WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura de pocoes



junho 2022
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  


cobra produtora marcus solla acougues angelica

:: 10/jun/2022 . 21:39

“O ex-prefeito queimou a língua”, dispara Florence após fala de ACM Neto

Antônio Augusto/Câmara dos Deputados

Deputado federal Afonso Florence (PT-BA) afirmou que quem está tentando enganar as pessoas é o pré-candidato ao Governo da Bahia

O deputado federal, Afonso Florence (PT-BA), fez coro à fala do colega congressista, Robinson Almeida (PT-BA) e atacou o pré-candidato ao Governo da Bahia, ACM Neto (União Brasil), após o ex-prefeito de Salvador ter dito que o PT estaria fazendo pressão em prefeituras pelo interior durante o período eleitoral.

“O ex-prefeito queimou a língua”, disparou Florence, em declaração ao BNews, ao pontuar que a licitação da pavimentação está publicada no Diário Oficial do dia 04 de maio.

“O Governo Rui asfaltou cerca de 15 mil Km de estradas. O governo Jerônimo, na parceria com Lula, concluirá o programa de pavimentação das estradas baianas iniciado por Wagner e ampliado por Rui”, afirmou o parlamentar.

O petista lembrou ainda que, no passado, os governos carlistas, ao longo de trinta anos, não pavimentaram a ligação entre Matina e Riacho de Santana, assim como outras rodovias estaduais.

“Alias, aconteceu o mesmo com Lula, que encontrou as BRs esburacadas, e as recuperou. Bolsonaro, que foi apoiado pelo ex-prefeito, está deixando as estradas federais esburacarem”, disse Florence.

Por último, o congressista chamou o ex-prefeito de Salvador de “cara de pau” por ter encontrado “uma estrada que vai ser recuperada, tripudiando da necessidade do povo, e tentando enganar as pessoas”.

Na manhã de hoje, ACM Neto acusou o PT, em um evento na região sudoeste da Bahia, e ameaçar prefeituras pelo interior do estado, no período eleitoral, para ter acesso a convênios e recursos que serão destinados às melhorias da infraestrutura das cidades baianas.

“Agora, começaram a assinar convênios com várias prefeituras e, inclusive, ameaçando prefeitos, dizendo: o prefeito que não ficar com o candidato oficial, não vai ter o convênio assinado, nem o recurso liberado. Em outros casos, publicando licitações para fazer obras que eles, no máximo, vão conseguir colocar o canteiro e mandar trazer algumas máquinas. Mas isso faz parte da velha estratégia de tentar enganar, iludir as pessoas”, disse ele, na ocasião.

Novos integrantes do baralho do crime

Dois homens investigados por organização e tráfico de drogas em Salvador foram incluídos no “Baralho do Crime” da Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP), nesta serxta-feira (10). A ferramenta é utilizada pelo órgão desde 2011, para incentivar a colaboração da população com o trabalho da polícia.

Um dos homens é Ronaldo Santos Carvalho, conhecido como “Nal” ou “Nado”, que tem mandado de prisão por organização criminosa e tráfico de drogas. Atuante no bairro de Pernambués, ele foi inserido na carta “Oito de Copas”.

De acordo com a denúncia do Ministério Público da Bahia (MP-BA), Ronaldo atua com o irmão Celso Gomes Carvalho Filho, o “Pito”, que também é foragido e foi incluso no Baralho do Crime em agosto de 2020, no carta “Rei de Ouros”.

Já Humberto da Silva Santos Filho, apelidado de “Humbertinho” ou “Betinho”, tem como áreas de atuação os bairros do Arenoso e Fazenda Grande do Retiro. Também indiciado por organização criminosa e tráfico de drogas, ele foi adicionado na carta “Sete de Copas”.

Segundo o delegado Alexandre Ramos Galvão, do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), os dois foragidos foram alvos recentes de operações da polícia, com o objetivo de desarticular o tráfico de drogas no estado.

Para comunicar à polícia informações sobre o paradeiro dos criminosos, o cidadão pode entrar em contato pela central telefônica 181, o Disque Denúncia, ou pela opção ‘Denuncie Aqui’ na plataforma online do Disque Denúncia. Não é necessário se identificar e o sigilo é garantido.

Jovem que trabalha com rifas em Salvador desaparece após sair de casa para comprar passagem para Amargosa Jaiane Santos Costa, de 22 anos, pretendia passar os festejos juninos no interior do estado.

Jovem que trabalha com rifas em Salvador desaparece após sair de casa  para comprar passagem para Amargosa — Foto: Arquivo Pessoal

Jovem que trabalha com rifas em Salvador desaparece após sair de casa para comprar passagem para Amargosa — Foto: Arquivo Pessoal

Uma jovem de 22 anos desapareceu na segunda-feira (6) após sair da casa onde mora, no bairro da Boca do Rio, em Salvador. De acordo com a família de Jaiane Santos Costa, ela falou que sairia para comprar uma passagem para Amargosa, município em que pretendia passar os festejos juninos.

O caso foi registrado na Delegacia de Proteção à Pessoa (DPP), na quinta-feira (9) e é investigado pela Polícia Civil. A família de Jaiane conta que ela estava com um vestido e um casaco.

Jaiane Costa é mãe de uma criança de 4 anos. Ela trabalha com a venda de rifas no bairro da Boca do Rio.

A família afirma que a jovem nunca saiu de casa e ficou sem dar notícias.

As pessoas que tenham alguma informação que possa ajudar as investigações devem ligar para os números do DPP: 71 99631-6538 (WhatsApp) ou 71 3116-0000/0357.

Quinta fase de operação contra tráfico de drogas e outros crimes na BA termina com 110 prisões Desse total, 79 foram presas por mandados de prisão preventiva e temporária, e as outras 31 foram presas em flagrante.

Quinta fase de operação contra tráfico de drogas e outros crimes na Bahia termina com mais de 100 prisões — Foto: Haeckel Dias/Polícia Civil-BA

Quinta fase de operação contra tráfico de drogas e outros crimes na Bahia termina com mais de 100 prisões — Foto: Haeckel Dias/Polícia Civil-BA

Mais de 100 pessoas foram presas nesta sexta-feira (10), durante a quinta fase da Operação Unum Corpus, de combate ao tráfico de drogas, crimes contra a vida e contra o patrimônio, como roubos.

Desse total, 79 foram presas por mandados de prisão preventiva e temporária, e as outras 31 foram presas em flagrante. Também foram cumpridos 145 mandados de busca e apreensão, em diversos municípios baianos.

Segundo informações da Polícia Civil, as pessoas que foram presas são suspeitas de envolvimento com homicídios, latrocínios, estupros, furtos, roubos, tráfico de drogas e violência doméstica.

As cidades em que aconteceram as prisões não foram detalhadas. No entanto, quatro dos suspeitos foram presos em Alagoinhas. O quarteto é investigado pela morte do motorista de ônibus Edvaldo Ferreira de Souza, de 50 anos, enquanto trabalhava, na BR-101, em janeiro deste ano.

Durante a ação, também foram apreendidas 38 armas de fogo, entre elas, um fuzil, espingardas e pistolas de diversos calibres, além de mil munições e aproximadamente nove quilos de drogas.

Cinco fases

 

Ao longo das cinco fases, a Operação Unum Corpus prendeu 516 suspeitos. Ao todo, foram cumpridos 353 mandados de prisão, 163 prisões em flagrante, 442 mandados de busca e apreensão, além da apreensão de 85 armas de fogo, 35 quilos de drogas e 10 veículos com restrição de roubo.

Trabalharam na operação, mais de 600 policiais, entre delegados, escrivães, investigadores e servidores administrativos das Coordenadorias do Depin, além de equipes do Departamento de Inteligência Policial (DIP) da Polícia Civil, do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) e da Superintendência de Inteligência (SI) da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA).



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia