WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

FJS

prefeitura de pocoes


abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


cobra produtora marcus solla acougues angelica

:: ‘Brasil’

Veja quem são os bolsonaristas radicais baianos presos em Brasília por ligação com atos de terror

 

A lista de prisões da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) do Distrito Federal, que identifica os bolsonaristas radicais presos por envolvimento nos atos de terror de 8 de janeiro, em Brasília, pelo estado de nascimento, aponta 67 baianos.

Veja abaixo a lista com os nomes dos presos:

 

  • Abdias Joaquim dos Reis – 18 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Adalto da Silva Araújo – 26 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Ailson da Silva Moreira – 27 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Amarildo Rodrigues da Silva- 28 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • André Luiz Barreto Rocha – 28 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Antônio Luís da Silva – 28 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Carlos Alberto da Silva Nascimento – 29 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Carlos Alberto dos Santos Queiroz – 30 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Charles Marques Vicentine Miranda – 32 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Charles Rodrigues dos Santos – 33 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Cleriston Pereira da Cunha – 34 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Dyego dos Santos Silva – 34 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Edilson Pereira da Silva – 35 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Elielson dos Santos – 36 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Eliseu Santos de Jesus – 37 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Erivaldo Macêdo – 37 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Filipe Cerqueira de Santana -37 anos -custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Gilvan Estrela da Silva – 38 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Iranilton Souza da Silva- 38 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Jamildo Bomfim de Jesus – 38 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Jhon Manoel de Oliveira – 39anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • João Antônio Pereira – 39 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Joelton Gusmão de Oliveira – 40 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • José Carlos da Silva Soares – 40 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • José Felisberto da Silva de Assis Conceição – 41 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • José Romilson Magalhães Farias – 41 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Josevaldo Raimundo da Silva Araújo -41 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Juary Cordeiro de Araújo – 43 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Júlio Cézar Duarte Lemos – 43 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Lucas de Jesus Lima – 43 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Mailton Ribeiro Santana – 44anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Matheus Fernandes Bomfim – 44anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • PedroBarbosa de Souza – 44anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Rafael Oliveira Bemfica – 45 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Renan Ferreira da Silva – 45 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Rosário Lucas Pereira – 45 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Rosildo Francisco de Jesus Santos – 45 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Sérgio de Oliveira Carvalho – 45 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Wheroilton Pereira de Castro – 46 anos – custodiado no Centro de Detenção Provisória II;
  • Alessandra Faria Rondon – 46 anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Crisleide Gregório Ramos – 47 anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Edlene Roza Meira – 48 anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Iolanda Vieira Oliveira – 48 anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Joelma Souza Cardoso Souza – 49 anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Joseane Neves Evangelista – 49 anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Josilene Rodrigues da Silva – 51anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Keityane da Costa Pimenta – 51anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Lenice Santana Baleeiro – 51 anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Lindinalva Pereira de Castro – 51 anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Luciana Faskony Dória – 51 anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Lucileide Dias da Silva – 51 anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Maria Virginia de Souza Aguiar – 52 anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Marizete Canuto Araújo – 53 anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Nilma Lacerda Alves – 53 anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Noelza Soares Braga Lima – 53 anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Priscila Ramos de Jesus Santos – 54 anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Renata Sousa Massa – 55 anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Santa da Silva – 55 anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Silvia Cristina Nunes de Castro – 55 anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Tatiane Oliveira dos Santos – 55 anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Vancleia Lima de Oliveira – 56 anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal;
  • Vilma Teixeira de Oliveira – 56 anos – custodiada na Penitenciária Feminina do Distrito Federal.

 

Veja abaixo a lista com os nomes dos liberados com uso de tornozeleira eletrônica:

 

  • Ana Lúcia Cruz Cerqueira – 57 anos;
  • Andrey Farias Santos – 58 anos;
  • Marcelo Areias dos Santos – 58 anos;
  • Maria Gleide Silva do Nascimento – 59 anos;
  • Rosaneide Rodrigues Souza- 60 anos.

fonte: g1 Bahia

Governo federal anuncia troca no Comando do Exército

O ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, anunciou na noite deste sábado a troca do Comando do Exército. O general Tomás Miguel Ribeiro Paiva assume o comando no lugar do general Júlio César de Arruda, designado em dezembro, durante o governo de transição.

“As relações, principalmente no Comando do Exército, sofreram uma fratura num nível de confiança e achávamos que precisávamos estancar isso logo de início para superar esse episódio. Queria apresentar o substituto, general Tomás, que a partir de hoje é o novo comandante”, afirmou José Múcio Monteiro. “Hoje, nós estamos investindo mais uma vez na aproximação das nossas Forças Armadas com o governo do presidente Lula.”

O comunicado de troca de comando foi feito depois de uma reunião que contou com a participação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do ministro da Defesa, do novo comandante do Exército e do ministro da Casa Civil, Rui Costa. Em seguida, Lula postou no Twitter uma foto com o general Tomás Miguel Ribeiro Paiva e desejou “um bom trabalho ao general”.

O novo comandante do Exército estava à frente do Comando Militar do Sudeste. Desde 1975 na carreira militar, ele já comandou tropas na missão do Haiti e na pacificação do Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, além de ter sido assessor militar do Brasil junto ao Exército do Equador

Em um evento no dia 18 de janeiro, que reuniu militares que serviram no Haiti, o general Tomás Miguel Ribeiro Paiva defendeu que o resultado das eleições deve ser respeitado.

Daniel Alves é detido em Barcelona por suspeita de agressão sexual

O lateral direito Daniel Alves foi detido em Barcelona, na Espanha, depois de se apresentar voluntariamente a uma delegacia da polícia local para prestar depoimento sobre uma suspeita de agressão sexual. Daniel Alves desembarcou na Espanha para prestar depoimento à Justiça nesta sexta (20). Ele é acusado de “delito contra a liberdade sexual” de uma mulher na boate Sutton, em Barcelona. O assédio sexual teria acontecido na madrugada de 30 de dezembro do ano passado. O jogador, que atua no Pumas, do México, nega todas as acusações. Segundo o jornal Marca, o juiz vai decidir se manda Daniel Alves para a prisão ou se deixa o atleta em liberdade.

Governo exonera 26 dos 27 chefes regionais da PRF e troca comando da PF em 18 estados

O ministro da Justiça, Flávio Dino, exonerou na noite desta quarta-feira (19) 26 dos 27 superintendentes regionais da Polícia Rodoviária Federal nos estados e no Distrito Federal.
As exonerações foram publicadas em uma edição extra do “Diário Oficial da União”. O nome dos substitutos não foi divulgado.
Apenas o superintendente da PRF no Piauí não foi exonerado. Hoje, o cargo é ocupado de forma interina por Jairo Lima.
O novo diretor-geral da PRF, Antônio Fernando Souza Oliveira, já tinha sido nomeado no último dia 2, mas as mudanças nas superintendências regionais ainda não tinham sido concretizadas.
PF nos estados
Na mesma edição do “Diário Oficial da União”, o ministro da Casa Civil, Rui Costa, trocou os diretores da Polícia Federal em 18 estados.
A lista de novos diretores inclui o delegado Leandro Almada da Costa, que já investigou o assassinato da vereadora Marielle Franco e, agora, vai comandar a Polícia Federal no Rio.
Assumem os cargos:
  • Alagoas: Luciana Paiva Barbosa;
  • Amazonas: Umberto Ramos Rodrigues;
  • Goiás: Marcela Rodrigues de Siqueira Vicente;
  • Maranhão: Sandro Rogério Jansen Castro;
  • Mato Grosso: Ligia Neves Aziz Lucindo;
  • Mato Grosso do Sul: Agnaldo Mendonça Alves;
  • Minas Gerais: Tatiana Alves Torres.
  • Pará: José Roberto Feres;
  • Paraíba: Christiane Correa Machado;
  • Paraná: Rivaldo Venâncio;
  • Pernambuco: Antonio de Pádua Vieira Cavalcanti;
  • Rio de Janeiro: Leandro Almada da Costa;
  • Rio Grande do Norte: Larissa Freitas Carlos Perdigão;
  • Rondônia: Larissa Magalhães Nascimento;
  • Santa Catarina: Aletea Vega Marona Kunde;
  • São Paulo: Rogério Giampaoli;
  • Sergipe: Aline Marchesini Pinto;
  • Tocantins: Reginaldo Donizetti Gallan Batista.
Durante a transição de governo, especialistas apontaram a necessidade de enfrentar uma crescente “influência político-ideológica” nas corporações.
Fonte: g1

Cabrália: Bolsonaro gastou R$ 44 mil do cartão corporativo em resort no qual nem esteve

Entre as dezenas de milhares de despesas que o governo de Jair Bolsonaro registrou em seu cartão corporativo, uma segue sem resposta: uma despesa de R$ 44.447 no crédito para hospedagens na Vila Angatu, um spa à beira-mar em Santa Cruz Cabrália, no litoral da Costa do Descobrimento. Segundo o site O Antagonista, o resort de alto padrão cobra diárias a partir de R$ 986.

O valor foi cobrado em 10 de março, dia em que Bolsonaro teve agendas em Brasília, participando inclusive de uma live semanal.

Ainda segundo o portal, o presidente não tinha vindo a esta região do estado até aquele momento do seu governo – na verdade, ele iria à cidade vizinha de Porto Seguro apenas um mês depois, para uma rápida visita em abril.

Na longa lista de compras com o cartão corporativo reveladas nesta quinta-feira (12) pela Presidência da República, não há maiores detalhes sobre a compra, ou quem teria utilizado das reservas. Procurado pela reportagem do Antagonista, o hotel não se manifestou.

O site destaca que Bolsonaro até gastou menos do que outros governos (em valores atualizados) com o cartão corporativo – no entanto lacunas permanecem sem explicação: há uma despesa de R$ 140 mil para hotel onde Bolsonaro passou as férias, além de R$ 109 mil em um restaurante de pequeno porte em Boa Vista, em Roraima.

Morre Tereza Barroso, esposa do ministro Barroso

Morreu nesta sexta-feira (13), aos 57 anos, em decorrência de um câncer que teve origem no fêmur, a empresária Tereza Barroso, esposa do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso.
Veja abaixo a nota divulgada pelo Tribunal:
“Discreta, mas queridíssima, conservou o bom humor até o último momento de lucidez. A família —Luís Roberto, Luna e Bernardo— está serena e confortada. Tereza viveu uma vida boa e feliz. Informações sobre velório e enterro não serão divulgadas para preservar a família.”

Anderson Torres é preso pela PF após desembarcar em Brasília

O avião com Torres embarcou ontem (13), por volta das 23h30, e chegou a Brasília às 7h25 de hoje. Um forte esquema de segurança, envolvendo mais de um comboio foi montado na saída do aeroporto. O destino final do ex-ministro ainda não é conhecido.

O ex-ministro teve a prisão determinada na última terça-feira (10) pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, a pedido da PF. Na quarta-feira (11), a corte validou a decisão, por 9 votos a 2.

Anderson Torres é acusado de omissão e de facilitação para os atos terroristas em Brasília, no último domingo (8), que resultou na invasão e depredação do Palácio do Planalto, do Congresso Nacional e do STF.

A situação de Torres se complicou após a Polícia Federal ter encontrado, em sua casa, uma minuta de decreto de estado de defesa a ser cumprido no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O ex-ministro nega participação na tentativa de golpe de Estado. Assim que a decisão de Moraes se tornou pública, Torres postou, nas redes sociais, que se entregaria. Em relação à minuta encontrada em sua casa, ele escreveu que o documento foi vazado “fora de contexto”.

Jorge Paulo Lemann, o homem mais rico do Brasil, perde US$ 329 milhões em um dia com ações da Americanas

O economista e empresário Jorge Paulo Lemann, pessoa mais rica do Brasil na atualidade, segundo o ranking de bilionários da Forbes, perdeu US$ 329 milhões — o equivalente a R$ 1,68 bilhão — de sua fortuna de US$ 16 bilhões nesta quinta-feira (12), como consequência da forte queda das ações da Americanas no último pregão da bolsa.

Ontem, os papéis da varejista despencaram 77% após a renúncia de Sérgio Rial da presidência apenas 10 dias depois de assumir o cargo, em razão da descoberta de um rombo contábil de R$ 20 bilhões nos balanços da companhia.

Moraes atende PGR e manda abrir inquérito sobre conduta de Ibaneis, Torres e mais dois no dia dos atos terroristas em Brasília

 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou a abertura de um inquérito sobre as condutas do governador afastado do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, e dos comandantes da segurança pública do DF durante os atos terroristas em Brasília, no último domingo (8).

A decisão foi assinada por Moraes na quinta-feira (12) e publicada nesta sexta (13), atendendo a um pedido da própria Procuradoria-Geral da República – a quem caberá as investigações.

Serão investigados inicialmente no inquérito:

  • Ibaneis Rocha (MDB), governador afastado;
  • Anderson Torres, ex-secretário de Segurança Pública e ex-ministro da Justiça no governo Jair Bolsonaro;
  • Fernando de Sousa Oliveira, ex-secretário de Segurança Pública interino do DF;
  • Fábio Augusto Vieira, ex-comandante da Polícia Militar do Distrito Federal.

Nesta quinta-feira, a PGR também pediu ao STF a abertura de um outro inquérito sobre os “autores intelectuais” dos atos em Brasília. E um grupo de procuradores pediu que a PGR requeira a abertura de uma terceira investigação – esta, sobre suposta incitação de crime por parte de Jair Bolsonaro.

Esses pedidos ainda não foram analisados.

Nesta sexta-feira, o governador afastado Ibaneis Rocha foi à sede da Polícia Federal em Brasília para prestar depoimento. A PF não informou em qual inquérito esse depoimento será incluído.

FONTE:G1

PF encontra na casa de Anderson Torres minuta de decreto para instaurar estado de defesa no TSE

A Polícia Federa (PF) encontrou na casa do ex-ministro da Justiça Anderson Torres uma minuta de um decreto para instaurar estado de defesa no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e mudar o resultado da eleição.

A medida pode ser considerada inconstitucional.

  • O que é estado de defesa? A Constituição Federal prevê que o presidente da República pode, ouvidos o Conselho da República e o Conselho de Defesa Nacional, “decretar estado de defesa para preservar ou prontamente restabelecer, em locais restritos e determinados, a ordem pública ou a paz social ameaçadas por grave e iminente instabilidade institucional ou atingidas por calamidades de grandes proporções na natureza”. O ato sobre o estado de defesa tem de ser enviado ao Congresso em 24 horas e ser submetido à aprovação por maioria absoluta.

A informação foi divulgada inicialmente pela Folha de S.Paulo e confirmada pela GloboNews.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia