(Foto: Lucio Bernardo Jr./Agência Câmara)

Redação VN
[email protected]

Os partidos PSOL e Rede se uniram para apresentar um pedido de cassação do mandato do deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA). A solicitação foi protocolada na quinta-feira (7) em representação no Conselho de Ética da Câmara.

Publicidade

“As graves denúncias, além de constituírem prática de atividades ilícitas pelo representado, caracterizam, por si, condutas incompatíveis com a ética e o decoro parlamentar”, diz um trecho da representação.

Segundo informações da Agência Brasil, o deputado pode ser alvo de um processo na Casa por quebra de decoro parlamentar, no caso dos R$ 51 milhões encontrados dentro de um apartamento no bairro da Graça, em Salvador. As digitais de Lúcio foram encontradas nas cédulas e o dinheiro foi atribuído ao seu irmão, o ex-ministro Geddel Vieira Lima.