulares,

poderão ocorrer de maneira semipresencial, conforme disposições editadas pela Secretaria da Educação, nos Municípios integrantes de Região de Saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI se mantenha, por 05 (cinco) dias consecutivos, igual ou inferior a 75% (setenta e cinco por cento).

 

  •  – A realização das atividades letivas semipresenciais mencionadas no caput

deste artigo fica condicionada à ocupação máxima de 50% (cinquenta por cento) da capacidade de cada sala de aula e ao atendimento dos protocolos sanitários estabelecidos.

 

  •  – Os Municípios a que se refere o caput deste artigo são os indicados no Anexo II deste Decreto.

 

Art. 5º – Fica vedada, em todo o território do Estado da Bahia, a prática de

quaisquer atividades esportivas coletivas amadoras do dia 18 de abril até 26 de abril de 2021, sendo permitidas as práticas individuais, desde que não gerem aglomerações.

 

Art. 6º – Fica autorizado, em todo o território do Estado da Bahia, o

funcionamento de academias e estabelecimentos voltados para a realização de atividades físicas, de 18 de abril até 26 de abril de 2021, desde que limitada a ocupação ao máximo de 50% (cinquenta por cento) da capacidade do local, observados os protocolos sanitários estabelecidos.

 

Art. 7º – Ficam suspensos eventos e atividades, em todo o território do Estado da Bahia, independentemente do número de participantes, ainda que previamente autorizados, que envolvam aglomeração de pessoas, tais como: eventos desportivos coletivos e amadores, cerimônias de casamento, eventos recreativos em logradouros públicos ou privados, circos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas em academias de dança e ginástica, a abertura e funcionamento de zoológicos, museus, teatros e afins, durante o período de 18 de abril até 26 de abril de 2021.

 

Parágrafo único – Os atos religiosos litúrgicos poderão ocorrer, desde que,

cumulativamente, sejam atendidos os seguintes requisitos:

 

  • – respeito           aos       protocolos       sanitários        estabelecidos, especialmente       o

distanciamento social adequado e o uso de máscaras;

 

  • – instalações físicas amplas, que permitam ventilação natural cruzada;

 

  • – limitação da ocupação ao máximo de 25% (vinte e cinco por cento) da

capacidade do local.

 

Art.  – Excepcionalmente, desde que respeitados os protocolos sanitários

estabelecidos e observado o quanto disposto no art. 1º deste Decreto, os eventos exclusivamente científicos e profissionais ocorrerão com público limitado a 50 (cinquenta) pessoas.

 

Parágrafo único – O disposto no caput deste artigo não se aplica aos Municípios

constantes no Anexo I deste Decreto.

 

Art. 9º – Fica suspensa a realização de shows, festas, públicas ou privadas, e afins,

independentemente do número de participantes, em todo território do Estado da Bahia, até 26 de abril de 2021.

 

Art. 10 – Os meios de transporte metropolitanos aquaviários obedecerão aos

seguintes regramentos, respeitadas as normas editadas pela Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia – AGERBA:

 

  • – a circulação dos ferry boats deverá ser suspensa das 21h30 às 05h de 19 de

abril a 23 de abril de 2021, ficando vedado o seu funcionamento nos dias 24 e 25 de abril de 2021;

 

  • – a circulação das lanchinhas deverá ser suspensa das 21h30 às 05h de 19 de

abril a 26 de abril de 2021, limitada a ocupação ao máximo de 50% (cinquenta por cento) da capacidade da embarcação, nos dias 24 e 25 de abril de 2021.

 

Art. 11 – Excepcionalmente, ficam autorizados, durante os períodos de restrição

previstos neste Decreto, os serviços necessários ao funcionamento de toda e qualquer atividade industrial, do setor eletroenergético, das centrais de telecomunicações (call centers) que operem em regime de 24h e dos Centros de Distribuição e o deslocamento dos seus trabalhadores e colaboradores.

 

Art. 12 – A Secretaria da Segurança Pública, através da Polícia Militar da Bahia e

da Polícia Civil, apoiará as medidas necessárias adotadas nos Municípios, tendo em vista o disposto neste Decreto, em conjunto com Guardas Municipais.

 

Art. 13 – O disposto neste Decreto será aplicado a órgãos e entidades integrantes

da Administração Pública Estadual e Municipal, nos termos dos atos normativos editados pelos respectivos entes.

 

Art. 14 – Os órgãos especiais vinculados à Secretaria da Segurança Pública

observarão a incidência dos arts. 268 e 330 do Código Penal, nos casos de descumprimento do quanto disposto neste Decreto.

 

Art. 15 – Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

 

PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA, em 18 de abril de 2021.

Brasil chega a 375 mil mortos por Covid; país registrou 1.607 mortes em 24 horas

O país registrou 1.607 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas e totalizou nesta segunda-feira (19) 375.049 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias chegou a 2.860. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de +3%, indicando tendência de estabilidade nos óbitos decorrentes da doença.

Os números estão no novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil, consolidados às 20h desta segunda. O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Já são 89 dias seguidos no Brasil com a média móvel de mortes acima da marca de mil; o país completa agora 34 dias com essa média acima dos 2 mil mortos por dia. Nos últimos 24 dias, a média esteve acima da marca de 2,5 mil.

Veja a sequência da última semana na média móvel:

Média móvel de mortes nos últimos 7 dias — Foto: Arte G1

Média móvel de mortes nos últimos 7 dias — Foto: Arte G1

  • Terça (13): 3.051
  • Quarta (14): 3.012
  • Quinta (15): 2.952
  • Sexta (16): 2.870
  • Sábado (17): 2.917
  • Domingo (18): 2.878
  • Segunda (19): 2.860

 

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 13.977.713 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 35.885 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 65.186 novos diagnósticos por dia. Isso representa uma variação de +3% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica tendência de estabilidade nos diagnósticos.

Sete estados estão com alta nas mortes: AC, AP, ES, MG, PA, RJ e RR.

Brasil, 19 de abril

  • Total de mortes: 375.049
  • Registro de mortes em 24 horas: 1.607
  • Média de novas mortes nos últimos 7 dias: 2.860 por dia (variação em 14 dias: +3%)
  • Total de casos confirmados: 13.977.713
  • Registro de casos confirmados em 24 horas: 35.885
  • Média de novos casos nos últimos 7 dias: 65.186 por dia (variação em 14 dias: +3%)

Estados

  • Subindo (7 estados): AC, AP, ES, MG, PA, RJ e RR
  • Em estabilidade (14 estados): AL, AM, BA, GO, MA, MS, PE, PI, PR, RN, RO, SE, SP e TO
  • Em queda (5 estados e o Distrito Federal): CE, DF, MT, PB, RS e SC

Essa comparação leva em conta a média de mortes nos últimos 7 dias até a publicação deste balanço em relação à média registrada duas semanas atrás (entenda os critérios usados pelo G1 para analisar as tendências da pandemia).

Vale ressaltar que há estados em que o baixo número médio de óbitos pode levar a grandes variações percentuais. Os dados de médias móveis são, em geral, em números decimais e arredondados para facilitar a apresentação dos dados.

Vacinação

Balanço da vacinação contra Covid-19 desta segunda aponta que 26.654.459 pessoas já receberam a primeira dose de vacina contra a Covid-19, segundo dados divulgados até as 20h. O número representa 12,59% da população brasileira.

A segunda dose já foi aplicada em 10.131.323 pessoas (4,78% da população do país) em todos os estados e no Distrito Federal.

No total, 36.785.782 doses foram aplicadas em todo o país.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia