WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura de pocoes



maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


cobra produtora marcus solla acougues angelica fabricio

:: ‘Destaque1’

PM apreende 100kg de cocaína em ação contra roubo a bancos

 Foto: Divulgação:SSP
Foto: Divulgação:SSP

Cem quilos de cocaína foram apreendidos por unidades das Polícia Militar, durante a operação conjunta que teve como objetivo combater e desarticular quadrilhas de roubo a bancos, em Salvador, na sexta-feira (7).

Depois de levantamentos apontarem um grupo de traficantes também envolvidos com crimes contra instituições financeiras, as equipes deflagraram a ação. Durante as buscas na Rua Washington, em Tancredo Neves, um bando atirou com a chegada da polícia. Um dos homens foi atingido, socorrido, mas não resistiu. Com ele as equipes apreenderam uma pistola calibre .45.

Em continuidade a ação, os policiais descobriram uma casa utilizada como refino de cocaína. No imóvel foram encontrados, além dos 100 kg da droga, 3 mil pinos para armazenar drogas, munições, um carregador de pistola, 16 tabletes de cocaína, um colete balístico, 16 tabletes de maconha, cinco balanças, um colete balístico, R$ 324 e caderno de anotações do tráfico.

Participaram da ação equipes dos Comandos de Operações da Polícia Militar da Bahia (COPPM), de Policiamento Especializado (CPE), de Policiamento Regional Central (CPRC), Batalhão de Choque e Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Rondas Especiais (Rondesps) Central e RMS.

O Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) segue com as investigações para identificar outros suspeitos de participarem de roubo a bancos.

Bahia: Criminosos explodem 3 agências bancárias

Grupos de homens fortemente armados explodiram três agências bancárias na cidade de Correntina, no oeste da Bahia, na madrugada desta sexta-feira (7). Os ataques às unidades, que ficam próximas umas das outras, foram simultâneos e não há registro de feridos. De acordo com a Polícia Militar da cidade, o crime aconteceu por volta das 2h30. Durante os ataques, os suspeitos dispararam várias vezes para o alto, para causar pânico na população. Os grupos usaram explosivos nas três agências. Ainda não há informações sobre quantos homens participaram da ação. Depois do crime, os suspeitos fugiram em vários carros. As agências explodidas pertencem ao Bradesco, Caixa Econômica Federal e ao Banco do Brasil, que ainda não divulgaram se valores foram levados, nem a quantia. As unidades ficaram completamente destruídas. Com os ataques, a cidade ficou apenas com uma agência do Banco do Nordeste em funcionamento. A PM foi acionada e, desde a madrugada, as viaturas fazem bloqueio das principais vias da região que podem servir como rota de fuga, mas ninguém foi encontrado até a publicação desta reportagem. A Polícia Federal também está na cidade.

Notícias de Santaluz

Em Feira de Santana: ‘CPI das Cestas Básicas’ expõe racha na base governista de Colbert

Feira de Santana: 'CPI das Cestas Básicas' expõe racha na base governista de Colbert

Foto: Reprodução / CMFS

A Câmara de Feira de Santana escolheu nesta quinta-feira (6) os nomes que irão compor a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigará a distribuição de cestas básicas na cidade durante a prévia do segundo turno do período eleitoral, no ano passado. Composta em sua maioria por parlamentares aliados ao governo, mas que buscam espaço, o orgão de investigação expõe um racha na base do prefeito Colbert Martins (MDB).

A CPI da Cesta Básica, como foi apelidada a comissão, é formada pelos vereadores Emerson Minho (DC), que é o presidente; Eremita Mota (PSDB), que ocupa a relatoria; e Silvio Dias (PT), como membro. Paulão do Caldeirão (PSC) e Luiz da Feira (PROS) foram escolhidos como suplentes. A Comissão tem o prazo de 120 dias para a elaboração do relatório final e conclusão do trabalho. Denúncias de comercialização de pacotes de leite do programa de assistência social também serão apuradas pela Câmara.

Em entrevista ao Bahia Notícias, o líder do governo na Casa, Lulinha (DEM), criticou a abertura do processo de investigação, que segundo ele é fruto de uma “birra política” de Paulão com o titular da pasta do Desenvolvimento Social do município na época da distribuição das cestas, Pablo Roberto, e resultado de uma insatisfação do grupo político “Os Aliados”, encabeçado pelo presidente do Legislativo de Feira de Santana, Fernando Torres (PSD).

“Cada um tem sua particularidade, mas também há uma birra do vereador Paulão, que foi um dos autores da CPI, porque Pablo Roberto deu uma queixa dele na Justiça e, com isso, gerou algumas confusões. Inclusive, houve algumas insatisfações de demandas dele de solicitação de água na zona rural”, justificou Lulinha. “O vereador Paulão foi um dos autores da CPI, foi o que mais movimentou”.

Lulinha também teceu críticas a forma como os integrantes da CPI foram escolhidos, através de indicação pela Mesa Diretora da Câmara. “Não se usou nem a proporcionalidade, que deveria ter sido o correto, que a bancada dos partidos líderes indicasse o vereador. Temos a bancada do Democratas, que tem três vereadores e nenhum foi indicado pelo partido. Temos a bancada do MDB, que tem quatro vereadores e não pudemos indicar”, comentou, ressaltando a mudança no formato de escolha, alterado um dia antes da votação para composição da comissão. Antes da mudança, promulgada nesta quarta (5), o regimento da Casa previa a escolha através de sorteio.

Formado por dez vereadores, o grupo de aliados se apresenta como um reduto descolado do gestor do Paço Municipal Maria Quitéria, Colbert Martins, dentro da “Casa da Cidadania”. Na aprovação da CPI, treze vereadores assinaram o requerimento, os dez aliados e mais três outros vereadores da bancada oposicionista, formada por políticos de partidos de oposição como PT e PSOL.

“Quase todos eram da base do governo. Até que se diga o contrário, eles pertenciam a bancada do governo. Pertenciam, né? Porque foi criado um grupo que hoje é um grupo, praticamente, independente”, aponta Lulinha.

Paulão do Cadeirão – citado nominalmente pelo líder governista – diverge da versão de que eles estejam distantes do governo. Ele diz que o grupo político foi composto inicialmente para apoiar a votação dos projetos do Executivo. “Somos todos governistas. Votamos projetos do governo”, defendeu.

“O vereador Lulinha era o líder do governo, mas não tava mantendo sua liderança. Chegavam os projetos e estava dando trabalho para aprovar. A gente, juntamente com Fernando Torres, criamos os grupos de aliados e o prefeito Colbert Martins passou a ter mais facilidade na aprovação dos seus projetos”, argumentou, se referindo ao colega de legislatura como detentor de uma “incapacidade para liderar”.

Segundo Paulão, não só os 10 aliados, mas também os outros 8 que compõem a base governista, levaram cinco meses sem uma reunião com o prefeito, o que causou uma insatisfação entre os pares. Ele disse acreditar que, caso seja provada a inocência dos investigados, o prefeito poderá sair mais forte após o término do processo.

Questionado sobre a possibilidade de dialogar sobre uma reaproximação dos vereadores insatisfeitos, Lulinha afirmou que não há mais espaço para conversa: “já foi criada a CPI”.

“Vamos aguardar o desenrolar das audiências que forem marcadas para ouvir. Acredito que o secretário não tenha nada a esconder nessa questão. Ele estava na pasta e tinha o direito de ter comprado cestas e distribuído, e é normal isso em um período de pandemia”, disse, alertando que o prefeito Colbert está “tranquilo”.

A reportagem do BN também procurou a Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Feira de Santana na tarde desta quinta (6). A gestão preferiu não se posicionar sobre o caso.

Brotas: Atakarejo afasta seguranças envolvidos em duplo homicídio

O Atakadão Atakarejo de Amaralina, em Salvador, informou nesta quinta-feira, 6, que afastou os seguranças envolvidos no caso dos jovens Bruno Barros da Silva, 29 anos, e seu sobrinho, Ian Barros da Silva, 19, executados na localidade da Polêmica, em Brotas, após serem acusados de cometer um furto de alimentos no estabelecimento.Por meio de nota, o supermercado disse que a decisão foi tomada em sindicância interna e que tem colaborado para resolução do crime. Sem estipular uma data, o Atakarejo afirmou que os funcionários serão afastados “até que os fatos sejam devidamente esclarecidos pelas autoridades competentes”, escreveu. Por fim, a rede prestou solidariedade às famílias das vítimas e ressaltou que jamais toleraria qualquer ato de violência (confira íntegra da nota abaixo).

Os corpos de Bruno e Ian foram encontrados dentro do porta-malas de um carro, com marcas de tortura e de tiros. A família afirmou que os dois teriam sido entregues a traficantes por funcionários do Atakarejo por, supostamente, furtar quatro pacotes com cinco quilos de carne. As mortes são investigadas pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Mais de 10 pessoas já foram ouvidas.

Confira o pronunciamento do Atakarejo na íntegra

A rede Atakarejo repudia o fato ocorrido e manifesta total solidariedade às famílias das vítimas de violência na loja do Nordeste de Amaralina, em Salvador.

Desde o início, a empresa vem colaborando com as autoridades policiais. O Atakarejo informa que foi aberta sindicância interna que decidiu pelo afastamento dos seguranças até que os fatos sejam devidamente esclarecidos pelas autoridades competentes.

Sempre norteado por ideais de justiça, responsabilidade e total transparência, o Atakarejo é uma empresa que atua na Bahia há 26 anos, com 23 lojas, gerando 6.300 empregos diretos e tem a honra de abastecer as casas e negócios dos baianos.

A empresa reafirma o compromisso com o seu código de ética e conduta e que jamais irá tolerar qualquer ato de violência.

Atenção: Polícia detalha confronto com duas mortes em cidade da região; outros dois suspeitos fugiram

Dois homens morreram em confronto com a polícia militar, por volta das 23h da última quarta-feira (05), no município de Ibicoara.

Segundo a polícia, durante rondas pela travessa Almir Silva, os policias da 34ª CIPM avistaram quatro homens armados. De acordo com a polícia, com a aproximação dos militares, os suspeitos começaram a atirar e houve confronto.

Dois dos suspeitos ficaram feridos e foram socorridos para a UPA 24h do município, mas não resistiram e morreram.

Material apreendido:

01 revólver Taurus cal .38 n°JD290327
01 revólver Taurus cal.38 numeração suprimida
09 munições deflagradas / 03 munições intactas
01 balança de precisão
16 pedaços médios de substância análoga a maconha
53 papelotes de substância análoga crac
03 papelotes de substância análoga a cocaína
Vasto material para enrolar drogas

Uma Família devastada: Pai e quatro filhos morrem de covid em 33 dias

Cinco pessoas de uma mesma família morreram por complicações da covid-19 em um intervalo de apenas 33 dias, na cidade de Ituporanga, a 169 quilômetros de Florianópolis.

As vítimas foram identificadas como o aposentado João Alci de Almeida, de 70 anos, e quatro de seus filhos. A última morte aconteceu ontem, a do técnico em refrigeração João Ércio de Almeida, de 43 anos.

A viúva de Ércio, Viviane Almeida, de 40 anos, comentou que os familiares não sabem como se infectaram com o coronavírus, pois todos respeitavam os protocolos sanitários.

“É difícil de superar este momento doloroso para todos da família. Não sabemos como a gente se infectou porque nos cuidávamos, com álcool em gel, lavando sempre as mãos e usando máscara”, diz.

A primeira da família a perder a vida para o vírus foi Maria Rosimara de Almeida Hellmann, de 34 anos, no dia 2 de abril. Irmão dela, o técnico em enfermagem Antônio de Almeida, de 50 anos, morreu oito dias depois.

Em 24 de abril foi o pai, João Alci, que não resistiu às complicações causadas pelo coronavírus. Pouco mais de uma semana depois, em 3 de maio, mais uma de suas filhas, Zelirde Almeida, de 45 anos, também morreu.

Todos receberam atendimento em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Ituporanga já registrou 52 óbitos pela covid-19.

A família contou que um quinto irmão, Joares Almeida, de 48 anos, ainda está internado na terapia intensiva, no Hospital Bom Jesus, também na cidade do interior catarinense.

Além deles, uma sexta filha de João Alci, Lucimara, e a matriarca da família, Cecília Almeida, de 69 anos, também foram infectadas, mas sobreviveram.

Viviane afirma que, apesar da perda dos parentes, continua acreditando na importância de seguir os protocolos para não evitar uma tragédia ainda maior.

“Acima de tudo, precisamos nos cuidar e respeitar essa doença. Por mais que acredite que não vai acontecer com a gente, a cada dia a covid-19 nos prova que é violenta, tira o nosso chão e toda a nossa estrutura”, finaliza. Com informações do site UOL.

Urgente: Identificado Guarda Municipal morto a tiros na Barra do Choça

Um guarda municipal foi morto a tiros, no início da manhã desta sexta-feira (07), no bairro Ouro Verde, em Barra do Choça.

Segundo informações de populares, o crime ocorreu na entrada da Avenida Paulo Ramalho, na rua de Manoel Guará. A vítima foi identificada como Robson Araújo.

Informações iniciais apontam que dois homens chegaram em uma moto, e efetuaram os disparos. Equipe da GCM  e da Pòlícia Militar estão no local. As circunstâncias da morte ainda são desconhecidas, e serão investigadas.

Aguarde detalhes.

Nota de pesar

A Prefeitura de Poções, através da Secretaria Municipal de Saúde, vem confirmar mais 01 óbito por Covid-19 de um paciente residente neste município. O mesmo, de 34 anos, foi a óbito hoje (06/04/2021), em Vitória da Conquista. Lamentamos pela ocorrência desse falecimento e deixamos os nossos mais sinceros sentimentos aos familiares e amigos que sofrem com a dor da imensa perda.

Reunião com a chefe de gabinete da secretaria da saúde a Drª Neuma com a prefeita de poções a dona Nilda. Ali discutimos investimentos de saúde através de emendas parlamentares dos deputados Fabrício falcão e Alice Portugal!

Reunião com a chefe de gabinete da secretaria da saúde a Drª Neuma com a prefeita de poções a dona Nilda. Ali discutimos investimentos de saúde através de emendas parlamentares dos deputados Fabrício falcão e Alice Portugal!

Reunião na SETRE com o secretário Davdson Magalhães e a prefeita Nilda de poções discutindo muitas ações para o esporte e cursos de qualificação e geração de emprego e renda para poções. Deputado Fabrício e Alice Portugal trabalhando por poções!

  Reunião na SETRE com o secretário Davdson Magalhães e a prefeita Nilda de poções discutindo muitas ações para o esporte e cursos de qualificação e geração de emprego e renda para poções. Deputado Fabrício e Alice Portugal trabalhando por poções!



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia