WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

FJS

prefeitura de pocoes


abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


cobra produtora marcus solla acougues angelica

:: ‘Geral’

Motorista de aplicativo que estava desaparecido é encontrado morto

Um homem de 28 anos foi encontrado morto na região do bairro de Cajazeiras, em Salvador, no sábado (17). Conforme informações de familiares neste domingo (18), a vítima é Victor Sacramento Bernardes, ele era motorista por aplicativo e estava desaparecido desde 7 de fevereiro.

A Polícia Militar informou ao g1 que uma equipe da corporação foi acionada para averiguar a denúncia de um corpo localizado em um matagal no bairro Boca da Mata. A denúncia foi constatada e um homem, suspeito do crime, foi encontrado com pertences de Victor e detido.

Ainda segundo familiares, o corpo de Victor foi abandonado em um local de difícil acesso e será necessária a ajuda do Corpo de Bombeiros. Ele desapareceu depois de fazer uma entrega na região de Cajazeiras. Depois dessa entrega, ele não foi mais visto, nem manteve contato com a família.

Victor Sacramento atuava como motorista por aplicativo há 4 anos, era casado e deixa um filho de 7 anos, fruto de outro relacionamento, segundo informações da família.

Facções criminosas se infiltram em prefeituras baianas; saiba detalhes

Ilustrativa/José Cruz/Agência BrasilIntenção das facções criminosas é movimentar o dinheiro do tráfico de drogas  |   Bnews - Divulgação Ilustrativa/José Cruz/Agência Brasil

Prefeituras de cidades brasileiras, como é o caso de alguns municípios do estado da Bahia, estão no radar de facções criminosas. Isso porque, segundo informações divulgadas pelo jornal Estado de São Paulo, grupos como Primeiro Comando da Capital (PCC) e Comando Vermelho (CV) se infiltraram nas gestões para capturar contratos milionários. A princípio, a ação dos criminosos figurou em investigações também em locais como São Paulo e Ceará.

A intenção é conquistar oportunidades de novos lucros, além de ‘lavar’ dinheiro do tráfico de drogas em atividades lícitas, segundo informações do Estadão. Uma das gestões inclusive teve o pagamento milionário de uma prefeitura, por meio de contratos aditivos, para empresas de transporte ligadas ao crime, divulgada.

Junto a isso, um vereador teve a empresa indicada como elo para pagamento mensal a integrantes de organização criminosa. Todavia, o envolvimento do crime possui consequências. Uma delas é que um ex-político terá de arcar com o pagamento de multa por condenação pelo envolvimento com pessoas ligadas ao PCC.

Na Bahia, indivíduos do crime, que atuam no CV, criaram organizações para eleger vereadores e influenciar a política em cidades por meio de contratos milionários com o poder público, como o que já faziam no Rio de Janeiro e na Baixada Fluminense.

Deputado Zé Raimundo e Robson Bezerra entregam equipamentos agrícolas e anunciam mais ações em Iuiu

Em ato festivo, realizado na manhã deste último sábado (17), na proximidade do mercado municipal de Iuiu, o deputado estadual Zé Raimundo (PT) e o presidente do PT, Robson Bezerra fizeram a entrega à Associação de pequenos agricultores da comunidade de Coqueiros de um trator, uma carreta e um tanque pipa agrícola.

Eles anunciaram o encaminhamento, por parte do governo, de outros pleitos que apresentaram juntos em vários órgãos do Estado, especialmente os direcionados para a ampliação de oferta de água na zona rural, como a implantação de sistemas simplificados, perfuração de poços artesianos, construção de cisternas para captação de água da chuva, limpeza de aguadas e aquisição de caixas reservatórias para beneficiar várias localidades da zona rural.

Os equipamentos entregues por meio da SDR/CAR foram adquiridos com recursos de emenda parlamentar de Zé Raimundo e do deputado federal Waldenor Pereira (PT), por solicitação
de líderes comunitários locais e encaminhadas por Robson Bezerra, liderança da sociedade civil e dirigente partidário. A aquisição dos equipamentos faz parte de um conjunto mais amplo de ações do governador Jerônimo Rodrigues para fortalecer a agricultura familiar e enfrentar os efeitos da estiagem.

O ato contou com a participação de centenas de pessoas, em sua maioria da zona rural, e de muitas lideranças comunitárias e políticas do município, entre as quais se destacam a professora Alice Pires , ex-candidata a prefeita; o ex-prefeito Manoel Guedes; o vereador Gildécio Rego; os ex-vereadores Zé Burica e Rahy; Wriel; Landinho Vilas Boas e Tião, além de vários militantes e empreendedores, a exemplo de Zezé , Geovane Guedes, Idevaldo, Dr. Rodrigo, Amós e presidentes de associações.

De forma entusiasmada, os presentes expressaram o reconhecimento pelo trabalho que os deputados Zé Raimundo e Waldenor e Robson Bezerra vem desenvolvendo nos últimos anos em prol da população de Iuiu

Governador Jerônimo intensifica combate à dengue e reúne Ministro, Senador e prefeitos para reforçar açõe

Na manhã deste sábado (17), o governador Jerônimo Rodrigues se reuniu com 43 prefeitos e outros representantes de municípios baianos afetados pela epidemia de dengue. A reunião contou com a presença do senador Jacques Wagner e do ministro da Casa Civil, Rui Costa. A ministra da Saúde, Nísia Trindade, participou por videoconferência. O objetivo foi alinhar esforços para combater a doença, que tem apresentado aumento nos índices em diversas regiões da Bahia.

Os dados divulgados pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) apontam para uma notificação de 6,3 mil casos prováveis de dengue no estado, entre 31 de dezembro do ano passado e o último dia 14 de fevereiro. Nesse contexto, o governo e as autoridades de saúde estão redobrando os esforços no que diz respeito à prevenção e ao controle da doença. Durante a reunião, foi discutida a necessidade de ampliar o atendimento aos municípios em situação crítica, além de promover orientações à população sobre a importância da prevenção e os sintomas da dengue.

O governador Jerônimo Rodrigues enfatizou a importância da união de esforços para enfrentar esse desafio de saúde pública. “Vamos mobilizar todos os setores da sociedade, desde as autoridades locais até os cidadãos, para garantir o sucesso das ações de combate à dengue. Com isso, espera-se que as medidas discutidas na reunião possam contribuir significativamente para a redução dos casos e a contenção da doença no estado da Bahia”.

A ministra da Saúde, Nísia Trindade, ressaltou a importância do diálogo entre municípios, estados e Governo Federal durante a epidemia. “As recomendações da coordenação nacional podem ser ajustadas em colaboração com os estados. Por isso, quero elogiar a iniciativa do governador e propor uma reunião específica com o consórcio Nordeste para antecipar ações. Quero ressaltar ainda a necessidade de precaução e cuidado para enfrentar os desafios da época das chuvas, especialmente em relação aos pacientes”.

O prefeito de Jacaraci, Antônio Carlos Abreu, expressou sua preocupação com o aumento no número de casos. “A dengue tem sido um desafio constante para nossa comunidade. Estamos totalmente comprometidos em intensificar nossos esforços locais para combater essa doença. É fundamental que todos os moradores estejam plenamente informados sobre os sintomas e adotem medidas preventivas para evitar a propagação do vírus em nossa cidade. Por isso, é tão importante esse diálogo com o governo do Estado para formular estratégias”.

Estratégias

Para combater a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, a Sesab delineou diversas estratégias emergenciais. Entre elas, destacam-se as visitas regulares às unidades de saúde e hospitais públicos, visando capacitar as equipes estaduais e municipais através do programa Telessaúde. Além disso, a utilização de drones para mapeamento e identificação de possíveis focos de reprodução do mosquito é uma inovação tecnológica que fortalecerá as ações de vigilância epidemiológica. Outra medida crucial é a realização de mutirões de limpeza em áreas consideradas críticas, visando eliminar recipientes que possam acumular água parada, ambiente propício para a reprodução do vetor.

A secretária da Sesab, Roberta Santana, ressalta a importância desse encontro como um passo crucial na batalha contra a doença na Bahia. “Nosso foco principal é unificar estratégias, fortalecendo a cooperação entre os municípios e o governo estadual. Ao alinharmos nossos esforços, conseguiremos intensificar a proteção da saúde pública e combater de forma mais eficaz a propagação dessa enfermidade devastadora”.

Entre os 43 municípios baianos em situação crítica diante da epidemia de dengue, destacam-se Anagé, Belo Campo, Vitória da Conquista, Bonito, Botuporã, Brejões, Condeúba, Encruzilhada, Feira da Mata, Ibiassucê, Ibicoara, Ibitiara, Igaporā, Ipiaú, Iramaia, Irecê, Jacaraci, Matina, Morro do Chapéu, Mortugaba, Novo Horizonte, Piripá, Rodelas, Barra do Mendes, Piritiba, Serrolândia, Lajedão, Chorrochó, Jaborandi, Caturama, Macaúbas, Tanque Novo, Cordeiros, Manoel Vitorino, Cafarnaum, Mairi, Nova Viçosa, Adustina, Carinhanha, Salvador, Feira de Santana, Serrinha, Camaçari.

Sintomas

A dengue, doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, é uma preocupação global de saúde pública. Caracterizada por febre alta, dores musculares e articulares, dor de cabeça, náuseas e vômitos, pode evoluir para formas mais graves, como a hemorrágica e a síndrome de choque da dengue, que podem levar à morte. Outros sintomas que merecem atenção incluem dor abdominal intensa e contínua, sangramento de mucosas, aumento progressivo do hematócrito, hipotensão postural e letargia. A prevenção ainda é a melhor forma de combate à doença, incluindo a eliminação de recipientes que acumulem água parada, onde o mosquito deposita os ovos, e o uso de repelentes e telas protetoras nas residências.

Frente Partidária da pré-candidatura de Waldenor lançará PGP com presença de Rui Costa

O Conselho Político da Frente Partidária “União e Reconstrução por Conquista” decidiu realizar evento no próximo dia 2 de março, no “Espaço Rafic”, para deflagrar o processo de construção de um PGP – Programa de Governo Participativo, que norteará a campanha do pré-candidato a prefeito Waldenor Pereira. O lançamento deve contar com as presenças do ministro chefe da Casa Civil do Governo Lula, Rui Costa, do secretário nacional do PT, Henrique Fontana, dos presidentes estaduais dos Partidos que compõem a Frente, dos senadores Wagner e Otto Alencar(a confirmar), deputados , vereadores e lideranças de movimentos sociais de Vitória da Conquista.
O evento a ser realizado no sábado (2/3), pela manhã, lançará o PGP, cujo processo de construção se dará no decorrer de quatro meses, devendo ser finalizado até final de junho, segundo o Conselho Político. A ideia é ouvir exaustivamente a população e acolher as propostas, projetos e sugestões para um programa de governo democrático e participativo a ser defendido na campanha eleitoral.
“O PGP irá onde o povo está. Iremos realizar plenárias e encontros nos bairros urbanos e distritos rurais, para o acolhimento de propostas, ideias e inquietações da população”, define Waldenor Pereira.
De acordo com a deliberação do Conselho Político, serão quatro fontes de informações para a construção do PGP: a realização de plenárias nos distritos e bairros da cidade; reuniões e encontros de apoiadores dos pré-candidatos à Câmara Municipal; estudos e diagnósticos dos 13 grupos temáticos da Frente criados no começo do segundo semestre de 2023; criação de portal nas redes sociais para receber propostas da população, através de meio virtual e conteúdos programáticos dos partidos.
O PGP será o instrumento norteador da Frente para a campanha eleitoral e do eventual governo municipal, dedicado a enfrentar e superar os problemas históricos de profunda desigualdade social, da ineficiência dos serviços públicos municipais como Saúde, Transporte Público, Educação, Infraestrutura e de outros problemas que a população priorizar. “Com esse instrumento participativo, haveremos de retomar a construção de uma cidade de oportunidades que experimentamos nos governos do PT em nosso município e avançar ainda mais, com o apoio do presidente Lula e do governador Jerônimo Rodrigues”, defende o pré-candidato petista.

Sindicato dos Delegados de SP repudia desfile da Vai-Vai por ‘demonizar a polícia’

Ala da Vai-Vai representa o Choque, da PM. — Foto: Carlos Henrique Dias/g1

A crítica do Sindpesp foi em relação à ala “Sobrevivendo no Inferno”, na qual agentes com escudo escrito “Choque” foram representados com chifres e asas vermelhas (veja vídeo abaixo).

“Ao adotar tal enredo, a escola de samba, em nome do que chama de ‘arte’ e de liberdade de expressão, afronta as forças de segurança pública”, diz a nota.

VÍDEO: Ala da Vai-Vai representa o Choque, da PM

“É de se lamentar que o Carnaval seja utilizado para levar ao público mensagem carregada de total inversão de valores e que chega a humilhar os agentes da lei.”

O Sindpesp também pediu que a escola de samba reconheça que houve um exagero e faça uma retratação pública.

Por outro lado, a Vai-Vai afirmou que não teve a intenção de promover qualquer ataque ou provocação. Além disso, a escola disse que fez um desfile com recortes históricos e que a ala em questão faz uma homenagem ao álbum “Sobrevivendo no Inferno”, lançado na década de 1990 pelos Racionais MC’s.

“Neste recorte histórico da década de 90, a segurança pública no estado de São Paulo era uma questão importante e latente, com índices altíssimos de mortalidade da população preta e periférica”, justificou.

“Os precursores do movimento hip hop no Brasil eram marginalizados e tratados como vagabundo, sofrendo repressão e, sendo presos, muitas vezes, apenas por dançarem e adotarem um estilo de vestimenta considerado inadequado para época.”

Borba Gato

Durante a semana, nas redes sociais, um texto da escola deixou a dúvida se a réplica da estátua de Borba Gato seria queimada durante o desfile, assim como ocorreu em 2021 com a estátua original.

“Foi um colono brasileiro, bandeirante paulista, sertanista, proprietário de escravizados e descobridor de metais preciosos. Nas viagens que realizava, para explorar novas terras, os grupos indígenas encontrados pelo caminho eram assassinados, as mulheres estupradas e os sobreviventes aprisionados e vendidos como escravizados. E aí? Fogo na estrutura? 🔥”, diz o texto da escola.

Ao final, a Vai-Vai optou só por simular fogo e fumaça nos pés e pernas do bandeirante. No mesmo carro, havia placa com frases como “fogo nos racistas”.

Em 2021, a estátua, em Santo Amaro, Zona Sul da cidade, foi alvo de um incêndio. A estrutura da estátua de Borba Gato foi atingida pelas chamas, mas não ficou comprometida.

O motoboy Paulo Galo, um dos acusados, que foi destaque do carro alegórico, confessou à Polícia Civil ser ativista social e ter organizado o ataque à estátua de cerca de 13 metros de altura porque queria abrir debate público a respeito da existência dela. Historiadores afirmam que Borba Gato escravizou negros e indígenas.

Em 2020, crânios foram colocados ao lado de monumentos de bandeirantes, inclusive Borba Gato, para ressignificar a história de São Paulo.

Projetos de lei pedem a proibição ou a retirada de monumentos que homenageiam figuras como a de Borba Gato.

Ala da Vai-Vai representa o Choque, da PM. — Foto: Carlos Henrique Dias/g1

Ala da Vai-Vai representa o Choque, da PM. — Foto: Carlos Henrique Dias/g1

Veja abaixo a íntegra do comunicado da Vai-Vai

“Em 2024, a escola de samba Vai-Vai levou para a avenida o enredo Capitulo 4, Versículo 3 – Da rua e do povo, o Hip Hop – Um manifesto paulistano.

Como o próprio nome diz, tratou-se de um manifesto, uma crítica ao que se entende por cultura na cidade de São Paulo, que exclui manifestações culturais como o hip hop e seus quatro elementos – breaking, graffiti, MCs e DJs. Além disso, o desfile buscou homenagear e dar vez e voz aos muitos artistas excluídos que nunca tiveram seu talento e sua trajetória notadamente reconhecidos.

Neste contexto, foram feitos, ao longo do desfile, uma série de recortes históricos, como a semana de arte de 1922 e o lançamento do álbum “Sobrevivendo no Inferno”, dos Racionais MCs, em 1997. “Sobrevivendo no Inferno” é o segundo álbum de estúdio do grupo, lançado pelo selo da gravadora Cosa Nostra em 20 de dezembro de 1997. É considerado o álbum mais importante do rap brasileiro. Em 2007, figurou na 14ª posição da lista dos 100 melhores discos da música brasileira pela Rolling Stone Brasil. Em 2018, o álbum foi incluído pela Comvest (Comissão Permanente para os Vestibulares da Universidade Estadual de Campinas) na lista de obras de leitura obrigatória para o vestibular da Unicamp a partir de 2020. Meses depois, a obra virou livro, publicado pela Companhia das Letras, tamanha sua relevância.

Segundo a Revista Rolling Stone Brasil, que ranqueou o álbum na 14ª posição da lista dos 100 melhores discos da música brasileira, “Sobrevivendo no Inferno colocou o rap no topo das paradas, vendendo mais de meio milhão de cópias. Racismo, miséria e desigualdade social — temas cutucados nos discos anteriores — são aqui expostos como uma grande ferida aberta, vide ‘Diário de um Detento’, inspirada na grande chacina do Carandiru”.

Ou seja, a ala retratada no desfile de sábado, da escola de samba Vai-Vai, à luz da liberdade e ludicidade que o carnaval permite, fez uma justa homenagem ao álbum e ao próprio Racionais Mcs, sem a intenção de promover qualquer tipo de ataque individualizado ou provocação, mas sim uma ala, como as outras 19 apresentadas pela escola, que homenageiam um movimento. Vale ressaltar que, neste recorte histórico da década de 90, a segurança pública no estado de São Paulo era uma questão importante e latente, com índices altíssimos de mortalidade da população preta e periférica. Além disso, é de conhecimento público que os precursores do movimento hip hop no Brasil eram marginalizados e tratados como vagabundos, sofrendo repressão e, sendo presos, muitas vezes, apenas por dançarem e adotarem um estilo de vestimenta considerado inadequado pra época. O que a escola fez, na avenida, foi inserir o álbum e os acontecimentos históricos no contexto que eles ocorreram, no enredo do desfile.”

‘Sobrevivendo no Inferno’

O álbum do Racionais MC’s foi lançado em 1997. Naquela época, São Paulo e o Brasil tinham o terceiro maior índice de homicídios da América, além de uma taxa de desemprego que atingia 30% entre os jovens da periferia.

Vai-Vai em 1 minuto

Vai-Vai em 1 minuto

“Minha palavra vale um tiro / eu tenho muita munição / Na “queta” ou na ascensão / minha atitude vai além / e tem disposição / pro mal e pro bem / talvez eu seja um sádico / ou um anjo ou um mágico / ou juiz ou réu / um bandido do céu”, canta Mano Brown em “Capítulo 4, versículo 3”.

Outra faixa que teve grande repercussão foi “Diário de um Detento”. A música retrata os dias que antecederam e o próprio momento do massacre dos 111 presos no Carandiru.

De acordo com a comissão, embora o álbum tenha sido lançado na década de 1990, a crítica segue necessária, e o uso da música como poesia oferece uma compreensão diferente da cultura literária.

Mais uma morte por dengue hemorrágica

 

A manhã desta segunda-feira (12) de Carnaval foi marcada por uma trágica notícia em Itabuna: Ana Luiza Rangel Silva, uma jovem de apenas 18 anos e moradora da Rua São Jorge, no bairro São Caetano, faleceu devido a complicações decorrentes de dengue hemorrágica.

Ana Luiza deu entrada em uma Unidade de Pronto Atendimento na quinta-feira (08), sendo atendida e liberada com um suposto quadro de virose. No entanto, como seu estado de saúde não melhorou, ela retornou à unidade na sexta-feira (09). A mãe dela solicitou um Raio X, mas foi informada de que esse exame era reservado para casos graves, o que sugeria que a equipe médica não considerava o caso de Ana Luiza como grave naquele momento.

Infelizmente, Ana Luiza continuou a piorar e foi levada ao Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães na noite do domingo (11), apresentando um quadro grave de dengue hemorrágica. No entanto, os esforços médicos não foram suficientes para salvar sua vida, e ela veio a falecer.

A tragédia da morte de Ana Luiza levanta questões sérias sobre o diagnóstico precoce e o tratamento adequado da dengue, especialmente em áreas onde a doença é endêmica. A falta de um diagnóstico preciso e oportuno pode ter contribuído para o desfecho fatal desta situação.

Luto em Poções: Morre o empresário Janilson Mascarenhas

janilson Mascarenhas, de Poções, desfrutava de um passeio de jet ski na Baía de Camamu em direção a Barra Grande quando faleceu, neste sábado (10). Relatos indicam que ele sofreu um infarto durante a atividade.

A equipe do SAMU chegou a prestar socorro à Janilson, mas ele não resistiu.

Janilson era empresário em Itabuna.

Urgente Conquista: Identificadas vítimas de acidente na BR 116

Conforme noticiado mais cedo, por volta das 18h desta sexta-feira (09), um grave acidente ocorreu no km 835.8 da BR 116, em Vitória da Conquista, resultando na morte de quatro pessoas.

Segundo informações, o acidente envolveu uma van de transporte de passageiros que se dirigia para Curral de Dentro (MG) e transportava onze jovens universitários. O veículo capotou na rodovia.

As vítimas fatais foram identificadas como Laila Rodrigues, Lauani Braga, Tabita Teissiane e Sande Viana.

Os demais envolvidos que ficaram feridos foram conduzidos ao Hospital de Base após o resgate realizado pela Via Bahia e pelo SAMU.

A causa do acidente ainda está sob investigação por parte da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Poções: Clientes denuncia loteamento por não cumprir acordos de contratos

Grupo denominado TAMOIO loteamentos, que vem fazendo uma espécie de empilhamento de loteamentos, ou seja, abre um, deixa pela metade, abre outro e assim sucessivamente.

Moradores exaustos com tentativas de tentativas com a empresa, gravam um vídeo e mostram toda verdade a população de Poções e região, com intuito de divulgar e alertar população sobre a situação.

Destarte, é notório que todos os prazos presentes nos contratos foram vencidos, o que demonstra a clara “ quebra de contrato “ visto que a expectativa dos compradores foi quebrada.

O código civil é claro A quebra de contrato ocorre quando uma das partes não cumpre as obrigações acordadas no contrato. Isso pode incluir o descumprimento dos prazos, a entrega de produtos ou serviços defeituosos, ou a não realização de pagamentos prometidos.

Ademais, os contraentes ficam no aguardo de uma posição da empresa para mais uma vez tentarmos alcançar o objetivo que é a finalização por completo do loteamento São Francisco.

informações obtida pelo portal Panorama geral



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia