WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



setembro 2020
D S T Q Q S S
« ago   out »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  





cobra produtora marcus solla acougues angelica fabricio


:: 1/set/2020 . 8:04

ELEIÇÕES 2020-PT E PCdoB UNIDOS EM CONQUISTA

0 Comitê Municipal do PCdoB de Vitória da Conquista aprovou ontem à noite (27) a indicação da jornalista

Luciana Oliveira

para compor a chapa como vice-prefeita de Vitória da Conquista, ao lado do deputado

José Raimundo Fontes

do PT, 1º lugar em todas as pesquisas realizadas até agora.

O desfecho se deu após longa e difícil negociação com o Partido dos Trabalhadores. O nome indicado pelo partido era do ex-vereador

Dr. Andreson Ribeiro

, um grande militante do PCdoB, desde quando chegou estagiário de Direito para trabalhar no Núcleo Jurídico da FETAG-BA. Logo se aproximou do nosso partido e do

Fabrício Falcão

, que dá sombra e base para a militância. Elegeu-se vereador, foi presidente do PCdoB local e também esteve na direção estadual.

O PT nos informou que queria uma mulher na vice e que constrói a ideia programática de 50% de mulheres no seu secretariado, a partir de janeiro de 2021. O PCdoB de Vitória da Conquista comprometido com a concepção “mais mulheres na política”, “mais mulheres em espaços de poder”, resolveu indicar a camarada Luciana Oliveira. Jornalista competente, concursada da Câmara Municipal, militante dedicada, estudiosa do feminismo. Ao fazer este gesto, o

Partido Comunista do Brasil na Bahia
PCdoB Vitória da Conquista

reafirma a qualidade do mandato parlamentar da vereadora

Nildma Ribeiro

, primeira mulher eleita pelo PCdoB na cidade de

Vitoria Da Conquista

, e o compromisso de reelegê-la como a mais votada da nossa forte chapa de vereadores.

Com a apresentação do nome de Luciana desmistificamos a ideia de que o Poder Executivo só pode ser ocupado por caciques da política, por gente carimbada, por quem já disputou eleições. Esse espaço de poder pode e deve ser ocupado por qualquer “um de nós”, nós “militantes comuns” também podemos e, ainda mais, as mulheres.
O século XXI é o século das mulheres na política. Tenho orgulho de ter ajudado

Nildma Ribeiro

a se eleger na Câmara de Vereadores. Foi uma luta boa, superamos incompreensões de uns, desconfianças de outros e hoje ela dá um show, brilha no parlamento conquistense. Saibamos: não é fácil projetar mulheres num espaço eminentemente masculino, como os poderes Executivo e Legislativo. Tenho convicção que a esquerda poderá vencer as eleições em Conquista. A pandemia do coronavírus mudou o cenário completamente, mas não alterou a premente necessidade da mudança por um projeto mais inclusivo e democrático.

A retirada da pré-candidatura do dep

Fabrício Falcão

, parlamentar presente na vida da região sudoeste, abre espaço pra unificação do campo liderado pelo governador

Rui Costa

, fundamental movimento pra vencer as eleições ainda no 1º turno.

Luciana Oliveira será uma grata surpresa para a cidade. Não pra mim, que a conheço desde muito antes dela chegar ao PCdoB pelas mãos de

Danilo Moreira

. Conheci Luciana quando ela ainda era muito jovem, estudante de comunicação da

UESB

, numa das tantas Marchas dos Tupinambás de Olivença, por demarcação de suas terras. Jovem, alegre, já comprometida com as nossas causas. A reencontrei em Conquista, agora profissional da comunicação reconhecida, ativista cultural, militante dedicada do nosso partido. Eu não tenho medo de abrir espaço pro novo, para a revolução e para as mulheres.

Élvio Magalhães
*da Direção Municipal e Estadual do PCdoB

CARRO LEVADO EM UM ASSALTO

PGR fecha dez acordos de delações premiadas contra parlamentares e estados

Foto: Roberto Jayme/ Ascom /TSE

A Procuradoria Geral da República fechou dez acordos que dão um novo impulso à negociação de delações premiadas. As investigações podem atingir parlamentares do Congresso Nacional e esquemas de corrupção nos estados, incluindo o Poder Judiciário. As informações são do jornal O Globo.

Segundo a reportagem, nenhuma das novas delações é desdobramento das investigações da força-tarefa da Lava Jato. Nos últimos meses, o procurador Augusto Aras vem criticando os procuradores da operação em Curitiba, que encaram como incerta a prorrogação da atual estrutura da força-tarefa, até que se defina a transição para um novo modelo de trabalho.

Aras foi escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro e assumiu o cargo em setembro de 2019. Desde então, vem sendo cotado para assumir uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF) por conta dos acenos feitos ao chefe do Poder Executivo.

PTB ainda tenta reverter decisão para manter coligação com Bruno Reis

  Por: Divulgação  Por: Henrique Brinco  

OPTB de Salvador ainda tenta articular com a Executiva Naconal que a capital baiana fique de fora da determinação que proíbe coligações da sigla com o DEM, PSDB, PT, PCdoB e outros partidos de esquerda. A decisão inviabiliza a aliança que já havia sido selada com o pré-candidato Bruno Reis (DEM).

“A decisão será a que a Executiva Nacional tomar. Está tentando se construir para que seja em apoio a Bruno Reis”, declarou o vereador Carlos Muniz, presidente do PTB na capital, ao BNews. “Eles ficaram  de nos dar o retorno o mais breve possível”.

A decisão nacional tomada pelo presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, que refuta alianças com partidos em desacordo com a cartilha do presidente Jair Bolsonaro, está bagunçando todo o arranjo local nos municípios.

Em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia, o presidente estadual do PTB, Benito Gama, afirmou que a tendência é que o partido lance um candidato próprio ou saia em uma chapa isolada apenas com os candidatos a vereador.

“Cada partido busca o seu crescimento individual. Então, se você buscar aliança e sempre ficar apoiando os outros partidos, os outros partidos crescem e depois nos abandonam. Isso é uma regra, infelizmente. Então, cada qual tem que correr para buscar o seu espaço. Essa é uma regra universal da política”, justificou.

Acabou a pandemia em Conquista? Aglomeração e som alto na Avenida Olívia Flores impressiona conquistenses

Fotos enviadas por leitores ao Blog do Sena mostram o descaso de dezenas de conquistenses com a pandemia de Coronavírus que já tirou a vida de 101 pessoas.

No último fim de semana, dezenas de pessoas acharam viável se aglomerar em um posto de gasolina. O que fica visível na imagem é que o tumulto partia da loja de conveniência do posto, localizado na Avenida Olívia Flores, no bairro Candeias, em Vitória da Conquista.

Não se sabe se a reunião foi combinada anteriormente ou se os participantes estavam em outra “CoronaFest” e chegaram em grupo ao local. Pelas redes sociais, vários internautas manifestaram sua surpresa com a aglomeração.

No sábado (29), dia em que o município registrou 100 mortes pela Covid-19, o prefeito Herzem Gusmão divulgou um pronunciamento em suas redes sociais e muitos usuários cobraram maior fiscalização desse tipo de aglomeração, uma vez que a responsabilidade de fiscalizar e impedir esses eventos é da Prefeitura. Outras pessoas ironizaram, perguntando se a pandemia já havia acabado em Vitória da Conquista.

Os postos de combustível são considerados serviços essenciais e estão autorizados a funcionar desde o começo da pandemia. Contudo, nenhum estabelecimento está autorizado a promover aglomerações em seu interior. Assim, os funcionários não deveriam ter permitido a situação, acionando a polícia se preciso fosse para dispersar o tumulto.

16º BPM/Serrinha registra aumento nas denúncias de violência doméstica

16º BPM/Serrinha registra aumento nas denúncias de violência doméstica contra mulheres
© Marcos Santos/USP

A Polícia Militar da Bahia do 16º BPM, sediado em Serrinha (BPM/Serrinha), registrou um aumento nos registro “pedidos de socorro de mulheres” que sofreram violência doméstica no período de quarentena.

No último sábado 29 de agosto, policiais militares da 4ª Companhia de Valente conduziram um individuo a delegacia de plantão, em Riachão do Jacuípe após ele agredir a companheira a golpes de facão em Valente.

Conforme os dados obtidos pelo portal SN Noticias, entre os dias 1º de maio e 27 de agosto, foram registrados 71 apelos relacionados à agressões contra mulheres. Vale registrar que estes dados são apenas da Policia Militar, e que há registros nas delegacias territoriais durante a pandemia, além do receio das vítimas em denunciar os casos nas delegacias.

Os dados da reportagem apontam ainda para um agravo da situação conforme o tempo de quarentena evolui no Estado, o número de denúncias de violência contra as mulheres cresceu 54% entre os meses de março e abril, números divulgados pelo Governador Rui Costa.

A consequência última da violência doméstica é o feminicídio, a morte de mulheres em razão do gênero. Este crime revela que o silêncio, seja das mulheres agredidas, seja da população, propicia a escalada da violência e o consequente assassinato.

Sobre a Lei Maria da Penha

A Lei Maria da Penha (Lei 11.340/06), por ser uma das leis mais conhecidas pela população e uma das mais eficazes, a tendência das mulheres (e de todas as pessoas que se identificam com o gênero feminino e que sofram violência em razão disto) ainda é suportar um longo período dentro de casa até pedir ajuda.

A Lei Maria da Penha regulamentou os casos de violência doméstica e familiar praticada contra a mulher.  De acordo com os artigos 5º e 7º, violência contra a mulher é qualquer conduta, ação ou omissão de discriminação, agressão ou coerção que cause dano, morte, constrangimento, limitação, sofrimento físico, sexual, moral, psicológico, social, político, econômico ou perda patrimonial.

A Lei tem esse nome em homenagem à farmacêutica cearense Maria da Penha Maia Fernandes. Ela foi casada por 23 anos com um professor que tentou matá-la duas vezes: a primeira, com um tiro, a deixou paraplégica. Depois de quatro meses hospitalizada, Maria voltou para casa e o agressor tentou assassiná-la de novo, com choques elétricos e afogamento.

PRF prende mulher com 11 kilos do bagulho doido em Conquista

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu uma mulher transportando 11 kg de maconha, no final da manhã desta segunda-feira (31). O flagrante aconteceu em Vitória da Conquista.

Policiais faziam fiscalização de combate a criminalidade no km 830 da BR-116, em frente ao posto da PRF, quando abordaram um ônibus interestadual da linha São Paulo (SP) / Jequié (BA).

Durante a fiscalização no compartimento externo de bagagem, os policiais sentiram odor característico de maconha e decidiram vistoriar às bagagens. Ao abrirem uma mala, cor vermelha, encontraram vários tijolos de maconha, que após pesagem totalizou 11 (onze) quilos da droga.

Foi realizada a checagem dos tíquetes de bagagens sendo encontrado comprovante com numeral correspondente em poder da mulher. Em sua bagagem de mão, ainda foi encontrada uma pequena quantidade de maconha.

O impacto financeiro no crime organizado com esta apreensão se aproxima de 11.000 reais.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão em flagrante e a mulher e o produto apreendido foram apresentados a autoridade de plantão da Delegacia de Polícia Civil de Vitória da Conquista (BA). Inicialmente, ela responderá pelo crime previsto no artigo 33 da Lei 11.343/2006 (Tráfico de drogas).

Covid-19: Festas som alto e bebedeira causam aglomerações no fim de semana em Santa Bárbara

Covid-19: Festas som alto e bebedeira causam aglomerações no fim de semana em Santa Bárbara

Imagens divulgadas em redes sociais mostram populares aglomerados próximos a um carro com equipamento de som ligado em via pública da cidade de Santa Bárbara. A denúncia é exposta por moradores chocados com a irresponsabilidade dos envolvidos diante gravidade. Na Bahia, 256.727 casos confirmados desde o início da pandemia, com 5.397 óbitos por conta da doença.

O vídeo teria sido gravado na noite de domingo, 30/8, dá pra ouvir um participante gritar – “o prefeito liberou em Santa Bárbara o povo pode morrer”. Durante a festa, poucas pessoas foram vistas usando máscaras, muitos ingeriam bebidas alcoólicas adquiridas no bar da praça da comunidade de Tomba, na zona rural do município.

Covid-19: Festas som alto e bebedeira causam aglomerações no fim de semana em Santa Bárbara

Enquanto os órgãos de saúde pedem a colaboração de todos com as medidas de isolamento distanciamento social, a fim de evitar a transmissão comunitária do coronavírus, alguns não se dão conta do perigo.

De acordo com informações repassadas a nossa redação, apuradas pelo repórter Emerson Luiz, não ouve liberação para o evento. Nem a prefeitura e nem a policia teve conhecimento do ocorrido. Conforme o último boletim epidemiológico de Santa Babára, divulgado no dia 30 agosto, apontava 12 casos ativos da doença, com um total de 276 confirmados. Qautro óbitos também eram informados.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia