Leitor Bnews

A mulher havia sido detida no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)

A segunda participante do latrocínio da estudante Cristal Rodrigues Pacheco, de 15 anos, confessou, nesta quinta-feira (4), ter atirado na jovem. Andréia Santos Carvalho, também conhecida como “Rasta”, havia sido detida no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), depois de o advogado da suspeita apresentá-la na unidade.

Segundo a diretora do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegada Andréa Ribeiro, Rasta estava foragida na cidade de Nova Soure, no interior da Bahia. A Polícia Civil informou que ela teve apoio de familiares para sair da cidade, mas resolveu se apresentar à unidade policial em razão da repercussão do crime.

“A segunda suspeita do crime se apresentou na sede do departamento, na presença de um advogado, já confessou o crime, confessou que teria participado do crime juntamente com a primeira autora, presa durante a semana. Ela confessou o crime e disse que é a autora do disparo que tirou a vida da vítima”, afirmou a delegada.

A primeira suspeita, Gilmara Daiam de Sousa Brito, 31 anos, foi presa horas após o crime, na terça-feira (2), em um beco, dentro de uma construção abandonada em uma invasão, em Alto de Coutos, no Subúrbio Ferroviário.

adolescente morreu após ser baleada durante um assalto, em frente ao Passeio Público, na manhã de terça-feira. A garota estava na companhia da mãe e de uma irmã, de 12 anos, quando foi abordada por duas mulheres armadas. Câmeras de segurança mostram o momento do crime. Informações iniciais são de que uma a suspeita está ferida. Ela teria sido atingida na hora em que a comparsa atirou contra a adolescente.

De acordo com informações da RecordTV Itapoan, as suspeitas estavam com uma faca e uma arma de fogo. Ao anunciar o assalto, uma delas, que estava com um revólver, atirou contra a vítima, que não resistiu ao ferimento provocado pelo projétil e morreu no local.

Segundo o delegado Reinaldo Mangabeira, da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), a vítima foi atingida por um disparo feito no lado esquerdo do peito.

Please follow and like us:
fb-share-icon
Tweet 20
fb-share-icon20