WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



setembro 2020
D S T Q Q S S
« ago    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  





cobra produtora hadassa marcus solla acougues angelica fabricio


:: ‘Bahia’

Bahia registra 104 casos de Covid-19

A Bahia registra 104 pacientes confirmados com coronavírus (Covid-19), 981 casos descartados e não há óbitos. Este número contabiliza todos os casos de janeiro até as 11 horas desta quinta-feira (26). Os 13 novos casos foram registrados em Salvador (06); Alagoinhas (01); Itabuna (01); Feira de Santana (01); Porto Seguro (02). Os outros dois casos são de chineses que estão em investigação. A vigilância epidemiológica está investigando o local que houve a contaminação.

Os municípios com casos positivos são estes: Alagoinhas (01); Barreiras (01); Brumado (01); Camaçari (01); Canarana (01); Conceição do Jacuípe (01); Conde (01); Feira de Santana (09); Ilhéus (01); Itabuna (02); Jequié (01); Juazeiro (02); Lauro de Freitas (03); Porto Seguro (10); Prado (02); Salvador (63 casos, sendo 60 residentes na capital, 1 residente em Mossoró RN, 1 São Paulo e 1 Miami); São Domingos (01); Teixeira de Freitas (01); e 2 em investigação epidemiológica. Estes números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA) em conjunto com os Cievs municipais.

Até o momento, 14 casos estão com diagnóstico clínico de cura. Há duas semanas eles estão assintomáticos.

De modo reiterado, ressaltamos que os números são dinâmicos e na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em www.saude.ba.gov.br/coronavirus.

Diagnóstico laboratorial de infecção pelo SARS-CoV-2
Pacientes com suspeita de COVID-19 devem ter amostras coletadas e enviadas para o Lacen-BA quando estiverem em um dos seguintes critérios abaixo-relacionados:
1. Pacientes com sinais de gravidade, Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) ou internados;
2. Pacientes sem sinais de gravidade contactantes de caso de COVID-19 suspeito ou confirmado, ou com histórico de viagem recente ao exterior em países com circulação do SARS-CoV2, e regiões do país com transmissão comunitária sustentada;;
3. Profissionais de saúde com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
4. Gestantes com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
5. Pessoas com febre, suspeitas de infecção, triadas nos Aeroportos, Portos e nas Estradas

Observação: pacientes que não se enquadrem nas situações acima não têm indicação para coleta de amostras.

Governador sugere que cidades sem Covid-19 mantenham feiras livres e comércio

Governador sugere que cidades sem Covid-19 mantenham feiras livres e comércio

Foto: Fernanda Vivas/GOVBA

O governador Rui Costa sugeriu a prefeitos de cidades baianas sem casos confirmados de novo coronavírus que mantenham o comércio na ativa. O pedido também se estende à manutenção das feiras livres. Para Rui, as medidas de restrição devem ser gradativas, evitando medidas mais restritivas nesse primeiro momento de enfrentamento da pandemia.

“Nos municípios que não tenham casos confirmados não vejo sentido em fechar feiras livres. O que a gente precisa é tomar cuidado. É aumentar os espaços entre feirantes, ou espalhar a feira por vários espaços na cidade. Porque o agricultor precisa vender . A mesma coisa vale para o comércio”, sugeriu. Segundo o gestor, a medida vale para cidades já com casos ou que tenham municípios vizinhos com confirmação para a Covid-19. Rui deu o exemplo de São Félix e Cachoeira. “Mas a decisão eu respeito. Aí vai depender de cada prefeito e da população”, afirmou.

Tele Coronavírus 155 começa a funcionar para atender a população gratuitamente na Bahia

A população da Bahia passa a contar, a partir desta terça-feira (24), com o Tele Coronavírus 155, que vai prestar orientação e esclarecimentos à população, com rapidez e agilidade, durante à pandemia do novo coronavírus. O serviço, que passa a funcionar das 7h às 19h, é gratuito e fruto de uma parceria entre o Governo do Estado, a Universidade Federal da Bahia (Ufba) e a Fiocruz Bahia. Através do número 155, estudantes do quinto e sexto ano de medicina, supervisionados por médicos, irão orientar a população, evitando a circulação de pessoas que não precisam de atendimento em unidades de saúde, neste primeiro momento.

Segundo o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro, o Governo do Estado tem articulado parcerias estratégicas para o enfrentamento do coronavírus e recebeu este importante apoio da Ufba e da Fiocruz, com o envolvimento de diversas universidades baianas. “Trabalhamos, inclusive, para garantir que o serviço fosse disponibilizado através de um número de três dígitos, o 155, para que as pessoas possam memorizar com mais facilidade”.

O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, explica que os estudantes de medicina, devidamente capacitados, irão escutar as demandas e fazer a orientação, de acordo com o protocolo oficial adotado pela Sesab e Ministério da Saúde. “Ao receber uma ligação, o estudante alimenta uma plataforma e esse dado é utilizado para os registros na área de saúde, para auxiliar na gestão e na assistência à saúde”.

O Tele Coronavírus é um serviço idealizado pela Fiocruz e Ufba, recebeu apoio do Governo do Estado, através das Secretarias de Saúde (Sesab), de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), do Planejamento (Seplan) e da Infraestrutura (Seinfra). Também aderiram à ação as quatro universidades estaduais (Uneb, Uesc, Uefs e Uesb), a Escola Bahiana de Medicina, a FTC Salvador, a Unifacs, a UFRB, a UFSB e a Fesftech, esta última responsável pelo desenvolvimento da plataforma que será alimentada pelos voluntários. Os estudantes das instituições citadas, bem como os médicos supervisores, serão certificados pelo serviço. Aqueles que possuam interesse em se voluntariar, devem procurar as coordenações das respectivas universidades parceiras nesta ação.

Já são mais de 1200 estudantes voluntariados para esta ação. “Cada grupo de vinte estudantes tem a supervisão de um médico residente ou não residente, todos voluntários, que aderiram por inscrição. No momento, temos, aproximadamente, 1200 estudantes e 70 médicos. Durante os trabalhos de planejamento, contamos com a participação de um conselheiro do Cremeb para acompanhar e opinar sobre as questões atinentes ao exercício profissional”, revelou a secretária da Secti, Adélia Pinheiro.

A Bahia registra 76 pacientes confirmados com coronavírus (Covid-19), 725 casos descartados e não há óbitos. Este número contabiliza todos os casos de janeiro até às 11 horas desta terça-feira (24). Todos os casos novos foram importados ou de transmissão local.

Os municípios com casos positivos são estes: Alagoinhas (1); Barreiras (1); Brumado (1); Camaçari (1); Conceição do Jacuipe (1); Conde (1 – paciente reside em Campinas, em São Paulo); Feira de Santana (6); Itabuna (1); Jequié (1); Juazeiro (2); Lauro de Freitas (3); Porto Seguro (8); Prado (2); Salvador (46, sendo três pacientes residentes em localidades fora da Bahia); e Teixeira de Freitas (1).

Ressalta-se que os números são dinâmicos e na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação.

É importante pontuar que o paciente com diagnóstico positivo para o novo coronavírus pode cursar com grau leve, moderado ou grave. A depender da situação clínica, pode ser atendido em unidades da atenção básica, unidades secundárias ou precisar de internação. Mesmo definindo unidades de referência, não significa que ele só pode ser atendido em hospital.

Os casos graves devem ser encaminhados a um hospital de referência para isolamento e tratamento. Os casos leves devem ser acompanhados pela Atenção Primária em Saúde (APS) e instituídas medidas de precaução domiciliar.

O diagnóstico do coronavírus é feito com a coleta de materiais respiratórios (aspiração de vias aéreas ou indução de escarro). Na suspeita de coronavírus, é necessária a coleta de uma amostra que será encaminhada para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-BA). Para confirmar a doença, é necessário realizar exames de biologia molecular que detecte o genoma viral. O diagnóstico do coronavírus é feito com a coleta de amostra, que está indicada sempre que ocorrer a identificação de caso suspeito. Outras informações podem ser obtidas no link: www.saude.ba.gov.br/coronavirus.

Diagnóstico laboratorial de infecção pelo SARS-CoV-2

Pacientes com suspeita de COVID-19 devem ter amostras coletadas e enviadas para o Lacen-BA quando estiverem em um dos seguintes critérios abaixo-relacionados:

1. Pacientes com sinais de gravidade, Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) ou internados;
2. Pacientes sem sinais de gravidade contactantes de caso de COVID-19 suspeito ou confirmado, ou com histórico de viagem recente ao exterior em países com circulação do SARS-CoV2, e regiões do país com transmissão comunitária sustentada;;
3. Profissionais de saúde com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
4. Gestantes com sintomas respiratórios suspeitos de COVID-19;
5. Pessoas com febre, suspeitas de infecção, triadas nos Aeroportos, Portos e nas Estradas

Observação: pacientes que não se enquadrem nas situações acima não tem indicação para coleta de amostras

Jequié confirma primeiro caso de Coronavírus

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, juntamente com os demais órgãos de saúde, informou na noite deste domingo (22) que, dos 12 casos notificados, três foram descartados e, após análises do material coletado pelo Laboratório Central (LACEN), em Salvador, um caso foi confirmado positivo para coronavírus. O paciente já se encontra em isolamento domiciliar.

A Secretaria Municipal de Saúde continua monitorando as ações de combate ao coronavírus, na cidade, enquanto aguarda o resultado dos demais casos notificados e solicita que todas as pessoas fiquem em suas casas, para que, assim, evitem a disseminação do coronavírus.

Ainda nesta noite, Brumado também confirmou seu primeiro caso.

Sobe para 27 número de casos confirmados do coronavírus na Bahia, diz Sesab Onze novos casos foram registrados nesta quarta: dois durante a manhã e outros nove durante a noite. Informações foram divulgadas pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Resultado de imagem para sesabInicialmente, a Sesab tinha informado que eram 10 casos, elevando o número de registros para 28, mas depois voltou atrás. Dos nove novos casos, oito são residentes de Salvador e um em Porto Seguro. De acordo com a Sesab, as vigilâncias municipais investigam o histórico dos pacientes, para verificar a origem da contaminação e se há ou não transmissão comunitária nas cidades.

No total, a Bahia registrou 747 casos suspeitos de Covid-19 (coronavírus), de janeiro até a noite desta quarta-feira. Desse total, além dos 28 confirmados, 335 aguardam análise laboratorial e 385 foram descartados.

O diagnóstico positivo para o novo coronavírus pode cursar com grau leve, moderado ou grave. A depender da situação clínica, pode ser atendido em unidades primárias de atenção básica, unidades secundárias ou precisar de internação. Mesmo definindo unidades de referência, não significa que ele só pode ser atendido em hospital.

Os casos graves devem ser encaminhados a um hospital de referência para isolamento e tratamento. Os casos leves devem ser acompanhados pela Atenção Primária em Saúde (APS) e instituídas medidas de precaução domiciliar.

Casos confirmados

Até quarta-feira (18), os casos confirmados na Bahia são:

  1. Mulher de 34 anos, de Feira de Santana, contaminada após retornar da Itália, com passagens por Milão e Roma, em 25 de fevereiro;
  2. Mulher de 42 anos, de Feira de Santana, trabalhadora doméstica que teve contato com a mulher de 34 anos;
  3. Idosa de 68 anos, de Feira de Santana, mãe da mulher de 42, que teve contato domiciliar com a 2ª paciente;
  4. Idoso de 73 anos, também de Feira de Santana, marido da mãe da trabalhadora doméstica, que teve contato domiciliar com as 2ª e 3ª pacientes;
  5. Mulher de 52 anos, de Salvador, que fez viagem recente à Espanha;
  6. Criança de 11 anos, de Salvador, filha da mulher de 52 anos, que também fez viagem recente à Espanha;
  7. Idoso de 72 anos, de Salvador, que fez viagem recente para a Itália;
  8. Homem de 49 anos, de Salvador, que fez viagem recente à Alemanha e Espanha;
  9. Mulher de 50 anos, de Feira de Santana, que fez viagem recente aos Estados Unidos;
  10. Homem de 43 anos, de Porto Seguro, que foi contaminado durante festa em Itacaré;
  11. Mulher de 35 anos, de Porto Seguro, que teve passagem pelos Estados Unidos Da América;
  12. Mulher, de 42 anos, de Porto Seguro, que teve contato com um paciente contaminado, que estava na festa de casamento da irmã de Gabriela Pugliesi, em Itacaré;
  13. Homem de 42 anos, de Prado, que teve passagem por Milão e Londres;
  14. Idoso de 72 anos, de Salvador, com histórico recente de viagem para São Paulo;
  15. Homem de 50 anos, de Salvador, internado em hospital particular;
  16. Idoso de 60 anos, de Salvador, internado em hospital particular.
  17. Homem de 43 anos, de Salvador, com histórico de contato com paciente diagnosticado para Covid-19;
  18. Mulher de 71 anos, de Salvador, com histórico de viagem pela Espanha e Portugal, que segue internada e evoluindo bem;
  19. Paciente residente em Salvador, sem idade, gênero e meio de transmissão divulgados;
  20. Paciente residente em Salvador, sem idade, gênero e meio de transmissão divulgados;
  21. Paciente residente em Salvador, sem idade, gênero e meio de transmissão divulgados;
  22. Paciente residente em Salvador, sem idade, gênero e meio de transmissão divulgados;
  23. Paciente residente em Salvador, sem idade, gênero e meio de transmissão divulgados;
  24. Paciente residente em Salvador, sem idade, gênero e meio de transmissão divulgados;
  25. Paciente residente em Salvador, sem idade, gênero e meio de transmissão divulgados;
  26. Paciente residente em Salvador, sem idade, gênero e meio de transmissão divulgados;
  27. Paciente residente em Porto Seguro, sem idade, gênero e meio de transmissão divulgados;

Sobe para 18 número de casos confirmados do coronavírus na Bahia, diz boletim Sesab Informação foi divulgada pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), nesta quarta-feira (18).

Sobe para 18 nº de casos confirmados do coronavírus na Bahia, diz Secretaria de Saúde — Foto: TVCA/Reprodução — Foto: TVCA/Reprodução

Sobe para 18 nº de casos confirmados do coronavírus na Bahia, diz Secretaria de Saúde — Foto: TVCA/Reprodução — Foto: TVCA/Reprodução

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) confirmou o 18º caso de contaminação por coronavírus no estado no início da tarde desta quarta-feira (18). A paciente é de Salvador, com 71 anos, e segue internada e evoluindo bem.

Apesar disso, os quatro casos não entraram no boletim da terça-feira (17), porque o último documento foi divulgado as 17h, e a confirmação dos casos mais recentes saiu depois do fechamento.

Portanto, com a divulgação da Sesab, os registros mais recentes são: um homem de 64 anos, com histórico de viagem pela Tailândia, que segue internado, evoluindo bem. Um homem de 50 anos, com histórico de contato com paciente vindo dos Estados Unidos, que também segue internado e evoluindo bem.

Um homem de 43 anos, com histórico de contato com paciente diagnosticado para Covid-19. E uma mulher, 71 anos, com histórico de viagem pela Espanha e Portugal, que segue internada e evoluindo bem

Dos casos confirmados nove estão em Salvador, cinco em Feira de Santana, três em Porto Seguro e 1 em Prado.

Até quarta-feira (18), os casos confirmados na Bahia são:

  1. Mulher de 34 anos, de Feira de Santana, contaminada após retornar da Itália, com passagens por Milão e Roma, em 25 de fevereiro;
  2. Mulher de 42 anos, de Feira de Santana, trabalhadora doméstica que teve contato com a mulher de 34 anos;
  3. Idosa de 68 anos, de Feira de Santana, mãe da mulher de 42, que teve contato domiciliar com a 2ª paciente;
  4. Idoso de 73 anos, também de Feira de Santana, marido da mãe da trabalhadora doméstica, que teve contato domiciliar com as 2ª e 3ª pacientes;
  5. Mulher de 52 anos, de Salvador, que fez viagem recente à Espanha;
  6. Criança de 11 anos, de Salvador, filha da mulher de 52 anos, que também fez viagem recente à Espanha;
  7. Idoso de 72 anos, de Salvador, que fez viagem recente para a Itália;
  8. Homem de 49 anos, de Salvador, que fez viagem recente à Alemanha e Espanha;
  9. Mulher de 50 anos, de Feira de Santana, que fez viagem recente aos Estados Unidos;
  10. Homem de 43 anos, de Porto Seguro, que foi contaminado durante festa em Itacaré;
  11. Mulher de 35 anos, de Porto Seguro, que teve passagem pelos Estados Unidos Da América;
  12. Mulher, de 42 anos, de Porto Seguro, que teve contato com um paciente contaminado, que estava na festa de casamento da irmã de Gabriela Pugliesi, em Itacaré;
  13. Homem de 42 anos, de Prado, que teve passagem por Milão e Londres;
  14. Idoso de 72 anos, de Salvador, com histórico recente de viagem para São Paulo;
  15. Homem de 50 anos, de Salvador, internado em hospital particular;
  16. Idoso de 60 anos, de Salvador, internado em hospital particular.
  17. Homem de 43 anos, com histórico de contato com paciente diagnosticado para Covid-19
  18. Mulher, 71 anos, com histórico de viagem pela Espanha e Portugal, que segue internada e evoluindo bem.

Notificações

A Bahia registrou 671 casos suspeitos de Covid-19 (coronavírus), de janeiro até a manhã desta quarta, quando o último boletim da Sesab foi divulgado.

Desse total, 18 foram confirmados, e 278 aguardam análise laboratorial e 375 foram descartados. O diagnóstico positivo para o novo coronavírus pode cursar com grau leve, moderado ou grave.

A depender da situação clínica, pode ser atendido em unidades primárias de atenção básica, unidades secundárias ou precisar de internação. Mesmo definindo unidades de referência, não significa que ele só pode ser atendido em hospital.

Os casos graves devem ser encaminhados a um hospital de referência para isolamento e tratamento. Os casos leves devem ser acompanhados pela Atenção Primária em Saúde (APS) e instituídas medidas de precaução domiciliar.

Caminhão de carga roubado, placa OKP 4208, qualquer informação entrem em contato com esses número (77)999993321, (77)999899125, (77)981595888,

Assalto ontem perto de 12h no anel viário de Vitória da Conquista levaram o veículo e a mercadoria 25 novilhas, O motorista foi encontrado em Piripá Bahia está bem mas o caminhão e a carga foram roubados, qualquer informação do veículo entre em contato (77)999993321, (77)999899125, (77)981595888

 

Foram encaminhadas ao Hospital de Base, as duas vítimas de acidente de moto em Bom Jesus da Serra

Um grave acidente envolvendo duas motocicletas foi registrado na tarde dessa segunda-feira (09), na região do Aniceto,zona rural do município de Bom Jesus da Serra. Segundo informações os dois motociclistas se chocaram frontalmente. As vítimas foram transferidas para o Hospital de Base em Vitória da Conquista,um com fratura exposta e o outro com fortes dores na cabeça.

Caminhoneira do Oeste Catarinense morre em grave acidente na Bahia

Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal

Morreu nesta quinta-feira (5), a Caminhoneira Darcielle Trevisan, de 33 anos, natural de Iporã do Oeste, no Oeste de Santa Catarina, em um grave acidente na cidade de Seabra, na Bahia. A informação foi confirmada por familiares ao portal Peperi.  Darcielle era conhecida como “Rainha da Estrada”.

Conforme familiares para o portal Peperi, ao tentar fazer uma curva o caminhão carregado com sal caiu em uma ribanceira. Darcielle estava em viagem há cerca de um mês para Teresina, no Piauí.

Darcielle é mãe de duas meninas, de 5 e 10 anos. Segundo o portal Peperi, seus familiares residem na linha Pirajú, interior de Iporã do Oeste.

Devido a distância do local do acidente, o proprietário da empresa onde a motorista atuava presta auxílio a família e providenciou o traslado do corpo.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia