[POÇOES24HS.COM.BR]

Por volta das 9h da manhã do dia corrente, guarnições de RONDESP receberam informação acerca de Tráfico de Drogas na cidade de Planalto. Diante de tal informação guarnições deslocaram até tal cidade afim de averiguar a veracidade da denúncia. No local indicado na denúncia fora abordado um indivíduo de vulgo Paulista e encontrado uma pequena quantidade de substância entorpecentes semelhante à erva maconha acondicionada em buchas. Após ser interpelado o mesmo confessou que em sua residência existiria uma quantidade significativa da mesma. Sendo feita então buscas na residência apontada pelo mesmo sendo encontrado tal quantidade apontada logo em seguida, e diversos indícios de tráfico de droga. Durante abordagem fora constatado pelas guarnições que no celular do mesmo existia uma conversa no aplicativo WhatsApp em que fora encomendado um homicídio de um determinado rival do abordado e que a situação estava em andamento. Diante da nova informação as guarnições deslocaram em busca desse suposto agressor, de prenome Jhoni, patrulhando nos locais indicados pelo abordado que colaborava com a diligência. Quando então fora informada por populares que acabava de acontecer disparos de arma de fogo, vindo a alvejar um elemento de vulgo Lan nas proximidades da BR-116. Tendo sido descrevida as características do agressor e apontando a direção tomada em fuga pelas testemunhas do fato na localidade. Momento que novamente foram recebidas mensagens no celular do abordado vindas do agressor pedindo que lhe auxiliasse na fuga informando o local em que estava homiziado. As guarnições então deslocaram até o local indicado sendo surpreendida por disparos de armas de fogo vindas do quintal de uma residência, sendo obrigada a abrigar-se e revidar a injusta agressão para que fossem cessados os disparos por parte do agressor. Cessados os disparos fora encontrado um indivíduo alvejado ao solo com uma arma de fogo à mão. Neutralizando qualquer capacidade de reação por parte do agressor fora recolhida a arma, e prestado socorro imediato ao elemento alvejado apresentando-lhe ainda com vida ao hospital municipal, não resistindo aos ferimentos e vindo à óbito, sendo reconhecido o agressor pela vítima, de vulgo Lan, que também fora socorrida ao mesmo hospital municipal.

Diante da situação supracitada, todo material envolvido bem como os envolvidos foram apresentados à Delegacia da localidade para que fossem adotadas as medidas coercitivas cabíveis.

MATERIAL APREENDIDO

1 tablet pequeno de substância análoga a maconha

8 trouxas de substância análoga a maconha

1 Revólver de marca Taurus calibre 38

R$ 497,00

1 balaclava

3 smartphones Samsung

1 Smartphone Motorola

1 faca de peixaria

Caderneta de anotações

CONDUZIDO

Júlio César Nunes Batista, vulgo Paulista.

RESISTENTE

Identidade até então ignorada, vulgarmente conhecido como Jhoni.