WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

FJS

prefeitura de pocoes


abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


cobra produtora marcus solla acougues angelica

:: ‘Bahia’

Mulher é resgatada após oito meses em cárcere privado com sinais de desnutrição e agressões na BA; companheiro foi preso

Caso é investigado na Deam de Feira de Santana — Foto: Reprodução/ TV Subaé

Caso é investigado na Deam de Feira de Santana — Foto: Reprodução/ TV Subaé

Uma mulher de 26 anos foi resgatada de cárcere privado, com sinais de desnutrição e agressões na cidade de Feira de Santana, a 100 km de Salvador. Segundo a Polícia Civil, o companheiro da vítima foi preso em flagrante.

O caso aconteceu na quinta-feira (13), no bairro Serraria Brasil. De acordo com a polícia, a vítima, que apesar de morar em Feira de Santana, nasceu em Alagoinhas, foi mantida no local por oito meses.

Ela foi resgatada pela Ronda Maria da Penha e o suspeito, que se identificou para a polícia como estudante de Direito, foi levado para a Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam).

A Polícia Civil informou que a mulher foi encontrada após uma denúncia anônima. A vítima passará por exame de corpo de delito e será encaminhada para um abrigo.

g1 Bahia

Bahia tem três cidades entre as mais violentas do mundo

Feira de Santana é destaque no estado da Bahia que tem o maior número de municípios brasileiros em ranking internacional.

📷 Foto: Reprodução

A Bahia é o único estado brasileiros com três municípios na lista das 50 cidades mais violentas do mundo. Salvador, Feira de Santana e Vitória da Conquista aparecem no ranking da ONG Conselho Cidadão para a Segurança Pública e Justiça Penal do México, especializada em estudos da violência, divulgado este mês. Rio Grande do Norte, com duas cidades, Amazonas, Ceará, Pernambuco, Alagoa e Piauí, cada um com um município, também aparecem listados.

As três cidades baianas elencadas na pesquisa desse ano, referente ao ano de 2022, também apareceram na edição do ano passado, que considera dados da violência de 2021. O levantamento é realizado há 15 anos.

Segundo o estudo da ONG mexicana, nove das dez cidades mais violentas em 2022 ficam no México. No Brasil, o primeiro município a aparecer no ranking é Mossoró, no Rio Grande Norte, que ocupa a 11ª posição. Em seguida aparece Salvador, no 19º lugar. Todas as cidades apontadas são do Nordeste ou do Norte do país, no caso de Manaus (AM), na 21ª posição.

Em Salvador, no último domingo (26), moradores de Ondina ficaram assustados com um tiroteio intenso na Avenida Oceânica. Um homem apontando como líder do tráfico nos bairros da Gamboa, Garcia e Narandiba foi morto em uma operação policial. No mesmo dia, uma criança de 2 anos foi baleada durante outra operação no bairro de Fazenda Grande do Retiro. Houve troca de tiros entre PMs e bandidos. Já em Pernambués, os tiroteios frequentes obrigaram escolas a suspenderem as aulas na semana passada.

Já quem mora no interior do estado afirma que a violência não é menor. Uma professora que vive em Feira de Santana, cidade apontada como a 22ª mais violenta em 2022, contou que já teve dois celulares roubados em um período de um ano. Ela teve medo de se identificar para a reportagem. “A primeira situação foi no final de 2021. Estava no ônibus quando eles [bandidos] chegaram e anunciaram o assalto. A outra foi quase na porta de casa, no ano passado. Dois homens em uma moto levaram o meu aparelho e de duas vizinhas que tinham saído para colocar o lixo para fora. Nos dois casos, eu ainda estava pagando o celular”, contou.

Em janeiro, o CORREIO mostrou a escalada da violência na Princesa do Sertão. Em cerca de 15 dias, 26 mortes violentas foram registradas no município. O número representa 76% das mortes em todo o mês de dezembro do ano passado, quando 34 aconteceram. Os dados são da Polícia Civil baiana.

Centros urbanos mais distantes da capital também estão sentindo a insegurança. Vitória da Conquista, no Sudeste da Bahia, ocupou a 26ª posição entre as 50 cidades mais violentas de 2022. Por lá, a população ainda comenta sobre o assassinato do enfermeiro André Chagas Leite, 26 anos, no mês passado. Ele foi morto a tiros durante um assalto. Dois suspeitos foram presos cerca de 10 dias depois.

A pesquisa da ONG mexicana analisou cidades com mais de 300 mil habitantes, usou dados oficiais e estimados de homicídios e populacionais para traçar uma taxa média de mortes, e descartou municípios que vivem conflitos de guerra. “O objetivo é chamar a atenção para a violência nas cidades, particularmente na América Latina”, diz o estudo.

Autoridades

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou, em nota, que desconhece a metodologia usada pela ONG, contestou a pesquisa e apresentou dados de redução da violência nas três cidades citadas. Confira o posicionamento na íntegra:

A Secretaria da Segurança Pública desconhece a metodologia usada pela ONG e contesta a pesquisa que estipula um ranking, sem coletar os dados dos municípios de todos os continentes. Com relação às quatro cidades baianas citadas, Salvador apresentou redução de 12%, Feira de Santana teve diminuição de 13,1% e, em Vitória da Conquista, as mortes violentas recuaram 49,5%. A SSP ressalta ainda que as reduções refletem o empenho das polícias Militar, Civil e Técnica, além do investimento de R$ 1 bilhão, nos últimos quatro anos, em tecnologia e renovação dos efetivos.

A prefeitura de Salvador informou que tem realizado investimentos para auxiliar no reforço da segurança pública, “cujo dever constitucional não é da gestão municipal”. O texto destaca a modernização da iluminação pública, 100% em LED, e a valorização dos 1,3 mil guardas municipais que atuam na prevenção da violência.

A Prefeitura ressalta que mantém parceria com as polícias em algumas ações, a exemplo dos grandes eventos, como Carnaval e Réveillon, e operações (como a Sílere, de combate à poluição sonora). A Prefeitura reforça que seguirá trabalhando para auxiliar o trabalho da segurança pública e promover a proteção das pessoas”, conclui a nota.

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB), acredita que a geografia da cidade favorece a ação de traficantes, afirmou que facções do Rio de Janeiro estão atuando também em Feira e cobrou ações mais efetivas.

Entendo que o governo do estado precisa fazer uma ação mais específica e diferenciada em Feira de Santana, porque ao contrário de Salvador, que é um destino final, Feira é um local de passagem. O tráfico passa pela cidade, e esse aumento da violência nos preocupa. Esse ano já registramos 67 homicídios, em dois meses”, explicou.

Uma das preocupações do gestor é com a Micareta, carnaval fora de época marcado para acontecer entre 20 e 23 de abril. “Temos mais de 300 câmeras, um centro de operação onde atuamos de forma integrada com as polícias Civil, Militar, Rodoviária Federal e com outras instâncias. Construímos unidades para as polícias e temos a Guarda Municipal, fazemos tudo o que é possível dentro dos limites do Município”, afirmou.

A prefeitura de Vitória da Conquista foi procurada, mas não se manifestou.

Nova política

Para a antropóloga e pesquisadora na Iniciativa Negra por uma Nova Política sobre Drogas, Belle Damasceno, o estudo internacional apenas traduziu em dados o que a população sente no dia a dia, e frisou que essa não é uma questão somente de polícia.

Temos um modelo de segurança pública que é pensado apartado de políticas públicas de direito humanos indispensáveis a não violência, como cultura, educação, saúde e segurança alimentar. A conjuntura econômica também é fundamental para esse cenário. São questões que não podem ser dissociadas, porque estão relacionadas”, explicou.

A pesquisadora afirmou que existe também questões raciais atreladas a esse debate. “Uma pesquisa mostrou que a quantidade de entorpecentes apreendidos na Pituba era maior que no Nordeste de Amaralina, mas foi no Nordeste onde houve a maior quantidade de conflitos, porque existe um processo de estigma que naturaliza a violência nesses espaços, por isso, dizemos que não são bairros violentos, são bairros violentados”, disse.

Ela explicou que é preciso uma política de segurança que preserve a vida. “Com o objetivo de impedir a circulação de entorpecentes, matam-se pessoas. E isso é visto como natural. Uma operação que termina em chacina não é uma operação de sucesso”, afirmou.

O historiador Dudu Ribeiro integra a Rede de Observatórios da Segurança e explicou que o ranking não surpreende os pesquisadores, porque corrobora com estudos feitos nessa área. Ele citou a reorganização e migração de organizações criminosas e os confrontos policiais como determinantes para o aumento da violência, e também acredita que esse não é um problema apenas de polícia.

Existe uma lógica de produção de segurança a partir da atuação da polícia de forma violenta e da ocupação de territórios negros. É preciso pensar a segurança pública para além da atuação das polícias, como parte do direito fundamental de cada cidadão e cidadã, e ampliar o acesso a direitos aliado a uma reforma do modelo de segurança pública”, afirmou.

Confira a posição das cidades brasileiras no ranking:11ª Mossoró (RN)

  • 19ª Salvador (BA)
  • 21ª Manaus (AM)
  • 22ª Feira de Santana (BA)
  • 26ª Vitória da Conquista (BA)
  • 28ª Natal (RN)
  • 31ª Fortaleza (CE)
  • 35ª Recife (PE)
  • 36ª Maceió (AL)
  • 40ª Teresina (PI)

Bahia Sem Fome: Governo do Estado da Bahia Lança Nova Campanha com o objetivo de reduzir a insegurança alimentar dos quase dois milhões de baianos em situação de vulnerabilidade socioeconômica

O Governo do Estado da Bahia lançou a campanha “Bahia Sem Fome” com o objetivo de reduzir a insegurança alimentar dos quase dois milhões de baianos em situação de vulnerabilidade socioeconômica. A Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) montou uma ação estratégica de arrecadação e distribuição de alimentos não perecíveis e itens de higiene e limpeza por meio de 61 unidades do SineBahia e 23 lojas dos Centros Públicos da Economia Solidária (Cesol) em todo o estado.
A campanha Bahia Sem Fome surge da necessidade de amenizar , de forma imediata, a insegurança alimentar de 50 municípios baianos que se encontram em situação mais vulnerável. O Brasil retornou ao Mapa da Fome em 2022, quando a fome crônica atingiu 4,1% da população brasileira. A campanha Bahia sem Fome se soma a outras iniciativas do governo federal.
A população de Poções é convidada a colaborar com os municípios em vulnerabilidade com doações de alimentos não perecíveis e itens de higiene e limpeza na unidade do SineBahia de Poções, na Pça Raimundo Pereira de Magalhães s/n, Centro. Com essa mobilização, é possível contribuir para a redução da insegurança alimentar dos baianos que precisam de ajuda neste momento de dificuldade.
Lembrando que nosso município não se encontra na lista de vulnerabilidade, estamos na corrente do bem para ajudar os municípios baianos!

Homem é morto com golpes de faca

Guarda Municipal no local onde corpo de homem foi encontrado em Camacan, no sul da Bahia — Foto: Guarda Civil Municipal de Camacan

Guarda Municipal no local onde corpo de homem foi encontrado em Camacan, no sul da Bahia — Foto: Guarda Civil Municipal de Camacan

Um homem foi morto com golpes de faca na cidade de Camacan, no sul da Bahia. De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu no sábado (1º). O suspeito foi preso, ainda no sábado, na delegacia de Camacan, depois de ser apresentado na unidade por guardas municipais.

A vítima foi identificada como Pedro Jardelina Ferreira. Conforme informações da Polícia Civil, o suspeito atacou Pedro após um desentendimento. O motivo da briga não foi detalhado, mas de acordo com testemunhas, a confusão ocorreu por causa de uma dívida.

A Polícia Militar também atendeu a ocorrência e disse que o caso foi registrado na Rua Antônio Pereira dos Santos, em frente a um mercado da cidade. Informou ainda que uma equipe foi acionada, mas ao chegar no local do crime, o suspeito havia fugido.

Segundo informações obtidas pela PM, a briga foi entre a vítima e o dono do mercado. No entanto, o suspeito do crime seria o filho do dono do estabelecimento. A Polícia Civil não detalha essa versão obtida pela Polícia Militar.

O homem, que foi autuado em flagrante por homicídio, segue custodiado à disposição da Justiça.

Pedro Jardelino Ferreira foi morto com golpes de faca em Camacan, no sul da Bahia — Foto: Redes Sociais

Pedro Jardelino Ferreira foi morto com golpes de faca em Camacan, no sul da Bahia — Foto: Redes Sociais

Policial militar é baleado com disparo acidental

Policial Militar foi baleado no joelho — Foto: Polícia Militar da Bahia

Policial Militar foi baleado no joelho — Foto: Polícia Militar da Bahia

Um policial militar ficou ferido, após ser atingido por um disparo de arma de fogo acidental, na noite de domingo (2), no bairro do Comércio, em Salvador. A Polícia Militar (PM) não confirmou se a arma que disparou foi a do próprio policial ou de algum colega.

O militar é um cabo e é lotado na 40ª Companhia Independente da PM. Ele foi atingido no joelho. O caso ocorreu no Terminal Náutico de Salvador, no Comércio.

O policial foi socorrido por agentes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para uma unidade de saúde da região, onde recebeu atendimento. Não há detalhes sobre o estado de saúde do policial.

Homem é preso após matar cliente de lanchonete durante tentativa de assalto em Salvador; dono do estabelecimento reagiu ao crime

Uma mulher de 36 anos foi morta a tiros durante um assalto na Rua Manoel Nogueira, no bairro do Cabula, em Salvador, na noite de domingo (2). Um dos suspeitos do crime, um jovem de 21 anos, foi preso e confessou ter atirado na direção da vítima.

A mulher foi identificada como Silvana Conceição de Jesus. Ela estava em uma lanchonete com uma amiga. Os dois homens armados chegaram ao local em uma moto e anunciaram o assalto. Segundo testemunhas, o dono do estabelecimento teria reagido e atirado contra os suspeitos.

Câmeras de segurança no local flagraram a ação. As imagens mostram o momento em que a dupla chegou na lanchonete em uma moto, um dos suspeitos desceu do veículo e anunciou o assalto, com a arma já em punho.

Homem é preso após matar cliente de lanchonete durante tentativa de assalto em Salvador; dono do estabelecimento reagiu ao crime — Foto: Reprodução/TV Bahia

Homem é preso após matar cliente de lanchonete durante tentativa de assalto em Salvador; dono do estabelecimento reagiu ao crime — Foto: Reprodução/TV Bahia

Na gravação, é possível ver que o suspeito interagiu com alguém que estava dentro do estabelecimento. Não é possível ver se o suspeito é baleado, mas o homem caiu duas vezes, enquanto tenta alcançar o comparsa que fugia na moto.

O nome dele não foi divulgado por causa da Lei de Abuso de Autoridade. Já a mulher chegou a ser socorrida e encaminhada para o Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), mas não resistiu aos ferimentos.

Amigo de infância da vítima, o gerente comercial Ricardo Bastos ajudou a levá-la para a unidade de saúde. Ainda não há detalhes sobre o sepultamento de Silvana.

Homem é preso após matar cliente de lanchonete durante tentativa de assalto em Salvador — Foto: Reprodução/TV Bahia

Homem é preso após matar cliente de lanchonete durante tentativa de assalto em Salvador — Foto: Reprodução/TV Bahia

“É um momento triste que a gente passa aqui no Cabula. Aconteceu o fato e de repente, a gente como amigo de infância, encaminhamos ela ao hospital. É difícil. A gente vê que a realidade da gente no Cabula é outra. A gente solicita a presença da Segurança Pública Constantemente no nosso bairro, e pedimos também atenção às questões de assalto. Não reajam, prezem suas famílias, suas vidas”.

O suspeito preso está detido em uma unidade policial de Salvador. Ricardo, que testemunhou a ação, também confirmou que o dono do estabelecimento reagiu ao assalto.

“Ele mora aqui, é uma pessoa maravilhosa, a gente conhece pessoalmente. Infelizmente houve a reação por parte dele, na ação, e acabou vitimando uma moradora importantíssima para a gente aqui. Uma pessoa que cuidava mais dos animais do que da própria vida”.

g1 Bahia

#ElasÀFrente: Poções foi representada no 1° Encontro Estadual de Gestoras Públicas da Bahia.

Poções foi representada no 1° Encontro Estadual de Gestoras Públicas da Bahia, realizado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia (SPM-BA), na terça-feira (28), em Salvador. A coordenadora do Centro de Apoio às Mulheres em Situação de Violência de Poções (CAMVI), Ana Carine Aguiar, e a vereadora Larissa Laranjeira estiveram prestigiando o evento que reuniu prefeitas, vice-prefeitas, vereadoras, gestoras de políticas para as mulheres, deputadas, lideranças de movimentos sociais e de conselhos municipais, coordenadoras dos Centros de Referência de atendimentos a mulher (CRAM), coordenadoras dos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) e Consórcios públicos.
O evento integra o projeto #ElasÀFrente e se configura como uma das ações do Governo do Estado que visa promover a articulação de políticas voltadas para as mulheres nos municípios e territórios, na busca por direitos, por Igualdade e por oportunidades.
Na oportunidade foram anunciadas ações de prevenção a violência de gênero: “Oxe, me respeite – na Escola”, a assinatura do termo de cooperação entre a Secretaria de Políticas para as mulheres e o Bacharelado de Estudos de Gênero e Diversidade, além do anúncio de editais e projetos.
O evento contou com a presença de diversas personalidades femininas, que incluem a Secretária Estadual de Políticas para as Mulheres, Elisângela de Araújo; a Delegada-Geral da Polícia Civil, Heloísa Brito; Célia Watanabe, representando o Ministério das Mulheres e a Deputada Maria Del Carmen.

Jerônimo cancela viagem à China após anúncio de Lula

Imagem sobre Jerônimo cancela viagem à China após anúncio de Lula

Foto: Reprodução

O governador Jerônimo Rodrigues (PT) também anunciou o adiamento da viagem à China neste sábado (25). O comunicado vem após o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) confirmar o cancelamento da viagem, prevista para este domingo (26), por orientação médica

Em nota, o governador informa que brevemente outra agenda será retomada para prosseguir com a discussão dos investimentos chineses na Bahia. Uma nova data para a viagem ainda não foi definida. 

 

Entre as pautas que seriam tratadas na missão internacional estavam as negociações com a BYD, empresa que vai ocupar a planta da Ford em Camaçari. 

 

A comitiva baiana teria ainda o senador Jaques Wagner (PT) e o deputado federal Daniel Almeida (PCdoB). 

fonte: Bahia noticias

Poções: No dia 22/03 A Secretária de Saúde Luciana Vasconcelos Juntamente com o Deputado Estadual Fabrício Falcão participou de reunião com a Secretária de Saúde do Estado, Dra. Roberta Santana, em Salvador.

Ontem (22/03), a Secretária de Saúde, Luciana Vasconcelos, esteve ao lado do Deputado Estadual, Fabrício Falcão, e participou de reunião com a Secretária de Saúde do Estado, Dra. Roberta Santana, em Salvador.
Na oportunidade, a secretária do município demonstrou as dificuldades enfrentadas atualmente, em especial com relação as filas de exames e consultas de média e alta complexidade (de responsabilidade exclusiva do Estado), bem como fez pedidos de melhorias, principalmente para as unidades de saúde.
Além disso, aproveitou para apresentar o novo projeto em desenvolvimento pela Secretaria de Saúde e, diante do claro comprometimento da Secretária do Município e sua equipe técnica, a Secretária Estadual se colocou à disposição para apoiar, não apenas este, mas outras melhorias que estão por vir.
A Secretaria de Saúde, com apoio da Prefeita, Nilda Magalhães, segue buscando ofertar saúde de qualidade à população de Poções.

Prefeitura de São Gonçalo dos Campos anuncia suspensão da festa de São João por falta de verba

A Prefeitura de São Gonçalo dos Campos, a cerca de 130 quilômetros de Salvador, anunciou nesta quinta-feira (23), que a festa de São João da cidade não será realizada por questões financeiras. O anúncio foi dado pelo prefeito Tarcísio Pedreira, durante entrevista coletiva.

Além disso, Tarcísio informou que as realizações do Cidade Jardim Festival e Songa Iluminada também estão comprometidas pelo mesmo motivo.

De acordo com a prefeitura, o orçamento da pasta da cultura foi reduzido em R$ 5 milhões pela Câmara de Vereadores, e que a redução dificulta a contratação de artistas e a montagem das estruturas.

São Gonçalo dos Campos na BA decorada para os festejos juninos em 2022 — Foto: Prefeitura de São Gonçalo dos Campos

O município disse ainda que não há como remanejar nenhuma verba dos cofres públicos, e que em setembro de 2022 enviou à câmara um projeto de lei que estimava a receita e fixava a despesa para este ano.

Em fevereiro deste ano foi feito um pedido de suplementação, mas não chegou a ser encaminhado para as comissões responsáveis.

Por meio de nota, a Câmara de Vereadores disse que as informações passadas pelo prefeito são falsas.

Segundo o legislativo, São Gonçalo dos Campos dispõe de R$4.604 milhões da dotação orçamentária para a realização dos festejos juninos.

fonte: g1 bahia



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia