WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura de pocoes




cobra produtora marcus solla acougues angelica fabricio

:: 9/abr/2021 . 22:46

Um Casal de Congonhas é preso suspeito de matar bebê achada em rodovia

Foto: Reprodução
Um caso que repercutiu na Grande BH no início deste ano começou a ser desvendado pela Polícia Civil de Minas Gerais. As pistas levaram a equipe até a cidade histórica de Congonhas, na Região Central do estado. Lá, um casal, considerado acima de qualquer suspeita, segundo os investigadores, foi preso nesta quarta-feira (7/4) pela morte da  menina de apenas 1 ano e oito meses, cujo corpo foi encontrado debaixo de um viaduto na Região Oeste de BH.
A mãe dela, de 28 anos, que era amante do homem e estaria grávida dele, desapareceu, e a polícia não descarta que também esteja morta. Os detalhes da apuração foram apresentados pela polícia em entrevista coletiva transmitida pela internet na manhã desta quarta.
Na madrugada de 25 de janeiro, o corpo da pequena P.V.L.O foi encontrado por populares que estavam a caminho do trabalho. Ele estava debaixo de um viaduto entre a BR-040 e o km 544 da MGC-356, no Bairro Olhos D’Água. O corpo da bebê estava coberto por uma blusa de frio e o rosto dela tinha hematomas. Perto dele, havia um bilhete.
De acordo com a Polícia Civil, ao periciar o corpo da criança, eles notaram que, em uma das pernas dela, havia a transfixação da tinta de um panfleto, que ficou como uma “tatuagem” legível no corpo dela. Isso pode ter sido provocado pelo contato do suor ou outra substância com o papel. Esse anúncio fazia referência a um monumento histórico de Congonhas e era da prefeitura. Isso levou a polícia ao município, onde moram as famílias envolvidas.
“O caso é escabroso, tenebroso. Não existe limite para a maldade humana. É um caso que mexe com a gente. Uma criança de 1 ano e oito meses que não fez nada, não presenciou nada, não sabe de nada, e foi morta exclusivamente para apagar qualquer rastro que ligue este autor à desaparecida”, enfatizou o delegado Alexandre Fonseca.
Segundo ele, P. era a caçula dos três filhos de Fernanda Caroline Leite Dias.
 O marido dela mora nos Estados Unidos há pelo menos quatro anos. Lá, ele trabalha e mantém a família em Congonhas. Apesar de o casamento não estar indo bem, ela continuava morando com os parentes dele por questões financeiras. A situação era ainda mais complicada porque a bebê era filha de outro homem, que mora em Belo Horizonte. “A Fernanda vivia nesse ambiente estranho para ela. Os familiares do seu marido conviviam, em uma cidade pequena, com essa depreciação de que a P. era filha de uma relação extraconjugal. O marido tinha apelidos pejorativos sobre isso”, explicou o delegado.
Diante desse histórico, todos foram investigados, inclusive parentes do homem, que têm passagens pela polícia por participação em tráfico de drogas e homicídio. “Para nós, o que torna esse caso ainda mais escabroso, é perceber  que os verdadeiros autores são pessoas que não têm antecedentes criminais, têm trabalho fixo. O autor trabalha em uma grande mineradora da região e do nosso país. A sua mulher, partícipe, é funcionária da Prefeitura de Congonhas. Têm uma vida estável financeiramente. São pessoas incólumes, impassíveis de qualquer suspeição na nossa sociedade”, enfatizou Alexandre Fonseca.
Caso
A polícia descartou que o marido de Fernanda, a família dele e o pai da bebê tenham relação com o desaparecimento dela e a morte da filha. O homem preso pelo caso, na verdade, era o atual amante da jovem. Segundo os investigadores, eles estavam juntos em segredo há três meses, mas a família do marido dela acabou descobrindo.
Fernanda e o homem se conheceram em uma negociação para que ele fizesse uma instalação elétrica para ela. De acordo com o delegado, mesmo casado, o homem é um “galanteador” e acabou conquistando Fernanda. “Nós conseguimos confirmar que realmente o suspeito tinha um envolvimento com a Fernanda.

Bolsonaro, visivelmente perdido e assustado, agride Barroso

Que Jair Bolsonaro, o verdugo do Planalto, não é hábil na arte do raciocínio lógico e na condução das palavras, todos nós sabemos muito bem. Perto dele, Dilma “Estoquista de Vento” Rousseff se torna uma brilhante oradora.
Assim, nenhuma surpresa com relação ao seu pronunciamento truncado – e tresloucado – desta manhã de sexta-feira (09/4) – treze para ele, hehe – aos seus seguidores às portas do Palácio da Alvorada, naquele cercadinho ridículo.
O amigão do Queiroz, contudo, estava mais confuso que de costume, e cobrou do ministro Barroso que determine a abertura do processo de impeachment contra um ministro do STF, que supostamente se encontra no… Senado Federal!
Sim, o devoto da cloroquina, sabe-se lá por que, imagina que cabe a um ministro do Supremo dar andamento a um processo de impeachment que tramita no Senado. Mesmo para os padrões de ignorância de Bolsonaro, isso é um espanto.
O pai do senador das rachadinhas e da mansão de 6 milhões de reais estava visivelmente “fora da casinha”. Cobrou também, do ministro do STF, que determine uma CPI para apurar supostos desvios de dinheiro de governadores e prefeitos.
Ora, como poderia o Supremo fazer as vezes das assembleias estaduais e câmaras municipais? Se desvios houve, que deputados e vereadores, dos estados e municípios, façam o que estão fazendo alguns senadores e investiguem, ué.
Bolsonaro também acusou o ministro de ativismo político e politicalha. Se cumprir a Constituição é isso, como o presidente classificaria Rodrigo Pacheco, o presidente do Senado? Apesar de preenchidos todos os requisitos legais, ele se recusava a abrir a CPI.
O presidente chegou a lembrar da atuação de Barroso como advogado de defesa de Cesare Battisti, o terrorista italiano protegido pelo lulopetismo, para denegrir o ministro. Falou aquele cuja esposa é receptora de cheques de milicianos, vejam só.
O maníaco do tratamento precoce estava tão perdido, mas tão perdido, que resolveu até se lembrar de “tanta gente morrendo no País”. É sério! Falou em “defesa da vida”. Pô, presida, deixe de mimimi! Afinal, o senhor não é coveiro. E se tem gente morrendo, e daí?
Desse jeito, logo, logo o senhor vai dizer que vacinas são seguras, que usar máscara é bom, que não devemos promover aglomerações, que cloroquina não salva vidas e que Covid-19 não é apenas um resfriadinho, uma gripezinha. Você é o mito, pô! Esqueceu?

EM Brumado: Sem condição técnica, prefeitura faz distrato de contrato com empresa da UTI Covid

Foto: WhatsApp

Após ter grande repercussão a nível nacional, o contrato com uma empresa de fachada na área de saúde, a prefeitura de Brumado vai anunciar uma nova administradora do Centro de Atendimento Covid-19 do município. O fato ocorre após uma contratação que gerou polêmica. Na última segunda-feira (05), o Diário Oficial do Município anunciava que uma microempresa, de capital de R$ 3 mil, iria gerir a unidade de média e alta-complexidade

O contrato com a prestadora de Paramirim, foi feito com dispensa de licitação e ao valor era de R$ 4,1 milhões. Procurado pelo Bahia Notícias, o prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB) disse que o distrato foi feito após ser constatado que não havia condição técnica da empresa para gerir a UTI.

A empresa que ofereceu o menor preço na concorrência não teria conseguido administrar a Unidade de Terapia Intensiva. “Houve uma tomada de preço de três empresas, com preços diferentes. Nós descartamos a de maior preço e ficamos na dúvida quanto às duas menores. No final, tivemos de optar pela de menor preço, mas quando ela começou a funcionar nós detectamos que não tinha condição.

Aí, instigamos que o responsável declinasse do compromisso, ele acabou aceitando, e assim foi feito”, relatou. Vasconcelos informou que a segunda colocada no mesmo certame deve assumir a condução da unidade de saúde. O valor do contrato deve ser um pouco maior do que os R$ 4,1 milhões até então acertados com a empresa de Paramirim.

“Agora ninguém vai querer me incriminar por contratar por um preço mais caro, não é?”, provocou. A unidade de saúde do Hospital Magalhães Neto tem dez leitos de UTI e outros dez leitos clínicos para atender casos de Covid-19.

A Quantidade de mortos se aproxima do número de nascidos em Salvador, em março

12 grandes cidades brasileiras registraram mais mortes que nascimentos em março. Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Em março de 2021, o número de pessoas que morreram em Salvador é muito próximo da quantidade de nascimentos. De acordo com o levantamento feito pelo jornal El País, com base em informações do Portal de Transparência de Registro Civil, a capital baiana registrou 2.466 óbitos e 2.780 nascimentos no mês passado.

Em comparação ao mesmo período do ano passado os números assustam. Em março de 2020, no início da pandemia da Covid-19, os nascimentos superaram em mais que o dobro as mortes, com 3.177 contra 1.519.

Ainda segundo a pesquisa, em 12 cidades com mais de 500 mil habitantes, morreram mais pessoas do que nasceram. Entre elas estão, Rio de Janeiro (RJ), Fortaleza (CE), Recife (PE), Porto Alegre (RS), Natal (RN).

Especialistas ouvidos pela reportagem estimam que em abril, caso o novo coronavírus continue avançando, todo o Brasil pode registrar mais mortes que nascimentos em um mês, algo inédito para o país.

De acordo com a Secretaria de Saúde da Bahia, desde o início da pandemia, Salvador contabilizou 5.260 óbitos em decorrência da doença. Na Bahia, 16.232 morreram. Nesta quinta-feira (8), o Brasil bateu mais um recorde com 4.249 mortes em um dia e já supera 345.000 vidas ceifadas pela crise sanitária.

Atenção: Mais 20 leitos de UTI Covid são abertos na Bahia

 

Foram abertos, nesta sexta-feira (09), 20 novos leitos para o atendimento a pacientes graves com o diagnóstico de coronavírus (Covid-19) no Hospital Dr. Heitor Guedes de Mello, em Valença. Ao todo, a unidade administrada pela Santa Casa de Misericórdia de Valença passa a ter 20 leitos de UTI e 20 clínicos, fruto de um contrato com a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

O secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, pontua que a taxa de ocupação na instituição vinha se mantendo superior a 90%, evidenciando o aumento de casos nos municípios do Baixo Sul. Na primeira semana de março, o hospital chegou a emitir um alerta após alcançar 100%.

“A macrorregião Sul tem a segunda maior quantidade de leitos da Bahia, só atrás da Região Metropolitana de Salvador. São 405 leitos ativos, sendo 179 de UTI adulto e pediátrico. É preciso um esforço adicional da população e dos gestores municipais para reduzir o ritmo de crescimento, pois a taxa de ocupação na macrorregião se mantém elevada, na casa dos 80%”, ressalta o secretário.

Os municípios que ofertam leitos exclusivos para esta patologia na macrorregião Sul são Valença, Jequié, Itabuna, Ilhéus e Camacan.

O provedor da Santa Casa de Valença, Marcelo Dantas Cabral, destaca que a ampliação beneficia não só o município, mas toda a região do Baixo Sul da Bahia. Ele também pede a conscientização da população neste momento crítico da pandemia: “É importante ressaltar a conscientização da população nesse momento grave, mantendo os cuidados com as medidas de proteção, como o uso de máscara, higienização das mãos e, se possível, ficar em casa

Região: Policial militar morre vítima da Covid-19

Na noite desta quinta-feira (08), morreu em Itabuna, vítima de Covid-19, o cabo da Polícia Militar Ricardo Moreira Valadares, lotado na cidade de Buerarema. Durante a semana, por meio de redes sociais, familiares e amigos do policial já vinham fazendo pedidos de oração pelo estado de saúde dele, que era delicado. Na manhã desta sexta-feira (09), a corporação emitiu uma Nota de Pesar em decorrência do falecimento do policia.

Cabo Valadares era considerado bom pai de família, policial dedicado, pessoa de bem, muito querido pelos familiares e amigos. Segundo o site verdinho, Itabuna registra, de acordo com o boletim da Vigilância Epidemiológica, 480 óbitos em decorrência da Covid-19.

Prefeitura de Poções irá vacinar idosos acima de 65 anos contra a Covid-19; de 77 a 79 anos recebem a 2ª dose

A Prefeitura de Poções, através da Secretaria Municipal de Saúde, vai realizar na terça-feira (13/04) a vacinação contra a Covid-19 nos idosos com idade acima de 65 anos, conforme datas e horários estabelecidos.
Na oportunidade, os idosos com de idade entre 77 e 79 anos recebem a 2ª dose da CoronaVac.
O idoso que irá receber a vacina deverá procurar a Unidade de Saúde em que está cadastrado ou o seu Agente de Saúde e se informar do dia e horário para a vacinação. Não esqueça de levar o cartão da família, CPF e/ou Cartão do SUS.
Confiram abaixo o cronograma:
Das 9h às 10:30h: Paulina Maria (Morrinhos) – Na Igreja;
Das 9h às 10:30h: Ednaldo Rodrigues (Bandeira Nova);
Das 8h às 11h: UBS Poções (Posto de Puericultura) – No Tiro de Guerra;
Das 10:40h às 11:40h: Nelson Ventura (Alto da Vitória) – Na quadra do Colégio Bohêmia Marinho;
Das 10:40h às 11:40h: Amedeo Sangiovanni (Bela Vista) – Na quadra ao lado do posto;
Das 14h às 15:30h: Neumir Pereira (Atrás da Policlínica) – Na Escola Maria Rosa;
Das 14h às 15:30h: Antônio Mascarenhas (Açude) – Na Creche;
Das 14h às 15:30h: Jesulino Hipólito (Rua de Boa Nova) – Na Escola Nadir Chagas;
Das 14h às 15:30h: Antônio Joaquim Soares (Primavera) – No Colégio Pedro Cunha;
Das 15:40h às 17h: Francisco Paradella (Lagoa Grande) – Na igreja;
Das 15:40h às 17h: Epaminondas Arcanjo (Rua da Padaria Coelho) – Na igreja;
Das 15:40h às 17h: Arthur Rolim (São Paulo);
Das 15:40h às 17h: Leandro Silva (Indaiá) – No Ginásio de Esportes.
DECOM-PMP

A Polícia Civil deflagra “Operação Hiena” contra o Frigorifico JBS de Pimenta Bueno; após vazamento de amônia carne foi comercializada à revelia

A Polícia Civil do estado de Rondônia juntamente com o Ministério Público do por intermédio da Delegacia de Pimenta Bueno e da Promotoria de Justiça apoio do GAECO, deflagraram a Operação HIENA, em combate aos crimes de PERIGO COMUM, SAÚDE PÚBLICA, INTEGRIDADE FÍSICA e MEIO AMBIENTE.

As investigações iniciaram a partir da denuncia de um vazamento de amônia nas dependências do Frigorífico JBS S/A, no município de Pimenta Bueno, ocorrido no dia 15 de fevereiro, que acabou intoxicando 25 colaboradores da JBS, com amônia. Os funcionários apresentaram quadro de dispneia, dificuldade para respirar, inconsciência, entre outros sintomas graves.

Os investigadores cumpriram MANDADOS DE BUSCA E APREENSÃO e IMPOSIÇÃO DE MEDIDAS CAUTELARES, expedidas pela 1ª Vara Criminal da Comarca, nas dependências do Frigorífico JBS – Filial Pimenta Bueno, dentre elas a proibição de acesso às dependências do frigorífico e monitoramento eletrônico, em desfavor de dois gerentes.

De acordo com o apurado, a estrutura metálica de uma das câmaras frias do estabelecimento cedeu, por excesso de peso, resultando no rompimento dos dutos de amônia utilizada para refrigeração e queda de 150 meias carcaças bovinas, que foram expostas ao agente químico contaminante.

Ainda, a carne caiu ao solo, foi arrastada, amontada, lavada, acondicionada em outras câmaras frias e despachada para Santana de Parnaíba, à revelia dos Auditores de Inspeção Federal, destinando-a ao consumo humano, em desacordo com as normas de segurança alimentar da cadeia de produção.

Os indícios coletados até o momento apontam que documentos foram produzidos com a finalidade de alterar a verdade dos fatos, na tentativa de dar cobertura ao encaminhamento de carne para o consumo humano de forma ilegal, apontando para a prática de crimes de Falsidade Documental.

A carne foi apreendida em Santana de Parnaíba-SP, em outra ação cautelar ajuizada em defesa da saúde do consumidor, que tramita na 2ª Vara Cível de Pimenta Bueno.

Em torno de 30 policiais foram mobilizados para o cumprimento das ordens judiciais.

A denominação HIENA é referência ao animal de má-reputação e que se alimenta de carcaças de animais.

A Prefeitura do PCdoB que zerou casos de Covid-19 também aplicou 99% das vacinas

O prefeito (de rosa) acompanha vacinação

O município de Capela do Alto Alegre, no território Bacia do Jacuípe da Bahia, agora tem dois motivos para comemorar: além de manter zerado o número de casos ativos de Covid-19 pela terceira vez, também alcançou a marca de 99% de aplicação da primeira dose da vacina contra a doença. Com 2.140 pessoas vacinadas com a primeira dose, o município é um dos líderes em imunização da região, proporcionalmente.

O prefeito Nei Novato, do PCdoB, comemora os bons resultados alcançados, que, para ele, são fruto, principalmente, de um trabalho sério de planejamento, desde o começo da crise sanitária. “Desde o início da pandemia, o município saiu na frente na execução de ações preventivas de combate ao vírus. Nesta segunda onda não foi diferente. Apesar do colapso que estamos vendo no sistema de saúde em todo o país e ainda da falta de vacina para todos, Capela tem desempenhado um grande papel na prevenção e enfrentamento ao vírus”, disse.

Nei Novato, que é médico de formação, ainda listou algumas das ações adotadas pelo município. Foram designadas equipes para prestar, diariamente, orientações para a população, sobre importância do uso da máscara, do distanciamento social, entre outras; um centro próprio para receber pacientes com suspeita ou confirmado para a doença foi criado; uma ala exclusiva no hospital público da cidade foi separada; foram destacados profissionais preparados para lidar com a doença; entre outras.

A compreensão e a luta coletiva de todo o município para o enfrentamento do coronavírus estão sendo fundamentais, nesta pandemia, segundo Nei Novato. “Todo o nosso esforço tem valido a pena. Não só estamos com zero casos ativos, como também com baixo índice de contaminação na cidade. Fruto de um trabalho em equipe, da gestão, profissionais de saúde, e de toda população que entendeu a necessidade do cuidado”, reconheceu o prefeito.

Urgente: Operação da ADAB em poções apreende quase 500 Kg de carne clandestina na cidade

ADAB fez uma operação essa manha do dia ( 09/04) na cidade de poções Bahia onde apreendeu quase 500 kg de carne clandestina, alguns sites publicaram que a vigilância sanitária do município estava presente, isso é mentira a vigilância sanitária nem foi notificada dessa operação, a ADAB fez essa operação sem consultar a vigilância sanitária do município só pediu auxílio a polícia militar e fez a operação até agora não deu nenhum esclarecimento a vigilância sanitária.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia