WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

FJS

prefeitura de pocoes


fevereiro 2024
D S T Q Q S S
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829  


ouro gas marcus solla acougues angelica

:: 26/fev/2024 . 21:55

Nota de pesar pelo falecimento de lmaura Maria de Jesus carvalho 50 anos faleceu essa manhã ela era de bandeira nova poções Bahia fica nosso pêsames a família e amigos

Banzaê é palco de entregas de agroindústrias familiares e equipamentos para incrementar a apicultura da região

O último sábado (24/02) foi um dia de celebração para a agricultura familiar em Banzaê, no território Semiárido Nordeste II. O Governo do Estado promoveu a entrega da unidade de beneficiamento de produtos de abelhas para os indígenas Kiriri Santa Cruz Aldeia Cajazeira e a ampliação da unidade de beneficiamento de produtos de abelhas para a Associação dos Produtos Apícolas de Banzaê, além de garantir equipamentos para o fortalecimento da agricultura familiar no município.

As ações incentivam a atividade apícola na região, assegurando condições adequadas para a produção, o processamento e a comercialização do mel. O diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), Jeandro Ribeiro, comentou a contribuição que as agroindústrias famílias trazem para apicultores e apicultoras da região.

“Esse é mais um conjunto de entregas para a agricultura familiar, agora para comunidades quilombolas, indígenas e para a agricultura familiar de Banzaê. São tratores, kits apícolas e agroindústrias familiares para favorecer o nosso agricultor e agricultora familiar, da base de produção até a comercialização”, disse o diretor.

O presidente da Associação dos Produtores Apícolas de Banzaê, Lourival Miranda, comentou a ampliação da unidade de mel da comunidade Engenho Velho. “Temos uma nova estrutura ampliada e com novos equipamentos. Isso vai ajudar a melhorar a vida e a renda de cada apicultor, que vai fazer a extração do mel e garantir a comercialização, por meio da Cooperativa dos Apicultores de Ribeira do Pombal (Cooarp)”, ressaltou o apicultor.

Além da entrega também da nova unidade de beneficiamento de produtos de abelhas para a Associação Comunitária Indígena Kiriri Santa Cruz Aldeia Cajazeira, o Governo do Estado, por meio da CAR, realizou a entrega de 34 kits apícolas com caixas de abelhas com melgueiras para 68 famílias indígenas, com o objetivo garantir o amplo funcionamento da nova unidade.

O presidente da Associação Comunitária Indígena Kiriri Nossa Senhora Rainha da Paz, Wilson dos Santos, informou a expectativa de iniciar a produção apícola com a chegada dos equipamentos. “A expectativa é muito grande porque a gente já vem trabalhando em parceria com a Aldeia Cajazeira. Acredito que vamos engajar juntos para desenvolver a produção de mel na região. Vai ser uma renda a mais para a gente, já que a nossa região já tem um potencial grande na produção do mel”, reforçou Wilson.

Outros equipamentos entregues aos agricultores e agricultoras familiares neste sábado foram: um trator para a Associação das Famílias Quilombolas de Terra da Lua e um trator para a Associação Comunitária Indígena Santa Cruz Kiriri Canta Galo. Máquinas que foram comemoradas pelo presidente da Associação Canta Galo, Nilton Franco. “Antes, a gente tinha um custo no período de arar porque tínhamos que pegar trator de outros locais não-indígenas. Agora, vamos poder utilizar o trator para plantar feijão, milho e mandioca”, informou Nilton.

Outra ação de impacto da CAR, empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), que teve entregas para a população de Banzaê foi referente ao Quilombo Legal, projeto que atende em sua primeira etapa 100 comunidades remanescentes de quilombo para concretizar a regularização ambiental e fundiária dos territórios, em parceria com a Superintendência de Desenvolvimento Agrário (SDA) e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema).

Neste sábado, 656 beneficiários e 183 famílias dos quilombos Terra da Lua, Baixão dos Negros e Maria Preta, em Banzaê, receberam o Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais (Cefirs), documento obrigatório para o acesso a políticas públicas como a do crédito rural e o Cadastro Nacional da Agricultura Familiar (CAF) quilombola.

Dr Gabriela garrido pre candidata a vereadora Recebe o Troféu Az News na categoria Destaque Mulher em Vitória da conquista

Recebendo o Troféu Az News na categoria Destaque Mulher de Vitória da Conquista, me sinto muito honrada e feliz te ter sido lembrada pela sociedade na categoria “Mulher”. É um reconhecimento do trabalho desenvolvido, significa que tem agradado a população ao qual o serviço é destinado, e que estamos no caminho certo. Espero também que a visibilidade do trabalho inspire e estimule outras mulheres tanto no trabalho social como na vida pública, porque efetivamente precisamos de mais representatividade feminina, o que é imprescindível tanto para a política quanto para o serviços públicos e todos os outros segmentos.

Morre aos 31 anos Dai Cruz, influenciadora digital que tinha doença genética rara

A influenciadora digital baiana Dai Cruz, de 31 anos, morreu após uma batalha contra a epidermólise bolhosa, doença de pele genética. A informação foi confirmada no sábado (24), pela equipe dela, através das redes sociais. Dai morava em Jequié, no sudoeste do estado.

Dai Cruz possuía mais de 2 milhões de seguidores nas redes sociais e compartilhava com os seguidores a rotina de cuidado com a doença. Nas postagens ela falava sobre como as outras pessoas olhavam para as lesões, além das dificuldades diárias, como secar a pele com uma toalha grossa.

“Chegou um dos dias mais difíceis e tristes 😢 no nosso jardim, um daqueles dias em que passa um filme na nossa cabeça. O dia em que a nossa voz embarga na garganta, e lágrimas 😢 sem fim escorrem por nossa face. Mesmo em lágrimas 😢 temos certeza que o céu tá em festa 🥳, e deixa eu contar para vocês como foi a chegada dela no céu”, disse o comunicado.

 

Por causa da lesões causadas pela epidermólise bolhosa, a influenciadora digital nunca frequentou a escola, apesar da doença não ser contagiosa. A enfermidade é hereditária, rara e não tem cura. Dai também enfrentava um câncer desde 2022.

“Foram 31 anos de sofrimento que a EB [epidermólise bolhosa] impôs a ela, mas com todo o sofrimento ela conseguiu deixar bravamente um legado lindo, ensinou a muitos o verdadeiro sentido da vida, do amor, da força e principalmente da fé”, escreveu a equipe de Dai Cruz.

Apesar de não ter frequentado aulas em escolas, Dai aprendeu a ler e escrever na casa onde morava em Jequié.

“A gente vai levando um dia de cada vez, quando vejo que estou cansada ou irritada com as lesões, paro e respira. Depois, quando me sinto bem, vou voltando aos poucos, porque motivar é muito bom”, disse a influenciadora em entrevista à TV Bahia em 2022.

Mulher promove festa em casa, discute com convidada e é morta a tiros; suspeito é filho de policial

Uma mulher de 34 anos foi morta a tiros em uma festa na própria casa, no bairro do Tomba, em Feira de Santana, a 100 km de Salvador. Segundo informações do delegado Gustavo Coutinho, que investiga o crime, o suspeito, filho de um policial civil, é procurado.

De acordo com o delegado, a vítima foi identificada como Cláudia Alves da Silva. O crime aconteceu por volta das 4h de domingo (25), na casa dela, na rua Doutor Evandro Cardoso.

O delegado informou que Cláudia Alves da Silva discutiu com uma convidada e foi baleada pelo companheiro da mulher. Ele fugiu após cometer o crime. Ainda não há informações sobre o que motivou a discussão.

Gustavo Coutinho contou que o suspeito foi identificado e deverá ser intimado para prestar depoimento. Equipes da Polícia Militar procuraram ele em alguns endereços, mas não o encontraram nos locais.

Ainda de acordo com o delegado, o suspeito é filho de um policial civil, é usuário de drogas e respondia por outro homicídio.

No local do crime, a vítima foi encontrada de joelhos, encostada no sofá e com cerca de seis perfurações causadas por arma de fogo que atingiram a nuca, pescoço, peito e braço.

Duas pessoas morrem após batida entre caminhões, carros e motocicleta no recôncavo da Bahia

Duas pessoas morrem após batida entre caminhões, carros e motocicleta no recôncavo da Bahia — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Duas pessoas morreram após um acidente com seis veículos na noite de domingo (25), na BR-101, em trecho da cidade de Santo Antônio de Jesus, no recôncavo da Bahia.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente envolveu dois caminhões, três carros e uma motocicleta, onde as vítimas estavam. Por causa da colisão, foi formado um engarrafamento de seis quilômetros.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram ao local do acidente, mas as vítimas morreram logo após a batida. Os nomes delas não foram divulgados.

A PRF vai investigar o que causou o acidente.

Quarta morte por dengue na Bahia é confirmada pela Sesab; paciente era idoso de 87 anos

Mosquito da dengue  — Foto: Freepik

A Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) confirmou a quarta morte por dengue no estado nesta segunda-feira (26). O governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, lamentou o óbito durante a agenda de compromissos na Espanha.

“Quero pedir a colaboração de cada pessoa para nos ajudar nessa guerra contra a dengue e quero deixar aqui os meus sentimentos à família da última vítima da doença na Bahia. Tenham certeza que nós não estamos parados”, afirmou.

 

A quarta vítima da doença era morador Ibiassucê, no sudoeste da Bahia. A prefeitura da cidade informou que o paciente era um idoso de 87 anos, que tinha outros problemas de saúde e faleceu em 13 de fevereiro.

Até esta segunda-feira, todas as mortes pela doença foram registradas na região sudoeste do estado, sendo duas em Jacaraci, outra em Piripá e a quarta em Ibiassucê. As cidades ficam cerca de 1h30 de distância umas das outras.

Uma das vítimas confirmada é uma criança de 5 anos, que morreu em Jacaraci no dia 8 de fevereiro.

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Sesab, em 23 de fevereiro, foram registrados 8.674 casos de dengue entre 1º de janeiro a 17 de fevereiro deste ano. O número representa um aumento de 21,7% no comparativo com o mesmo período do ano passado.

Atualmente, 38 municípios se encontram em epidemia. São eles:

  • Anagé;
  • Barra do Choça;
  • Barra do Mendes;
  • Barro Alto;
  • Belo Campo;
  • Bonito;
  • Brejões;
  • Canarana;
  • Caturama,
  • Condeúba,
  • Encruzilhada,
  • Feira da Mata,
  • Ibiassucê,
  • Ibicoara,
  • Ibipitanga,
  • Ibitiara,
  • Igaporã,
  • Ipiaú,
  • Iramaia,
  • Irecê,
  • Iuiú,
  • Jaborandi,
  • Jacaraci,
  • Lajedão,
  • Macaúbas,
  • Manoel Vitorino,
  • Matina,
  • Morro do Chapéu,
  • Mortugaba,
  • Mucugê,
  • Novo Horizonte,
  • Piripá,
  • Presidente Jânio Quadros,
  • Quixabeira,
  • Serrolândia,
  • Tanque Novo,
  • Uruçuca
  • Vitória da Conquista.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia