WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura de pocoes



maio 2021
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


cobra produtora marcus solla acougues angelica fabricio

:: ‘Geral’

Homens suspeitos de envolvimento em crimes contra banco morrem em confronto com policiais na BR-101

Três homens suspeitos de envolvimento em crimes contra banco morrem em confronto com policiais na BR-101 — Foto: Divulgação / SSP-BA

Três homens suspeitos de envolvimento em crimes contra banco morrem em confronto com policiais na BR-101 — Foto: Divulgação / SSP-BA

Três homens suspeitos de participarem da ação criminosa contra uma agência bancária no município de Jiquiriçá, a cerca de 250 km de Salvador, morreram após um confronto com policiais militares, na manhã desta quarta-feira (5), na BR-101, em trecho da cidade de Laje.

Conforme a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP), o grupo foi encontrado após trocas de informações entre equipes das polícias Militar, Civil, Federal e Rodoviária Federal.

“Com os levantamentos descobrimos que veículos utilizados nos últimos ataques a bancos na região circulavam no trecho entre Santo Antônio de Jesus e Wenceslau Guimarães”, contou o comandante da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Cacaueira, major Rodrigo Fábio.

Durante a ação, um carro com restrição de roubo foi encontrado — Foto: Divulgação / SSP-BA

Durante a ação, um carro com restrição de roubo foi encontrado — Foto: Divulgação / SSP-BA

De acordo com a SSP, policiais das Cipes Cacaueira e Central realizaram um bloqueio na BR-101 com o objetivo de identificar e abordar os veículos apontados nas investigações.

Durante a ação, um carro com restrição de roubo foi recuperado. Seis pessoas que estavam no veículo conseguiram fugir por uma área de mata.

O órgão de segurança informou que os policiais iniciaram as buscas na localidade quando houve um confronto e três suspeitos baleados e não resistiram aos ferimentos.

Durante a ação, foram apreendidos duas pistolas calibre 40 e 9mm, além do carro.

Paulo Gustavo morre de Covid no Rio, aos 42 anos Criador da personagem Dona Hermínia, de ‘Minha mãe é uma peça’, o ator e humorista estava internado desde 13 de março.

Paulo Gustavo, em foto de novembro de 2016  — Foto: Daniela Ramiro/Estadão Conteúdo/Arquivo

Paulo Gustavo, em foto de novembro de 2016 — Foto: Daniela Ramiro/Estadão Conteúdo/Arquivo

O ator e humorista Paulo Gustavo morreu no Rio nesta terça-feira (4), aos 42 anos, de complicações da Covid-19.

O criador de Dona Hermínia — e de outros personagens inesquecíveis — estava internado desde 13 de março no Hospital Copa Star, em Copacabana, na Zona Sul.

A piora no quadro de saúde do ator aconteceu na noite de domingo (2). Paulo Gustavo vinha apresentando melhoras significativas, chegou a ter redução de sedativos e bloqueadores e interagir com médicos e também com o marido, Thales Bretas. À noite, no entanto, sofreu uma embolia pulmonar.

Nesta terça, novo boletim disse que o ator estava com quadro irreversível, mas mantinha os sinais vitais. Às 21h12, no entanto, foi constatada a morte de Paulo Gustavo

Biografia

Paulo Gustavo Amaral Monteiro de Barros nasceu em Niterói em 30 de outubro de 1978 e estudou teatro na Casa das Artes de Laranjeiras, no Rio, na mesma turma de Fábio Porchat.

A primeira peça da qual participou foi “O surto”, em que dividia a direção com Fernando Caruso, em 2004. Foi no espetáculo que apresentou pela primeira vez a personagem Dona Hermínia, que marcaria sua carreira para sempre.

A mãe superprotetora e hilária ganhou peça própria em 2006 e chegou ao cinema sete anos depois.

Paulo Gustavo caracterizado de Dona Hermínia — Foto: Globo/Victor Pollak

Paulo Gustavo caracterizado de Dona Hermínia — Foto: Globo/Victor Pollak

Recorde de bilheteria

Somados, os três filmes de “Minha mãe é uma peça” venderam mais de 26 milhões de ingressos entre 2013 e 2020. O terceiro filme teve a maior arrecadação da história do cinema brasileiro, com R$ 182 milhões de bilheteria.

Além do sucesso de Dona Hermínia, o ator se destacou pelos filmes “Minha Vida em Marte” (2018) e “Os Homens São de Marte… e é para lá que eu vou” (2014), nos quais contracenou com a atriz e amiga Mônica Martelli. Ele interpretou o personagem Aníbal em ambas as comédias.

Carreira na TV

Na televisão, Paulo apresentou em 2011 o programa “220 Volts”, do Multishow. Dois anos depois, no mesmo canal, ele passou integrar o elenco da sitcom “Vai que cola”, vivendo o malandro Valdomiro Lacerda. O personagem foi um sucesso também na adaptação para o cinema, em 2015.

Ainda no Multishow, o ator protagonizou, ao lado de Katiuscia Canoro, a série “A vila”. Na produção, ele interpretou o ex-palhaço Rique.

Ele também foi o apresentador de várias edições do Prêmio Multishow.

Paulo Gustavo com o marido, Thales Bretas, em foto de arquivo — Foto: Reprodução/Instagram/@thalesbretas

Paulo Gustavo com o marido, Thales Bretas, em foto de arquivo — Foto: Reprodução/Instagram/@thalesbretas

Família

Paulo Gustavo se casou com o médico Thales Bretas em 2015. Após um processo de barriga de aluguel feito nos Estados Unidos, eles se tornaram pais de Romeu e Gael, de 1 ano de idade.

Apesar de a personagem mais famosa de Paulo Gustavo, Dona Hermínia, não ser biográfica, ela foi muito inspirada em Déa Lúcia Amaral, mãe do ator.

Em entrevista ao programa “Mais Você”, Paulo chegou a falar, com seu jeito bem-humorado, que a mãe só queria saber dos netos.

“Mamãe começou o VT falando que enlouqueceu sendo avó, como se ela já não fosse louca né? Ela fica do lado de Thales, prefere ser avó do que ser mãe”, brincou o ator.

Como forma de retribuir toda a contribuição da mãe para sua carreira, Paulo Gustavo Gustavo criou a peça “Filho da mãe”, na qual dividia o palco com Dona Déa para cantar e contar histórias.

BOLETIM COVID19 04/02/2021 POÇÕES/BA

Poções registrou, até este sábado (04/05), o total de 2528 casos confirmados da Covid-19. Destes, 2429 estão recuperados e 48 continuam em recuperação.
No momento, são investigados outros 118 casos notificados como suspeitos.
Desde o início da pandemia, 51 pessoas foram a óbito por complicações causadas pela doença.
A Prefeitura de Poções, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, reitera à população que continue com os cuidados de prevenção, fazendo o uso da máscara, a higiene das mãos e evitando aglomeração.

Paulo Gustavo tem quadro irreversível, mas mantém sinais vitais, diz boletim médico

Paulo Gustavo  — Foto: Globo/João Cottaator e humorista Paulo Gustavo tem quadro irreversível, mas mantém os sinais vitais, segundo informou nesta terça-feira (4) a assessoria de imprensa do artista, com base no boletim médico.

“Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo, em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem deteriorando de forma importante. Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes.”

Internado desde 13 de março no Hospital Copa Star, em Copacabana, com quadro de Covid-19, Paulo Gustavo permanece no Serviço de Terapia Intensiva.

A piora no quadro de saúde do ator aconteceu na noite de domingo (2). Paulo Gustavo vinha apresentando melhoras significativas, chegou a ter redução de sedativos e bloqueadores e interagir com médicos e também com o marido, Thales Bretas. À noite, no entanto, sofreu uma embolia pulmonar.

Hospital onde está internado Paulo Gustavo em Copacabana teve movimentação intensa nesta terça — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Hospital onde está internado Paulo Gustavo em Copacabana teve movimentação intensa nesta terça — Foto: Marcos Serra Lima/G1

O que é embolia?

Fístula broncovenosa é um tipo de abertura que ocorre entre os pulmões e as veias e, que no caso do ator, acarretou a entrada de ar na corrente sanguínea, a chamada embolia gasosa.

Já a embolia é um tipo de obstrução pelo acúmulo de material (sangue, ar, liquido amniótico) trazido pela corrente sanguínea (êmbolo). No caso da embolia pulmonar, ela se dá pela obstrução de uma artéria do pulmão.

“A família do ator continua agradecendo todo o carinho e pedindo orações dirigidas ao Paulo Gustavo, assim como às demais pessoas acometidas por essa doença terrível”, acrescenta a nota.

Movimentação no hospital

A notícia da piora levou parentes e amigos de Paulo Gustavo ao hospital nesta terça-feira.

No início da tarde, a mãe Dea Lúcia, e o pai, Júlio Marcos, foram vistos no hall de entrada do hospital. Eles permaneceram até as 19h50, horário em que foi divulgado novo boletim médico que falava sobre irreversibilidade do estado de saúde de Paulo.

Por volta das 19h30, o empresário e amigo do ator, Anderson Baumgartner, também chegou ao Copa Star, mas não falou com a imprensa.

Movimentação em frente ao Hospital Copa Star, onde está internado Paulo Gustavo, nesta terça-feira (4) — Foto: Marcos Serra Lima/G1

Movimentação em frente ao Hospital Copa Star, onde está internado Paulo Gustavo, nesta terça-feira (4) — Foto: Marcos Serra Lima/G1

A comoção também atraiu fãs e curiosos para a porta do hospital. Eles queriam saber sobre a evolução do quadro de saúde, falavam de orações e torcida para que o ator se recupere.

Também houve que passasse de carro gritando “força, Paulo Gustavo “.

Nas redes sociais, amigos como as atrizes Claudia Raia e Tatá Werneck escreveram sobre a angústia de ver o humorista com o quadro agravado, mas demonstraram esperança pela recuperação.

“Meu amor, @paulogustavo31 desejo profundamente que você se recupere, tenho certeza que em breve você estará nos fazendo sorrir. Confesso que não vejo a hora receber essa notícia tão aguardada, te dar um abraço bem apertado e dizer o quanto eu te amo! Sigo orando e acreditando na sua recuperação, Deus está acima de qualquer coisa. O Brasil precisa da sua arte, da sua luz e alegria! Sigo em oração, te amo”, escreveu Claudia Raia.

Quase 2 meses internado

Em 52 dias de internação – até esta terça –, Paulo Gustavo enfrentou diversas complicações provocadas pela Covid-19.

Em 19 de março, ele apresentou melhora no quadro geral, o que poderia indicar uma recuperação. Três dias depois, no entanto, a situação regrediu e o ator, roteirista e comediante precisou ser intubado.

Na ocasião, a nota médica informou que ele “necessitou entrar em ventilação mecânica invasiva, para ser tratado de forma mais segura”.

Em 2 de abril, o quadro de Paulo Gustavo piorou e ele passou a utilizar uma terapia que se assemelha ao uso de um pulmão artificial (Ecmo).

Naquele dia, texto divulgado pela assessoria do artista informou que o ator chegou a apresentar sinais de melhora, “mas devido ao agravamento do quadro clínico, teve que evoluir à terapia por ECMO – Oxigenação por Membrana Extracorpórea”.

Paulo Gustavo e marido, Thales Bretas — Foto: Reprodução/Redes sociais

Paulo Gustavo e marido, Thales Bretas — Foto: Reprodução/Redes sociais

Jaguaquara: Batida faz quatro veículos pegarem fogo na BR-116

Jaguaquara: Batida faz quatro veículos pegarem fogo na BR-116

Foto: Redes Sociais

Três carretas e um carro pegaram fogo após colidirem na BR-116 no trecho da Serra do Mutum, em Jaguaquara, sudoeste baiano. O acidente ocorreu na noite deste sábado.

 

Segundo informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF), ainda não há detalhes o que provocou a batida. Ainda conforme a PRF, uma das carretas estava carregada com ácido sulfúrico. Ninguém ficou ferido na colisão. De acordo com o G1, por causa do acidente, a via ficou interditada nos dois sentidos. Não há confirmação de derramamento do ácido no trecho.

 

De acordo com a Via Bahia, que administra o trecho, o trânsito no local encontra-se parcialmente interditado, na manhã deste domingo (2). A empresa responsável pela carga de ácido foi acionada para envio de veículo ao local, para realizar o transporte do produto perigoso, e assim, liberar a via.

 

Ainda segundo a PRF, o Corpo de Bombeiros, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama) e o Instituto Do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) foram chamados para a ocorrência.

Helicóptero que transportava deputados estaduais faz pouso de emergência em Itacaré

Helicóptero que transportava deputados estaduais faz pouso de emergência em Itacaré

Foto: Reprodução/ É Itacaré/ YouTube

Um helicóptero que levava os deputados estaduais Diego Coronel (PSD) e Vitor Bonfim (PL) precisou fazer um pouso forçado em Itacaré por causa do mau tempo, neste sábado (1º).

 

A aeronave saiu de Vitória da Conquista, no sudeste baiano, onde os parlamentares cumpriram agenda, e vinha em direção a Salvador. No entanto, o tempo ruim dimunuiu a visibilidade do piloto, que precisou fazer pouso forçado em um campo de futebol de Taboquinhas, distrito de Itacaré.

 

Após cerca de uma hora, o helicóptero levantou voo para continuar a viagem. Ninguém se feriu. “Só esperamos o tempo abrir e seguimos viagem. Ficou tudo bem. Tudo 100%”, disse Diego ao Bahia Notícias. 

Anvisa ‘refuta acusação’ feita pelos desenvolvedores da Sputnik de que agência divulgou informações falsas sobre adenovírus replicante

Por Bruna de Alencar, G1


Entenda o que é adenovírus replicante na Sputnik V

Entenda o que é adenovírus replicante na Sputnik

O diretor da Anvisa, Antônio Barra Torres, realizou nesta quinta-feira (29) um pronunciamento para refutar a acusação feita pelos desenvolvedores da vacina Sputnik V de que a agência fez “afirmações falsas” sobre a presença de adenovírus replicantes na vacina. Os desenvolvedores do imunizante dizem que irão processar a agência.

Torres explicou que a Anvisa apontou o problema com base em documento enviados pelos próprios desenvolvedores. Durante a apresentação, a Anvisa mostrou um trecho de vídeo de uma reunião com representantes do laboratório que mostra que o tema foi tratado em encontro de forma aberta com os pesquisadores russos.

Além disso, a Anvisa disse estar disponível para receber os dados que os desenvolvedores ainda não enviaram sobre a vacina. O principal deles é o relatório técnico que detalha os dados que levaram a Rússia a aprovar a utilização emergencial da vacina.

A vacina foi desenvolvida pelo Instituto Gamaleya e se tornou a primeira a ser autorizada para uso emergencial no mundo, em agosto de 2020, antes mesmo do fim dos testes clínicos.

Importação negada

Na segunda-feira (26), a Anvisa negou o pedido de autorização feito por 14 estados brasileiros para importação emergencial de quase 30 milhões de doses da Sputnik. A decisão contra a importação foi tomada em uma reunião extraordinária que ocorreu para atender uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) em uma ação protocolada pelo governo do Maranhão.

A Sputnik V é uma das vacinas negociadas pelo Ministério da Saúde e já está incluída no cronograma, que tinha previsão de entrega inicial para o mês de abril.

O governo federal comprou 10 milhões de doses. Dessas, 400 mil eram esperadas até o final de abril, 2 milhões no fim de maio e 7,6 milhões em junho. Até o momento, nenhum dose foi importada ao país.

Ameaça de processo e apelos no Twitter

Nesta quinta-feira, em nota, o Fundo Russo disse que as afirmações da Anvisa sobre ter “encontrado” adenovírus replicante na Sputnik V são falsas e que vai processar a agência.

“A Human Vaccine, uma subsidiária de 100% do Fundo Russo de Investimentos Diretos (RDIF, na sigla em inglês), acredita que as declarações intencionalmente falsas da Anvisa fazem parte de uma campanha de desinformação contra a vacina Sputnik V e irá instaurar um processo judicial por difamação no Brasil contra a Anvisa por espalharem intencionalmente informações falsas e imprecisas”, informou o Fundo Russo.

A ameaça de processo e outras acusações foram feitas pelos desenvolvedores no perfil da vacina no Twitter.

Sputnik V diz que vai processar a Anvisa — Foto: Reprodução/Twitter

Sputnik V diz que vai processar a Anvisa — Foto: Reprodução/Twitter

Horas antes da divulgação da decisão da Anvisa, o perfil da vacina no Twitter divulgou um apelo para a Anvisa. No dia seguinte à decisão da Anvisa, o perfil da Sputnik no Twitter publicou um documento que, segundo eles, confirma a eficácia da vacina.

No decorrer do dia, o perfil acusou a Anvisa de não ter aprovado a vacina por “razões políticas” e de propagar fake news.

No dia 27 de abril, Sputnik acusou a Anvisa de inventar fake news contra a vacina. — Foto: Twitter/Reprodução

No dia 27 de abril, Sputnik acusou a Anvisa de inventar fake news contra a vacina. — Foto: Twitter/Reprodução

Justificativas para negar a importação

Na segunda-feira (26), após 5 horas de debates, todos os diretores da Anvisa votaram contra o pedido de importação da Sputnik V. Análise aponta falta de dados e risco de doenças por falha em fabricação.

Como justificativa da negativa de importação, a Anvisa apontou que NÃO recebeu relatório técnico capaz de comprovar que a vacina atende a padrões de qualidade e NÃO conseguiu localizar o relatório com autoridades de países onde a vacina é aplicada.

A Gerência de Medicamentos também apontou diversas falhas de segurança associadas ao desenvolvimento do imunizante. Na mais grave, explicou que o adenovírus usado para carregar o material genético do coronavírus não deveria se replicar, mas ele é capaz de se reproduzir e pode causar doenças.

A Gerência de Inspeção e Fiscalização relatou que técnicos da Anvisa não puderam visitar todos os locais de fabricação da vacina durante inspeção na Rússia. Os técnicos conseguiram visitar apenas três locais dos sete previstos. Além disso, a Anvisa afirmou que não conseguiu identificar os fabricantes da matéria prima da vacina.

Diante da negativa da Anvisa à importação, o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central (BrC), composto pelo Distrito Federal e seis estados que desejavam importar a vacina, afirmou que “vai aguardar um posicionamento do Supremo Tribunal Federal (STF)” para reavaliar a compra das doses.

Brasil quadruplica ritmo de mortes e atinge 400 mil vidas perdidas para a Covid


Intervalos de dias entre 100 mil mortes por Covid-19 no Brasil, segundo o consórcio de veículos de imprensa —

O Brasil atingiu nesta quinta-feira (29) uma nova marca da tragédia sanitária dos últimos 13 meses: ultrapassou as 400 mil vidas perdidas para a Covid-19. O assustador número, que reflete o fracasso brasileiro no combate à pandemia, traz um dado ainda mais triste e revelador: o ritmo das mortes pela doença no país quadruplicou. Ele nunca havia sido tão intenso.

Entre março e abril, foram 100 mil mortes registradas em apenas 36 dias. Ou seja, UMA EM CADA QUATRO PESSOAS que morreram pela doença no Brasil perdeu a vida nos últimos TRINTA E SEIS DIAS.

 

No início da tarde desta quinta, o total de mortos chegou 400.021, e o de casos confirmados, 14.541.806, segundo dados levantados pelo consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia no Brasil. O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

A marca dos primeiros 100 mil óbitos no Brasil foi atingida quase 5 meses – 149 dias – após a primeira pessoa morrer pela doença no país. Dos 100 mil para os 200 mil, passaram-se outros 5 meses – 152 dias. Mas para chegar aos 300 mil, foram necessários somente 76 dias, número que agora caiu quase pela metade.

As 400 mil vidas perdidas estão sendo registradas justamente no mês que mais matou pessoas: foram mais de 76 mil em 29 dias de abril. Março, o mês anterior mais letal da pandemia, teve 66.868 mortes em 31 dias

Brasil chega a 400 mil mortos pela Covid-19

Alta taxa de mortes e jovens internados

Diferentemente do mês passado, quando a média de mortes estava com tendência de alta, neste final de abril, a média de mortes está em queda, após vários estados terem adotado medidas mais duras de restrição em meio à segunda onda da Covid.

No entanto, o número diário de mortes permanece num patamar muito alto: são mais de 2 mil vítimas diárias da Covid há mais de 40 dias – maior média do mundo entre 9 de março e 25 de abril.

Dados do Ministério da Saúde apurados pelo G1 e pela TV Globo mostram que, ao longo da pandemia, aumentaram, principalmente, as mortes entre jovens, mas os mais velhos continuam sendo vítimas em maior número.

Infográfico mostra a evolução das mortes por Covid por faixa etária no Brasil  — Foto: Editoria de Arte/G1

Infográfico mostra a evolução das mortes por Covid por faixa etária no Brasil — Foto: Editoria de Arte/G1

Alerta nos sistemas de saúde, aglomerações e CPI

Os sistemas de saúde nos estados, que em grande parte viviam o auge do colapso ao longo de março, passam por uma leve folga no momento. As taxas de ocupação de leitos tiveram redução nas últimas semanas. No entanto, com a lentidão do ritmo de vacinação no país (leia detalhes mais abaixo) e a volta de medidas de flexibilização, o alerta continua.

Diariamente no país são registradas aglomerações no transporte público das grandes cidades. Continuam ocorrendo festas clandestinas e encontros em estabelecimentos proibidos, como bingos, sem qualquer medida sanitária de prevenção à Covid.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que já chamou a Covid-19 de “gripezinha”, participou de aglomerações, questionou as orientações dadas pela Organização Mundial de Saúde e trocou o comando do Ministério da Saúde três vezes desde o início da pandemia, segue indo contra as medidas indicadas por especialistas e aparecendo em público sem máscara, em contato com outras pessoas.

No Congresso, senadores instalaram nesta semana a CPI da Covid, proposta para apontar os responsáveis pela devastadora crise de saúde que a pandemia causou no Brasil. Entre outros pontos, os parlamentares vão investigar por que a vacina está demorando tanto a chegar para os brasileiros e o que permitiu que o estado do Amazonas ficasse sem oxigênio para tratar os doentes.

Urgente: CONQUISTA HOMEM É ASSASSINADO ENQUANTO FAZIA CAMINHADA

Um homem foi assassinado na tarde desta quarta-feira, 28, no bairro Lagoa das Flores, em Vitória da Conquista. A vítima, identificada como Jean Paulo Fernandes Silva, estava fazendo caminhada quando foi alvejado a tiros.

De acordo com o Blog do Sena, ele era oriundo do estado de Minas Gerais e possuía uma extensa ficha criminal, incluindo estelionato.

As motivações do crime ainda não foram esclarecidas. A 92ª Companhia Independente de Polícia Militar foi acionada e está no local registrando a ocorrência.

NOTA OFICIAL-DA POLICIA DO CONFRONTO DESSA MADRUGADA NA CIDADE DE POÇÕES ONDE UM INDIVIDUO VEIO A ÓBIDO

Um homem morreu em confronto com a Rondesp, por volta da meia noite desta quarta-feira (28), em Poções.

Segundo a Rondesp, os policiais foram até a cidade para averiguar denúncia de que homens estariam cometendo assaltos com frequência na região, além de estarem circulando armados.

Ao chegarem à cidade, com o apoio da viatura da 79° CIPM, os policiais realizaram rondas pelo bairro Nova Sião, onde os assaltantes estariam agindo, e os PMs se depararam com três homens próximo a uma casa.

A polícia informou que foi recebida a tiros e houve confronto. Ainda segundo a polícia, dois homens fugiram e um suspeito foi encontrado caído. Ele foi encaminhado para o Hospital Municipal de Poções, mas não resistiu.

*Material Apreendido:*

– 01 Pistola Taurus 838, Cal. 380 de numeração suprimida.
– 01 carregador com 07 munições.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia