WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

santa casa de jequie

prefeitura de pocoes



agosto 2022
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  


cobra produtora marcus solla acougues angelica

:: ‘Destaque1’

CERS NA PRAÇA MOSTRA ARTÍSTICA, CIENTIFICA E CULTURAL DIA 11 DE AGOSTO A PARTIR DAS 13HORAS PRAÇA DA JJUVENTUDE /POÇÕES /BA

Polícia prende ginecologista acusado de cometer violação sexual mediante fraude contra 14 mulheres

Polícia Civil

Investigação aponta que ginecologista cometeu crimes em Pernambuco e São Paulo

Um médico, que atua como ginecologista e não teve o nome divulgado, foi preso devido a acusação de cometer violação sexual mediante fraude contra mais de 14 mulheres. Contra ele, havia dois mandados de prisão, um deles expedido pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) e outro pelo de São Paulo.

“Esse médico estava foragido por abuso tanto aqui, quanto em São Paulo”, afirmou o delegado Guilherme Caraciolo, durante coletiva nesta quarta (10).

Segundo a delegada da Mulher, Ana Luiza de Mendonça, os crimes aconteciam dentro de consultórios. “Ele usava da função dele como médico ginecologista para exceder e, durante a consulta, abusar sexualmente essas pacientes”, apontou.

A polícia ainda informou que o homem é alvo de sete inquéritos em Pernambuco e 14 em São Paulo. O delegado Ivaldo Pereira afirmou que o homem foi localizado em Arcoverde (PE). O homem, ainda segundo o delegado, se reservou o direito de não prestar depoimento.

Jerônimo promete governo com inclusão social: ‘Vou colocar o pobre no orçamento’

Jerônimo promete governo com inclusão social: 'Vou colocar o pobre no orçamento'

Foto: Divulgação

O candidato ao governo do estado Jerônimo Rodrigues (PT) garantiu, nesta quarta-feira (10), que o seu governo terá uma forte marca de inclusão social, combate à pobreza e a desigualdade. De acordo com o petista, a parceria com um futuro governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) seria essencial para a diminuição nos índices de pobreza na Bahia e no Brasil.

 

“Meu governo terá uma forte marca de inclusão social, vou colocar o pobre no orçamento, oferecer oportunidade aos que mais precisam, trabalhando em parceria com o governo federal. Só é possível enfrentar a fome e a pobreza com emprego decente e distribuição de renda”, afirmou Jerônimo, em entrevista ao portal G1.

 

Jerônimo ressaltou que, apesar da falta de políticas federais e da falta de apoio, o governo da Bahia tem trabalhado e continuará trabalhando para reduzir o índice de pobreza no estado. O candidato a governador frisou ainda que sua trajetória é focada na causa da segurança alimentar e na agricultura familiar.

 

“Com Lula, Wagner e Rui, reduzimos a pobreza na Bahia. Colocamos o dinheiro direto na mão das famílias. Eram tempos de prosperidade, mas, com os retrocessos políticos e sociais, a pobreza voltou a subir, chegando a 18% dos baianos em 2018. O governo da Bahia tem trabalhado com firmeza para reduzir os efeitos dessa tragédia”, disse Jerônimo.

 

“Em 2020, mesmo com a pandemia, a pobreza na Bahia caiu para 11%. No período mais crítico da pandemia, liderei o maior programa de transferência de renda do país vinculada à educação. Não deixamos faltar comida na mesa dos estudantes da rede estadual. Manterei e ampliarei ações como esta”, finalizou.

Caso tesoureiro do PT: Guaranho vai cumprir prisão domiciliar

Caso tesoureiro do PT: Guaranho vai cumprir prisão domiciliar  

Foto: Reprodução / Redes Sociais

O policial bolsonarista Jorge Guaranho, acusado de ter matado o tesoureiro do PT Marcelo Arruda vai ficar preso em casa, com tornozeleira eletrônica. A decisão foi dada pela Justiça na noite desta quinta-feira (10).

 

De acordo com a decisão, o pedido da defesa foi aceito pelo juiz Gustavo Germano Francisco Arguello, porque Guaranho necessitava de cuidados médicos e a unidade prisional apontada para abrigar o preso não tinha estrutura.

 

Guaranho recebeu alta nesta quarta do Hospital Costa Cavalcanti, em Foz do Iguaçu,no oeste do Paraná, e foi levado para Penitenciária Estadual de Foz 2.

POÇÕES/BA Videoconferência municipal discute avanços no Estatuto da Criança e do Adolescente

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Poções (CMDCA), a Prefeitura de Poções, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) e a equipe intersetorial do Selo Unicef, promoveram, na terça-feira (09), uma vídeoconferência para celebrar os 32 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente.

Foi convidado para participar do evento, Dr. Murillo Digiácomo, promotor de justiça do Paraná, mestre em Ciências Jurídicas e autor de diversas obras e artigos da área da infância e adolescência. Na oportunidade, o jurista dividiu sobre avanços no ECA e a importância da sociedade apoiar a causa das crianças e adolescentes, que permeiou o tema central “32 anos de Vigência do ECA – O que mudou? O que pode mudar? Qual o nosso papel nesse processo?”.

O encontro foi destinado a Conselheiros Tutelares, Conselheira de Direito e profissionais das secretarias municipais de Saúde, Educação e Assistência Social. A secretária municipal de Assistência Social, Orleide Pacheco e a secretária municipal de Educação, Dirani Fagundes estiveram presentes prestigiando o encontro realizado na Câmara de Vereadores.

A ação é uma continuidade das ações alusivas aos 32 Anos do Estatuto da Criança e do Adolescente, iniciadas em julho, com previsão de se estenderem até o mês de outubro, período em que o ECA completará 32 anos de efetiva vigência.

#PrefeituraDePoções
#CMDCA #Videoconferência
#DireitosDaCriançaEDoAdolescente

Conquista: Muitos serviços de saúde de graça, confira!

Os moradores dos condomínios residenciais do Vila Elisa, Morada Imperial e Bela Vista 1 e 2 estão recebendo a 17ª edição do projeto Prefeitura Móvel, com foco na saúde. O evento acontece de hoje até sexta-feira (12), das 8h às 14h, em frente à Creche Municipal José Capitulino Teles.

O Prefeitura Móvel Saúde oferta atendimentos clínicos, ortopédicos, oftalmológicos e odontológicos e exames como eletrocardiograma, preventivo, ultrassom, raio-x, mamografia, alem de aferição de pressão arterial e glicemia, teste rápido para diagnóstico de sífilis e de hepatite.

Com apoio da Fundação José Silveira, o evento é promovido pela Prefeitura, com participações da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Fundação Pública de Saúde (FSPVC). A escolha da região atendeu a uma orientação da prefeita Sheila Lemos, em razão da grande demanda, aumentada pela pandemia. A meta é atender mais de três mil pessoas.

Moradora do Vila Elisa, Nágila Souza, de 51 anos, foi logo cedo para garantir os exames de mamografia e preventivo. “Achei ótimo! Nós aqui do condomínio somos muito carentes desse serviço. As vezes vamos no posto de saúde e é mais difícil conseguir fazer esses exames. Aí isso aqui ficou bom demais, precisava muito”, contou.

Quem também aproveitou a ação foi Carlos Morais, de 62 anos, também morador do Vila Elisa.  “Fiz o cadastro aqui do Auxílio Brasil, aferi a pressão e já vou ver o que mais consigo fazer. É legal ter um evento assim e podia ter sempre, em todos os bairros para ajudar as pessoas”, afirmou o morador.

Maior oferta em serviços de saúde

A comunidade também poderá usufruir dos serviços do Cartão SUS, vacinação, ações do Programa Saúde na Escola, pesagem para atender ao Programa Auxílio Brasil e palestra sobre arboviroses (dengue, zika, chikungunya, etc.). Um equipe da Coelba também está presente na ação para prestação de serviços e negociações.

“O objetivo é sempre chegar mais perto da comunidade com os atendimentos, trazer a Prefeitura para cá e, inclusive, estamos aqui para escutar essas pessoas e observar as necessidades para prestar uma assistência ainda melhor”, ressaltou a sub-secretária de saúde, Kalilly Lemos, que acompanhou a ação.

Regiane Sampaio, assistente social da Fundação José Silveira, destacou que a parceria que vem sendo consolidada com a Prefeitura tem sido essencial para população. “Estamos ofertando diversos serviços para tentar ajudar essa comunidade que tem um acesso mais difícil e com uma demanda muito grande. Percorremos diversos municípios dessa forma, pois, assim, podemos contribuir nesse cuidado”.[fonte blog rodrigo ferraz]

Professor de matemática oferece R$ 50 para aluna e amiga dela irem ao motel

Imagem Professor de matemática oferece R$ 50 para aluna e amiga dela irem ao motelProfessor de matemática de um colégio particular em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense do Rio, Leonardo Bueno Gomes, de 44 anos, é acusado de assédio sexual contra duas alunas. Segundo o pai de uma das vítimas, o educador ofereceu R$ 50 para as adolescentes irem ao motel com ele.

De acordo com o Metrópoles, em uma troca de mensagens, Leonardo pede a uma aluna, de 16 anos, para enviar fotos de biquíni e convida a adolescente, junto com uma amiga de 14 anos, para ir ao motel com ele, na saída da escola. Em outro trecho da conversa, o professor diz: “Cuidado para vocês não engravidarem”.

“Eu soube dessa história no domingo (7), quando ela recebeu as mensagens e o convite para ir ao motel acompanhar uma amiga. Ele queria fazer um trisal com elas e ofereceu R$ 50 em uma das mensagens”, disse o pai da adolescente que tem 14 anos ao site. Ele preferiu não se identificar para proteger a identidade da filha.

A conversa entre o professor e a aluna do Colégio Novo Horizonte aconteceu com a adolescente de 16 anos. Como ela é muito próxima da de 14, o docente fez o convite ao motel às duas. No último domingo (7), a mais velha enviou os prints para a amiga, que ficou em choque e decidiu contar para o pai.

“Sempre conversei com a minha filha, orientei, foi então que ela decidiu me contar o que estava acontecendo. Fui à delegacia no mesmo dia e apareci na escola na última segunda-feira (8). Disse para a diretora que um dos dois teria que sair de lá, ele ou a minha filha”, relatou o pai da menor.

Ao Metrópoles, o colégio informou que todas as providências já foram tomadas. O professor foi demitido por justa causa, e a escola diz que está dando apoio às famílias.Os pais e as meninas foram até a delegacia prestar depoimento. O caso está sob sigilo e sendo investigado pela 52ª DP (Nova Iguaçu).

À reportagem, uma outra aluna disse que o professor era foi ‘carinhoso’ demais.“Ele piscava o olho para as meninas, dava sorrisos, passava a mão no cabelo, no ombro. Já fez isso comigo também. Nunca desconfiei de nada, achei que era apenas um professor carinhoso”, disse a estudante.

Jovem é preso com cédulas falsas na Bahia

Divulgação/PF

Com ele, foram apreendidas 10 cédulas fraudulentas, no valor de R$ 1.000

Um jovem de 18 anos foi preso em flagrante por compras cédulas de reais falsificadas, na tarde desta terça-feira (9), na cidade de Ibirataia, no sul da Bahia. A Polícia Federal (PF) conseguiu realizar a prisão durante uma operação para combater crimes de falsificação e aquisição de moeda falsa.

Na ocasião, o suspeito foi preso enquanto retirava uma suposta encomenda, em uma agência dos Correios. Após a abordagem, o jovem foi levado para a sede da delegacia da PF em Ilhéus e encaminhado à Justiça Federal de Jequié.

Com ele, foram apreendidas 10 cédulas fraudulentas, no valor de R$ 1.000. Agora, a PF trabalha na identificação dos responsáveis pela falsificação da moeda, e também de outras pessoas que compraram o material ilícito.

A pena para falsificação e aquisição de moeda falsa é de três a 12 anos de reclusão, além de multa.

IBGE começa a entrevistar população indígena para o Censo 2022

IBGE começa a entrevistar população indígena para o Censo 2022

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) começa a realizar nesta quarta-feira (10) as entrevistas do Censo Demográfico 2022 com a população das áreas indígenas espalhadas pelo país.
Conforme o instituto, a coleta das informações nesses locais exige uma operação especial, que vai desde o treinamento dos recenseadores até as técnicas de abordagem.
Para fazer as entrevistas, o IBGE contará com o apoio de intérpretes. Esses profissionais terão a tarefa de mediar o contato entre os recenseadores e os indígenas.
As entrevistas também devem exigir grandes deslocamentos das equipes. O instituto aposta na ajuda de guias comunitários para a indicação das melhores rotas e horários para as visitas.
Segundo o IBGE, em torno de 1.500 recenseadores devem trabalhar na coleta do Censo com os povos indígenas. Caso haja necessidade, o número poderá ser ampliado.
Os recenseadores passaram por treinamento específico sobre os questionários e a abordagem aos entrevistados, diz o instituto.
A intenção do órgão é visitar todas as aldeias e comunidades conhecidas do país.
O IBGE divulgou uma estimativa de 2019 que contabilizava 7.103 localidades indígenas no Brasil -o número é a soma de terras (632), agrupamentos (5.494) e outras localidades (977).
O planejamento do Censo estabeleceu reuniões de abordagem com as lideranças das comunidades antes das entrevistas com os demais moradores das áreas.
Esses encontros foram pensados para apresentar o que é o levantamento, além de pedir apoio para a realização dos trabalhos.
O planejamento também determinou a aplicação, junto às lideranças locais, de um questionário sobre as características gerais das aldeias ou comunidades.
A ideia é levantar informações sobre infraestrutura, educação, saúde e hábitos e práticas, o que inclui extrativismo, roça, criação de animais, caça, pesca e artesanato.
Segundo o IBGE, a edição mais recente do Censo, realizada em 2010, foi a primeira pesquisa que registrou a quantidade de etnias e de línguas indígenas no país. À época, foram contados 896,9 mil indígenas, com 305 etnias e 274 línguas.
Um dos desafios em 2022 é a escalada de violência e tensão no entorno de parte das comunidades. Técnicos do IBGE relatam que o órgão fez um pré-mapeamento dos locais com registros de conflitos a fim de buscar a segurança para as equipes em campo.
O instituto também sinalizou que segue em contato com a Funai (Fundação Nacional do Índio) para garantir uma operação sem sobressaltos.
“Nas áreas de conflito, que não são só as indígenas, a gente sempre busca um caminho de estabilidade junto às lideranças para viabilizar a permanência de nossas equipes em campo”, relatou em apresentação à imprensa Fernando Damasco, gerente de territórios tradicionais e áreas protegidas do IBGE.
Para evitar qualquer impacto sobre as pesquisas, o instituto não coleta dados acompanhado por forças de segurança, acrescentou Damasco.
COLETA DO CENSO DEVE IR ATÉ OUTUBRO
O Censo é considerado o trabalho mais detalhado sobre as características demográficas e socioeconômicas da população brasileira.
Na edição deste ano, as cidades passaram a receber as entrevistas com os recenseadores no dia 1º de agosto. O IBGE planeja visitar 75 milhões de domicílios, encerrando a coleta até o final de outubro.
Os resultados preliminares da contagem dos brasileiros devem sair até o fim de 2022. Resultados mais detalhados tendem a ser publicados a partir de 2023.
Ao longo dos últimos dias, o IBGE foi alvo de críticas de recenseadores que não teriam recebido uma ajuda de custo pela participação nos treinamentos exigidos para as vagas -as atividades ocorreram na reta final de julho.
O instituto reconheceu o problema e pediu desculpas pela situação. “Primeiramente gostaríamos de nos desculpar pelos transtornos causados na demora da liberação do pagamento da ajuda de treinamento”, afirmou o órgão em publicação no Instagram na sexta-feira (5).
“O grande volume de dados pessoais dos recenseadores cadastrados no sistema e processados em curto prazo de tempo acabou ocasionando lentidão no pagamento dos valores”, acrescentou na ocasião.
Segundo o IBGE, 158 mil recenseadores foram treinados até sexta-feira. Do total, em torno de 44 mil ainda não tinham recebido a ajuda. Cerca de 113 mil já haviam acessado os pagamentos.
Ainda na sexta, o instituto relatou que o orçamento do Censo está garantido e prometeu resolver as pendências nesta semana.

Prefeitura de Mirante entrega à população um novo Centro de Fisioterapiameu ip

A Prefeitura de Mirante através da Secretaria de Saúde entrega a população um novo Centro de Fisioterapia totalmente equipado e ambiente moderno e agradável. Localizado dentro do Pronto Atendimento, o novo Centro de Fisioterapia de Mirante possui 02 fisioterapeutas capacitados e preparados para atender diversas patologias desde crianças à idosos. Com a aquisição de novos aparelhos e equipamentos será possível levar aos nossos pacientes um tratamento ainda melhor e com mais conforto. A exemplo do aparelho de laser que foi adquirido pela Secretaria de Saúde que será usado na eletroterapia para o tratamento de doenças, a fim de cicatrizar os tecidos mais rápido, combater a dor e a inflamação. Mirante segue investindo na saúde em busca de proporcionar uma melhor qualidade de vida à toda população. meu ip



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia