WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



setembro 2020
D S T Q Q S S
« ago    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  





cobra produtora hadassa marcus solla acougues angelica fabricio


:: ‘Bahia’

Polícia Militar apreende som “paredão“ em Anagé

Polícia Militar apreende som “paredão“ em Anagé
Policiais Militares da 79ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) apreenderam um som automotivo do tipo “paredão”, na tarde deste domingo (30), na cidade de Anagé – BA.
Os policiais realizavam rondas quando foram acionados para averiguarem uma ocorrência de perturbação do sossego, no bairro São João Batista. A polícia informou que um som automotivo do tipo “paredão” estaria abusando do som em alto volume, incomodando a população. Os policiais foram até o local e apreenderam o aparelho, que deverá entregue na Delegacia de Polícia nesta segunda-feira (31)

Terremoto de 4,6 de magnitude é registrado na Bahia Cidades do Vale do Jiquiriçá e do Recôncavo Baiano sentiram tremor mais forte na manhã deste domingo (30), mas moradores de Salvador também têm relatos. Não há registro de feridos.

Cidade de Castro Alves, na Bahia, vazia após tremor de terra na manhã deste domingo (30) — Foto: Leandro Alves/Blog Bahia10

Cidade de Castro Alves, na Bahia, vazia após tremor de terra na manhã deste domingo (30) — Foto: Leandro Alves/Blog Bahia10

Um terremoto de magnitude 4,6 foi registrado na Bahia, na região das cidades de Mutuípe, que fica no Vale do Jiquiriçá, e Amargosa, no Recôncavo Baiano, na manhã deste domingo (30), segundo cálculos do Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Moradores de várias cidades do estado, como Castro Alves, São Miguel das Matas e Santo Antônio de Jesus, também no Recôncavo, relataram o impacto do terremoto. Em Salvador, os tremores também foram sentidos. Não há registro de feridos.

O G1 entrou em contato com Aderson Nascimento, coordenador do Laboratório de Sismologia da UFRN, que faz o monitoramento dos fenômenos. Ele explicou que esse terremoto teve alta magnitude e também pôde ser sentido em Salvador.

“A gente fez uma análise preliminar e esse evento maior foi registrado pela rede mundial, foi de magnitude 4,6, a 6 km a sul para sudoeste de Mutuípe e em Amargosa. Salvador fica a pouco menos de 100 km de Mutuípe e, com essa magnitude, ele certamente foi sentido em Salvador.”, detalhou Aderson.

Ainda não há detalhes do que causou os tremores. No site do Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP), constam dois registros de terremotos nas regiões de Amargosa e São Miguel das Matas, com magnitudes de 4,2 e 3,7 respectivamente.

O coordenador do Laboratório de Sismologia da UFRN disse ainda que o Serviço Geológico Americano também registrou o fenômeno, além de outras instituições brasileiras.

“Esse evento sísmico, esse terremoto, foi registrado em todas as estações da rede sismográfica do Brasil, que é uma rede que possui apoio do Serviço Geológico Brasileiro, operada por instituições de universidades de pesquisa aqui no Brasil, que são a USP, o Observatório Nacional, a UnB [Universidade de Brasília] e a UFRN. No caso da UFRN, ela tem a incumbência de operar redes que estão situadas no Nordeste do Brasil”

Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo também registrou terremoto na Bahia — Foto: Reprodução/Site USP

Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo também registrou terremoto na Bahia — Foto: Reprodução/Site USP

Os relatos dos moradores indicam que o primeiro tremor, o mais forte, começou pouco antes das 8h e durou cerca de 20 segundos. Depois, uma nova trepidação, desta vez mais branda, por volta das 8h20. Veja depoimentos abaixo:

Amargosa – Daniele Andrade

“Eu estava dormindo e de repente eu comecei a sentir o tremor. Eu acordei assustada e imediatamente peguei minha filha e fiquei embaixo da mesa. Durou uns 14 a 20 segundos, foi curto mais parecia uma eternidade. Eu nunca tinha passado por isso. Já ouvi relatos de tremores de terra aqui em Amargosa, mas é a primeira vez que eu sinto. Agora a gente está em alerta”.

Castro Alves – Leandro Alves

“Foi um abalo forte, nunca teve um impacto desse aqui na cidade. Eu estava me arrumando para ir para o trabalho, e aí eu fui surpreendido quando saí do banheiro. Minha mãe pensou que foi a laje aqui de casa caindo. Quando a gente foi se deparar, era a terra tremendo. Não tinha ninguém na rua. Foi um susto muito grande. Aqui também tremeu duas vezes”.

Mutuípe – Valdir Dika

“Estávamos dormindo, aí a gente acordou com um barulho ensurdecedor, a terra tremendo, vidraça chacoalhando. Foi como se tivesse um caminhão ligado em cima do telhado. Depois passou e voltou a tremer de novo. Foi uma coisa sinistra. Nossa reação foi só abraçar nossa filha. É uma sensação incrível, de que tudo ia desabar. Sensação de pânico mesmo, pessoas gritando na rua. Eu já tinha presenciado outros tremores aqui, mas igual a esse não”.

Santo Antônio de Jesus – Sâmila Freitas

“Eu tinha acabado de acordar, porque meu filho chorou e eu fui olhar ele. Quando peguei ele no colo, senti a terra tremer e um estrondo. Eu nunca tinha visto isso aqui. Foi forte, parecia alguma coisa batendo muito alto”.

Salvador – Adriana Vigas

“Eu sou [do bairro] de Narandiba. Também senti o tremor. De início, eu pensei que era algum carro passando na rua, alguma coisa assim mais forte. Depois que eu percebi que era o chão tremendo mesmo. Foi uma coisa que não dá para explicar, fiquei com medo da casa cair”.

Outros tremores na Bahia

Há cerca de 10 dias, moradores de Cachoeira, que também fica no recôncavo baiano, também relataram tremores de terra. O Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP) informou que o fenômeno ocorreu na cidade de São Félix, vizinha a Cachoeira, e teve magnitude de 1.6 mR.

No mês de julho, um terremoto de 3,5 de magnitude foi registrado na região do litoral sul da Bahia. O tremor aconteceu na altura da cidade de Ilhéus e também foi registrado por sismólogos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), que fazem o monitoramento.fonte g1

A hipocrisia do luto oficial da prefeitura de Vitória da Conquista pelas mortes por Covid-19

 No dia 31 de maio, Vitória da Conquista registrava 152 casos confirmados de covid-19 e cinco moradores do município haviam morrido pela doença. No dia seguinte, a prefeitura autorizou a reabertura do comércio considerado não essencial. No final do mês de junho, o número de casos cresceu 379,6% e saltou para 729. A quantidade de óbitos foi a 17, dos quais 12 no mês. Vieram julho e agosto e estamos às portas de setembro com o novo coronavírus a avançar e o governo municipal de Vitória da Conquista reafirma, com base na supremacia dos critérios do tal comitê Gestor de Crise (CGC), que não recua.

As autoridades municipais passaram um tempo em guerra de mídia com o governo do Estado, tendo como pano de fundo a quantidade de leitos hospitalares disponíveis para pacientes com o novo coronavírus, ao tempo em que parecia considerar normal o crescimento de casos e de mortes. Até mesmo as menções nos boletins lamentando as mortes parou de fazer quando foi confirmado o 24º óbito, no dia 15 de julho. Só voltou a fazê-lo no dia 8 de agosto, depois de ser insistentemente criticado nas redes sociais. Isso nos releases publicados pela Secretaria de Comunicação (Secom), porque o prefeito Herzem Gusmão, pessoalmente, até ontem não havia dedicado um linha ou áudio para lamentar as perdas em suas redes sociais, onde enaltece suas ações.

Morreram pela Covid-19 três moradores de Conquista em abril, dois em maio, 12 em junho, 43 em julho e neste mês já são 40. Vitória da Conquista chegou à marca de 100 mortes. O total de casos foi para 5.329.

O que é luto oficial? Na prática, quase nada. Apenas a bandeira a meio mastro e um documento publicado no Diário Oficial. O texto sobre a medida, publicado no site oficial, diz que a Prefeitura “não vai realizar inaugurações ou comemorações”.

Um escárnio. O luto Oficial termina no final da segunda-feira. Não havia inaugurações a fazer neste período e se fizesse comemorações o que poderíamos dizer deste governo?

Haverá um decreto de luto para cada morte que se seguirá?

Porque nossa esperança, oração e fé é para que essa pandemia, a tragédia do novo coronavírus acabe, mas a realidade nos indica que isso não vai agora, não logo. Lamentavelmente, mais mortes ocorrerão. Quantos decretos de luto oficial virão? Ou vão esperar outra “marca”, um número redondo, 110, 150, 200…?

O decreto não muda nada. Não representa uma ação do governo municipal contra a doença e as mortes que ela causa. Tudo seguirá na normalidade do protocolo CGC, da Prefeitura, de Herzem, que, finalmente, fez um vídeo lamentando as perdas de vidas conquistenses pela Covid-19.

Não dá para passar pano: mortes de pessoas não deveriam servir ao marketing político.

MATÉRIA: Jornalista Giorlando Lima- Blog do Giorlando Lima. 

Foto: Blog do Anderson. 

Uma pessoa morreu em um grave acidente de moto na estrada de Anagé

Um acidente entre Anagé e povoado da Jibóia , vitimou uma pessoa na BA -262.
Segundo as informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) o acidente foi registrado por volta das 21:50 com vítima fatal que estava conduzindo uma moto .
A PRF já se encontra no local aguardando a chegada da polícia técnica de Vitória da Conquista.

Três pessoas da mesma família morrem após caminhão carregado de eucalipto capotar na Bahia Acidente aconteceu nesta quinta-feira (27), em Mortugaba. PM informou que alguns familiares das vítimas presenciaram o acidente e entraram em estado de choque.

Três pessoas da mesma família morrem após caminhão carregado de eucalipto capotar na Bahia — Foto: Divulgação/Polícia Militar

Três pessoas da mesma família morrem após caminhão carregado de eucalipto capotar na Bahia — Foto: Divulgação/Polícia Militar

Três pessoas da mesma família morreram após o caminhão em que estavam, carregado de eucaliptos, capotar nesta quinta-feira (27), na BA-156, na altura da cidade de Mortugaba, sudoeste da Bahia. As informações são da Polícia Militar.

A PM informou ainda que alguns familiares das vítimas, que seguiam em outro caminhão e presenciaram o acidente, entraram em estado de choque e foram encaminhados para o atendimento médico. Não há informações sobre o estado de saúde delas.

Segundo a PM, o capotamento aconteceu por volta das 12h40, na saída da cidade, sentido ao município de Montezuma (MG). No capotamento, a cabine do caminhão foi esmagada e os corpos das vítimas ficaram presos às ferragens.

De acordo com a PM, estavam no carro os irmãos Sebastião Jesus Pinheiro, 50 anos, e Francisco Jesus Pinheiro, 55 anos, e um sobrinho identificado como Nemias Pinheiro Guimarães, 26 anos. As vítimas eram moradoras da cidade de Caculé.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros realizou o procedimento de retirada dos corpos, que foram levados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) da região. Ainda não há informações sobre as causas do acidente.

Veja mais notícias do estado no G1 Bahia.

A cabine do caminhão foi esmagada e os corpos das vítimas ficaram presos às ferragens — Foto: Divulgação/Polícia Militar

A cabine do caminhão foi esmagada e os corpos das vítimas ficaram presos às ferragens — Foto: Divulgação/Polícia Militar

Homem de 39 anos morre após motocicleta se chocar contra caminhão na BA-262

Um homem de 39 anos, identificado como Valdir de Jesus Costa, morreu na noite da última quarta-feira (26), no KM 430 da BA-262, em Brumado, após a motocicleta que pilotava colidir contra um caminhão. Segundo apurou o site Achei Sudoeste, o acidente aconteceu por volta das 20h. Devido ao impacto da colisão, Valdir morreu na hora. O óbito foi constatado por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) esteve no local e registrou a ocorrência. Por conta do acidente, o trecho ficou parcialmente interditado. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) realizou a perícia no local do acidente. O corpo de Costa foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) em Brumado para ser necropsiado. A Polícia Civil já inquérito e apura a causa do acidente.

Tragédia na BR-116, em Poções: Polícia confirma três mortos em grave acidente

Na noite deste domingo (23), um grave acidente envolvendo um carro de passeio e uma carreta foi registrado no km 745 da BR-116, trecho de Poções.

No local, três pessoas morreram. As vítimas foram identificadas até o momento apenas como Lucas, Mateus e Amaral.

Uma quarta pessoa que estava no carro pequeno e o motorista da carreta foram socorridos por equipes de resgate da ViaBahia.

Circula nas redes sociais que um dos feridos morreu a caminho do hospital, mas a polícia não confirmou a informação.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou a ocorrência.

Vítima de acidente na BR-122 em Guanambi morre no HGG

Vítima de acidente na BR-122 em Guanambi morre no HGG
Morreu na madrugada desta sexta-feira (21/08) na emergência do Hospital Geral de Guanambi (HGG), o jovem Gutierre Silva Alexandrino, idade não informada, que sofreu um grave acidente na tarde de ontem, após colisão entre uma moto e um carro, na BR-122, em Guanambi – BA. O fato ocorreu por volta das 17h10, nas imediações da Pedreira Amorim. Na ocasião, Gutierri conduzia uma motocicleta Yamaha YBR, cor bege, placa DJI 4199, São Bernado do Campo/SP e levava de carona, o jovem Cauan Lopes Batista, de 17 anos. Eles seguiam a rodovia sentido Pindaí, quando o veículo colidiu frontalmente com um carro Fiat Strada cor branca, de placa OKT 1203, Carinhanha, conduzido por Lucival Ribeiro Guimarães, o qual seguia no sentido contrário. O motorista não sofreu ferimentos. Os ocupantes da motocicleta foram socorridos em estado grave ao HGG. Gutierri teria tido amputação traumática em um dos membros, além de várias fraturas expostas e não resistiu. Até a publicação desta matéria, o HGG não informou o atual estado de saúde de Cauan. A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar as circunstâncias do acidente.

Vídeo do acidente dessa noite 20 de agosto onde teve uma vítima fatal primeira informações a vítima é da cidade de poções Bahia

Foi identificado o eletricista que morreu em acidente na BR-116, em Vitória da Conquista, na noite desta quinta-feira (20), próximo ao acesso para São Sebastião.
a vítima se chamava José James Campos, de 35 anos.

A colisão envolveu dois carros de passeio.

Urgente em Conquista: Acidente com morte na BR-116

Um grave acidente foi registrado na noite de hoje (quinta-feira) na BR-116, trecho de Vitória da Conquista, próximo ao acesso para São Sebastião.

Segundo informações preliminares, a colisão envolveu dois veículos.

Uma pessoa morreu no local. A Polícia Rodoviária Federal e Via Bahia se deslocaram até o local e acionaram o Departamento de Polícia Técnica.

Aguardem mais informações.






WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia