WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

santa casa de jequie

prefeitura de pocoes santa casa de jequie



agosto 2022
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  


cobra produtora marcus solla acougues angelica

:: 5/ago/2022 . 18:19

Na manhã da última quinta-feira (04/08), o Tiro de Guerra 06-011 de Poções promoveu uma singela homenagem aos atiradores pelas atividades desenvolvidas neste ano

Na solenidade foi servido um delicioso café da manhã, com a presença de representantes da prefeita Nilda Magalhães: Assessora de de gabinete, Telma Chaves; coordenador do SineBahia, Djalma Messias; técnico do controle interno, Joellington Guimarães; diretor administrativo, Eduardo Chagas. A equipe da prefeita foi recepcionda pelo Subtenente Claudimar Morais e sua esposa Fernanda Nunes Morais.
Na ocasião, os representantes da gestora falaram da importância da parceria da administração municipal com o Tiro de Guerra para o mantimento das atividades dos atiradores, estimulando comportamentos e atitudes que proporcione o estreitamento e a maior integração da instituição com a sociedade civil.

Jô Soares morre em hospital de São Paulo aos 84 anos

Jô Soares (Foto: Divulgação)
Jô Soares (Foto: Divulgação

Jô Soares morreu na madrugada desta sexta-feira (5) aos 84 anos. A informação foi confirmada por sua ex-mulher Flavia Pedras nas redes sociais. Em nota, o hospital informou que ele estava internado desde o dia 28 de julho e morreu às 2h20 de madrugada.

“Faleceu há alguns minutos o ator, humorista, diretor e escritor Jô Soares. Nos deixou no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, cercado de amor e cuidados. O funeral será apenas para família e amigos próximos”, ela escreveu ao postar uma foto de Jô em seu perfil.

Jornal Nacional entrevistará candidatos à Presidência da República

William Bonner e Renata Vasconcellos na bancada do Jornal Nacional — Foto: João Cotta/Globo

William Bonner e Renata Vasconcellos na bancada do Jornal Nacional — Foto: João Cotta/Globo

Na semana de 22 de agosto, o Jornal Nacional dá início a uma série de entrevistas com candidatos à Presidência da República. William Bonner e Renata Vasconcellos vão conduzir as entrevistas, ao vivo, direto dos estúdios da TV Globo, no Rio.

A conversa com cada candidato será transmitida por TV Globo, Globoplay e g1. As íntegras de todas as entrevistas ficarão disponíveis no Globoplay e no g1.

Foram convidados os cinco candidatos mais bem colocados na pesquisa de intenção de voto divulgada pelo Instituto Datafolha em 28 de julho: Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet (MDB) e André Janones (Avante).

Um sorteio realizado em 1º de agosto com representantes dos partidos definiu as datas e a ordem das entrevistas. Neste encontro, as cinco candidaturas foram informadas de que o prazo final para confirmação da presença terminava em 4 de agosto.

Num primeiro momento, o candidato Jair Bolsonaro (PL) não confirmou ter aceitado as regras da entrevista. Apesar de saber desde as entrevistas do g1 e da GloboNews que as sabatinas seriam feitas nos estúdios da Globo, a assessoria de Jair Bolsonaro (PL), na quarta-feira (3) e na quinta (4), condicionou a concessão da entrevista a que ela fosse realizada no Palácio da Alvorada. Depois das eleições de 2014, porém, a Globo decidiu que sempre realizaria as entrevistas de todos os candidatos à Presidência da República em seus estúdios, de forma a demonstrar que todos os candidatos são tratados em igualdade de condições. A regra não foi contestada pela assessoria de Bolsonaro quando das entrevistas no g1 e na GloboNews. A Globo rejeitou o pedido da assessoria. Diante das regras anunciadas reiteradas vezes, a Globo rejeitou inicialmente o pedido.

ATUALIZAÇÃO 1: a assessoria do presidente Jair Bolsonaro, candidato à reeleição, informou à Globo, na manhã desta sexta-feira (5), que ele decidiu comparecer aos estúdios da emissora no Rio de Janeiro para a realização das entrevistas com os candidatos à presidência no Jornal Nacional. Em e-mail enviado no fim da noite de quinta-feira a assessoria manifestava a disposição de Bolsonaro de conceder a entrevista, mas no Alvorada, alegando que “em função da campanha e de compromissos assumidos anteriormente, a agenda presidencial impossibilita a ida ao RJ, no dia 22 de agosto”. Como as regras, anunciadas diversas vezes, previam a realização das sabatinas do g1, GloboNews e JN nos estúdios da emissora, a Globo reiterou que a entrevista não poderia ser realizada em Brasília e considerou que o convite fora recusado. Na manhã de sexta, porém, a assessoria explicou que o e-mail tinha apenas o objetivo de manifestar uma preferência, mas que o candidato não se recusava a ir ao Rio de Janeiro para a entrevista. Sendo assim, a Globo confirma a entrevista de Jair Bolsonaro no próximo dia 22 no Rio de Janeiro. Todos os outros candidatos também aceitaram as regras.

ATUALIZAÇÃO 2: a entrevista de Ciro Gomes foi antecipada para o dia 23 de agosto, terça-feira, após a retirada da candidatura de André Janones (Avante), anunciada dia 4. A mudança garantirá que as entrevistas sejam exibidas todas na mesma faixa horária, uma vez que quarta, 24 de agosto, data inicial da entrevista do candidato Ciro Gomes, o Jornal Nacional será exibido mais cedo. A ordem das entrevistas é a mesma que foi sorteado em 1º de agosto, sem prejuízo para os demais candidatos.

A ordem das entrevistas ficou assim:

  • 22/8 (seg) – Jair Bolsonaro (PL)
  • 23/8 (ter) – Ciro Gomes (PDT)
  • 25/8 (qui) – Luiz Inácio Lula da Silva (PT)
  • 26/8 (sex) – Simone Tebet (MDB)

Filiada a partido bolsonarista, Ana Coelho diz ainda não ter voto definido para presidente

Filiada a partido bolsonarista, Ana Coelho diz ainda não ter voto definido para presidenteFoto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias

A empresária Ana Coelho (Republicanos), escolhida para vice na chapa de ACM Neto (União) ao governo da Bahia, afirmou que ainda não tem um voto definido para a eleição à presidência da República.

“A gente ainda está conversando. Eu ainda vou analisar muito para entender”, disse a presidente do Grupo Aratu.

Apesar do Republicanos, partido dela, já ter fechado apoio ao atual presidente Jair Bolsonaro (PL), Ana Coelho preferiu citar como opções duas outras candidatas à presidência: Simone Tebet (MDB) e Soraya Thronicke (União).

“Posso até adiantar que simpatizo muito com as duas mulheres, Simone e Soraya, mas hoje eu ainda não tenho meu voto”, finalizou Ana.

Além do Republicanos ser da base de apoio do atual presidente, o tio da empresária, o ex-governador e atual prefeito de Guanambi, Nilo Coelho (União), chegou a declarar apoio a Bolsonaro em 2021. O marido dela, deputado estadual Tiago Correia (PSDB), também declarou “voto útil” para o presidente da República em 2022



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia