Homicida confesso, ferido no pé e nas costas, e sem demonstrar remorso, ‘Luquinhas’ declarou que vítima assassinada foi responsável pela morte do seu comparsa; polícia investiga veracidade das declarações.

No último domingo (04), no bairro Vila Serrana, Dieneson foi assassinado em frente ao estabelecimento comercial do seu pai, o qual foi ferido gravemente ao tentar impedir a morte do seu filho

A Delegacia de Homicidios, prendeu Lucas Lima Santos, o ‘Luquinhas’, 19 anos. Ele estava internado no HGVC por ter sido alvejado acidentalmente pelo próprio comparsa durante a empreitada criminosa, informou a PC.

De acordo com a PC, diante das provas de autoria apresentadas a Lucas pela DH, este, na presença de um advogado, confessou ser integrante de uma facção criminosa voltada, sobretudo, ao tráfico de drogas, e que arquitetou e participou do homicídio de Dieneson, sob a alegação de que este seria integrante de uma facção rival e também mandante de um homicídio que vitimou um comparsa de Lucas, no início deste ano, em Vitória da Conquista.

Ainda segundo a polícia, em relação à veracidade do quanto alegado por Lucas sobre Dieneson, será alvo de apuração durante o prazo legal para  conclusão do inquérito policial.

O executor dos disparos que vitimaram Dieneson e seu pai, segundo Lucas, seria um indivíduo que teria sido beneficiado pelo ‘saídão de finados’, contudo, este ainda não foi identificado.

Fonte: DH/VCA.