WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

FJS

prefeitura de pocoes


abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


cobra produtora marcus solla acougues angelica

:: ‘Política’

Vandalismo- pincharam a placa de Bolsonaro que está no centro da cidade poções -ba

[fotopoçoes24hs]

Presidência da República gasta quase R$ 1 milhão em “salgadinhos”

ISTOCK

Nos últimos quatro anos, o governo federal gastou quase R$ 1 milhão em lanches para eventos corporativos ligados à Presidência da República. Os dados foram obtidos pelo Metrópoles, via Lei de Acesso à Informação. A maior despesa registrada, entre 2014 e 2017, é referente à 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, realizada de 3 a 6 de novembro de 2015. Na ocasião, o governo pagou R$ 543.750 pela comida servida aos 2 mil convidados – um custo médio de R$ 250 por pessoa.

Segundo consta no site oficial da Presidência, “a 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, cujo lema era ‘Comida de verdade no campo e na cidade: por direitos e soberania alimentar’, foi um evento estratégico entre iniciativas para se atingir as metas de erradicação da extrema pobreza no país.”

Já no XVI Seminário Internacional de Ética na Gestão, em 22 e 23 de outubro de 2015, o lanche custou R$ 33.600. O cardápio não foi divulgado pela Presidência, mas, em geral, em ocasiões dessa natureza, é de praxe servir salgadinhos simples, como enroladinho de queijo e coxinha, ou um almoço modesto. No ano seguinte, o mesmo evento recebeu verba de R$ 28.000.

Um encontro descrito apenas como “almoço oficial” custou R$ 13 mil aos cofres públicos em 2016. No mesmo ano, a Presidência desembolsou R$ 27.000 em outro “almoço oficial”, dessa vez no Palácio do Jaburu – residência oficial do vice-presidente e endereço mantido por Michel Temer (PMDB-SP) após assumir o comando do Executivo federal. O coffee break para quem participou do Programa de Desenvolvimento em Liderança para Servidores custou R$ 14.280 ao contribuinte.
Somando os gastos dos últimos anos, a conta totaliza R$ 959.838 (confira abaixo). Eles não incluem eventos dos ministérios nem almoços e jantares da Presidência com parlamentares e chefes de Estado, por exemplo. Nesses casos, as refeições são preparadas pela cozinha dos palácios – informou o Planalto.

Questão de segurança

Na relação enviada pela Presidência ao Metrópoles, não aparecem os gastos registrados no cartão de pagamento do governo federal (considerados sigilosos), por “questões de segurança”. O cartão pode ser usado, por exemplo, para pagar contas como a feita em 19 de março de 2017, quando Michel Temer levou embaixadores a uma churrascaria em Brasília.

A operação Carne Fraca, da Polícia Federal, havia denunciado a venda de carne adulterada e estragada por empresas brasileiras e o presidente tentava limpar a imagem dos produtos para exportação diante dos visitantes. O restaurante, porém, informou à imprensa que não servia carnes nacionais, mas depois recuou. O jantar custou mais de R$ 13 mil e incluiu vinhos e caipirinhas.

Ibope aponta que 86% dos brasileiros consideram governo Temer corrupto Divulgado nesta sexta-feira (1º), levantamento ouviu 2.002 entrevistados, em 142 municípios do país

© Ueslei Marcelino / Reuters

Pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira (1º) mostra que mais de 80% da população considera o governo brasileiro corrupto, no rumo errado e que não respeita a vontade dos cidadãos.


O levantamento ouviu 2.002 entrevistados, em 142 municípios do país, e faz parte de um estudo internacional, realizado em diversos países, com o propósito de conhecer as expectativas dos cidadãos em relação a 2018.

Em números específicos, 86% dos participantes disseram acreditar que a gestão do presidente Michel Temer é corrupta, 81% consideraram que a vontade da população não é respeitada, enquanto 85% afirmaram que o Brasil não está seguindo no caminho certo. Apenas 12% opinaram de forma contrária a isso.

De acordo com informações do Estadão, a expectativa do Planalto é de que esses números sejam revertidos, até o próximo ano, quando os eleitores vão às urnas. O governo espera que a melhora da atividade econômica, ainda que lenta, reflita de forma positiva.
Partindo para o campo econômico, 28% dos brasileiros preveem mais dificuldades em 2018, e quase metade (48%) imagina que nada mudará em relação a este ano.

“Apesar de a economia dar sinais de melhora, ela ainda não está sendo percebida pela população, por isso a expectativa em relação ao próximo ano é a pior da série histórica medida desde 2010”, disse Márcia Cavallari, diretora executiva do Ibope.

Em setembro, a pesquisa CNI-Ibope já apontava o quarto trimestre consecutivo de piora na avaliação do governo Temer, quando apenas 3% da população considerava a gestão ótima ou boa. Já 77% consideravam ruim ou péssima; 16% avaliavam como regular e 3% não sabiam ou não responderam.

Na pesquisa anterior, a popularidade do peemedebista também havia caído a seu nível mais baixo entre os ex-presidentes. Em julho deste ano, 5% dos entrevistados avaliaram o governo como ótimo ou bom, 21% como regular, 70% como ruim ou péssimo, e 3% não souberam ou não responderam.

MUITA CARA DE PAU ALGUNS VEREADORES DA CIDADE DE POÇÕES ESTÃO QUERENDO NA CALADA DA NOITE FAZER UMA SEÇÃO EXTRAORDINÁRIA PARA APROVAR O 13 SALARIO DELES

A CIDADE DE POÇÕES PASSANDO POR UMA DAS PIORES GRISES DE SUAS HISTORIA ALGUNS VEREADORES PENSANDO EM APROVA O 13 SALARIO DELES NA SURDINA ISSO É UMA POCA VERGONHA

Zé Neto avalia que queda de ACM Neto em pesquisa ‘deixa oposição em clima de velório’

Zé Neto avalia que queda de ACM Neto em pesquisa 'deixa oposição em clima de velório'

Foto: Tiago Dias / Bahia Notícias

O deputado estadual Zé Neto (PT), líder da bancada do governo na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), avalia que o resultado da pesquisa de intenção de voto para o governo do estado divulgada nesta quinta-feira (30)  pode desmotivar o prefeito ACM Neto a tentar o cargo no próximo ano. Segundo ele, o crescimento o governador no levantamento realizado pelo Paraná Pesquisas “deixou a oposição em clima de velório”. “Agora, todo mundo está convicto que o prefeito precisa anunciar o mais breve possível a desistência da pré-candidatura ao governo”, comentou o deputado. Zé Neto também criticou as viagens do prefeito de Salvador ao interior do estado. Na avaliação do deputado, as visitas representam campanha antecipada. “Rui continuou focado no trabalho. O povo respondeu isso na pesquisa”, disse. A pesquisa do Paraná Pesquisas divulgada nesta quinta aponta que ACM Neto tem 49% das intenções de voto, enquanto Rui registra 33,7%.

Deputado chama colegas de “ladrões” e clima esquenta na Câmara

FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

A votação de uma medida provisória nesta quarta-feira (29/11) na Câmara dos Deputados foi marcada por bate-boca entre parlamentares. Eles quase chegaram às vias de fato. O plenário discutia questões fiscais sobre os bens a serem usados na exploração, no desenvolvimento e na produção de petróleo e gás natural. A confusão começou quando Glauber Braga (PSOL-RJ), líder do partido na Casa, afirmou que os deputados que concordavam com as mudanças eram “ladrões”. Teve empurra-empurra, seguido de gritaria e troca de ofensas.

Os deputados que estavam mais calmos entraram em ação para contornar a situação. Minutos depois, os ânimos se acalmaram e a votação continuou.

A MP com vigência a partir de janeiro de 2018 incentiva a importação de bens que terão permanência definitiva no país se destinados a atividades petroleiras. Esses bens contarão com suspensão do Imposto de Importação (II), do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), do PIS/Pasep-Importação e da Cofins-Importação.

Uma novidade do projeto de lei de conversão do deputado Julio Lopes (PP-RJ) é a proibição de uso desse regime para a importação de embarcações destinadas à navegação de cabotagem e à navegação interior no território nacional, assim como à navegação de apoio portuário e de apoio marítimo, restritas a embarcações de bandeira nacional.

Segundo acordo anunciado pela maioria dos partidos, os destaques que podem alterar pontos do texto serão votados na semana que vem em Plenário.Suspensão tributária
Poderão contar com a suspensão tributária os bens listados pela Receita Federal – a suspensão será convertida em isenção depois de cinco anos da importação. Caso a petroleira não usar o bem para a atividade prevista dentro de três anos, prorrogável por mais 12 meses, terá de recolher os tributos não pagos com juros e multa de mora.

Outro benefício para as empresas petrolíferas em atuação no Brasil é a suspensão de tributos na importação ou na compra no mercado interno de matérias-primas, produtos intermediários e materiais de embalagem a serem usados para fazer um produto final decorrente das atividades de exploração de petróleo. (Com informações da Agência Câmara)

Romero Jucá é hostilizado em voo: “Estancou a sangria?”

30 de Novembro de 2017 às 09:38 Por: Folhapress Por: Redação BNews00comentários

O senador Romero Jucá (PMDB-RR) passou por uma saia justa durante um voo. Antes de o avião decolar, ele foi abordado por uma passageira, que o chamou de “especialista em acordo nacional”.

Visivelmente irritado, Jucá tentou tirar o celular da passageira, mas não conseguiu. A mulher segue ironizando “os acordos” para votar a reforma da Previdência, a reforma trabalhista e  outros projetos polêmicos do governo. “Como o senhor está fazendo esse acordo? Explica”, disse ela, estimulando protestos de outros passageiros. “Estancou a sangria?”

Servidor de fórum é afastado após ser denunciado por fraude em escrituras

Um servidor público que atuava há 20 anos no fórum da cidade de Santana, oeste da Bahia, foi afastado do cargo após a polícia receber uma denúncia de que ele falsificava documentos com selos oficiais. Um mandado de busca foi cumprido na casa dele na terça-feira (28). O titular da 26ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Santa Maria da Vitória), delegado Alexandre Has, disse ao G1 que um processo administrativo contra o servidor foi aberto no Tribunal de Justiça do estado e ele foi afastado enquanto a denúncia é apurada. No entanto, há indícios de que continuava realizando as fraudes de casa. Na residência dele, foram recolhidos um computador e outros equipamentos tecnológicos que podem comprovar a realização das fraudes. Todo o material foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT). A investigação começou quando novos servidores tomaram posse em cargos no fórum de Santana e perceberam irregularidades em alguns documentos. A partir das análises do material apreendido, a polícia espera identificar as vítimas e os valores arrecadados pelo servidor com os golpes. O suspeito deverá interrogado nesta semana.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia