Dois homens investigados por organização e tráfico de drogas em Salvador foram incluídos no “Baralho do Crime” da Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP), nesta serxta-feira (10). A ferramenta é utilizada pelo órgão desde 2011, para incentivar a colaboração da população com o trabalho da polícia.

Um dos homens é Ronaldo Santos Carvalho, conhecido como “Nal” ou “Nado”, que tem mandado de prisão por organização criminosa e tráfico de drogas. Atuante no bairro de Pernambués, ele foi inserido na carta “Oito de Copas”.

De acordo com a denúncia do Ministério Público da Bahia (MP-BA), Ronaldo atua com o irmão Celso Gomes Carvalho Filho, o “Pito”, que também é foragido e foi incluso no Baralho do Crime em agosto de 2020, no carta “Rei de Ouros”.

Já Humberto da Silva Santos Filho, apelidado de “Humbertinho” ou “Betinho”, tem como áreas de atuação os bairros do Arenoso e Fazenda Grande do Retiro. Também indiciado por organização criminosa e tráfico de drogas, ele foi adicionado na carta “Sete de Copas”.

Segundo o delegado Alexandre Ramos Galvão, do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), os dois foragidos foram alvos recentes de operações da polícia, com o objetivo de desarticular o tráfico de drogas no estado.

Para comunicar à polícia informações sobre o paradeiro dos criminosos, o cidadão pode entrar em contato pela central telefônica 181, o Disque Denúncia, ou pela opção ‘Denuncie Aqui’ na plataforma online do Disque Denúncia. Não é necessário se identificar e o sigilo é garantido.