WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

prefeitura de pocoes



maio 2022
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


cobra produtora marcus solla acougues angelica

:: 25/maio/2022 . 14:43

AMA acompanha situação dos municípios por causa das fortes chuvas Meio ambiente

Todo o conteúdo do Tribuna do Sertão está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral. É proibida a cópia/reprodução deste material em qualquer meio de comunicação sem a devida autorização. Se deseja compartilhar, utilize os meios fornecidos no Tribuna do Sertão.

Com ajuda da Defesa Civil, a Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) acompanha a situação das fortes chuvas em todas as regiões do estado que, segundo a previsão do tempo, devem continuar ao longo desta quarta-feira (25). As coordenadorias municipais de Proteção e Defesa Civil (COMPDECS) estão a postos em regime de plantão permanente, já que o volume de chuvas na quadra chuvosa – que vai até agosto – está acima do esperado, de acordo com o Órgão. Recentemente, os representantes foram treinados pela AMA e Defesa Civil para enfrentar casos de acidentes naturais a partir de um plano de contingência preventivo, para minimizar os danos nas regiões.

A Marinha do Brasil emitiu alerta de mau tempo com possibilidade de ondas de até 2,2 metros no litoral de Alagoas. De acordo com o comunicado do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), há também a possibilidade de rajadas de vento e ocorrência de áreas de instabilidade atuando sobre o litoral, com o céu meio encoberto/quase encoberto com pancadas de chuva fraca/moderada ao longo do período.

Já a Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) alerta para o risco de alagamentos, principalmente nas áreas com deficiência de drenagem urbana e cheias em pequenos riachos. A continuidade das chuvas aumenta o risco de deslizamentos em áreas de encosta. Já a previsão do tempo nas outras regiões ambientais do Estado de Alagoas é de céu encoberto com chuvas isoladas.

A Defesa Civil pede que a população esteja atenta neste período, principalmente nos alertas emitidos pelo Estado. Existe um serviço gratuito onde é possível receber os alertas em seu celular via mensagem de texto. Para isto, basta enviar um SMS com o CEP da sua localidade para o número 40199. Você poderá cadastrar até dois endereços. O serviço também envia os alertas para usuários das plataformas de mobilidade social, como o Waze e Google Maps, e para as pessoas que possuem TV por assinatura.

Para ajudar o trabalho da imprensa, a AMA disponibiliza a relação de coordenadores municipais por cada município, basta solicitar pelo e-mail [email protected] Aos gestores, a assessora técnica, Margareth Bulhões, está a disposição para informações necessárias, com o acompanhamento em tempo real dos avisos meteorológicos, com o trabalho conjunto junto da Defesa Civil de Alagoas.

Mulher é morta pelo companheiro a golpes de facão

Uma mulher identificada como Laiane Silva Oliveira, 28 anos, foi assassinada a golpes de facão desferidas pelo próprio companheiro dela, Cristovam Alves de Carvalho, 38.

Segundo o Blog do Netto Maravilha o crime aconteceu no fim da tarde desta terça-feira, 24, no Barro, comunidade rural do município de Senhor do Bonfim, norte da Bahia.

Ainda de acordo com informações, o indivíduo de vulgo ‘Buiu’ começou espancando a mulher e ameaçava matá-la, caso alguém tentasse intervir, ninguém conseguiu impedir as sessões de espancamento e a mulher foi morta em plena via pública, próximo a escolinha do povoado.

Após cometer o crime de feminicidio, Buiu fugiu do local, porém a polícia está realizando buscas para tentar pendê-lo.

Ainda não se sabe o que motivou tamanha crueldade. Laiane deixa duas crianças órfãs.

Calila Noticias

Petrobras alerta governo que faltará diesel se preço não for reajustado

 

Executivos da Petrobras têm alertado o governo que faltará diesel no país se o governo decidir segurar o preço do combustível.

O alerta tem sido feito desde o início do ano e foi reforçado nos últimos dias, depois que o presidente Jair Bolsonaro decidiu fazer novas mudanças na estatal.

Valdo Cruz sobre alta dos combustíveis: Bolsonaro está fazendo o que sempre criticou no governo Dilma

O aumento mais recente, de quase 9%, foi concedido no início de maio para garantir que os importadores pudessem seguir importando o produto sem risco de prejuízo no país.

Bolsonaro não gostou do aumento e decidiu demitir tanto o ministro de Minas e Energia como o presidente da petroleira e cobrar mudanças na sistemática de reajuste de preços.

Atualmente, cerca de 30% do diesel consumido no país é importado, porque as refinarias instaladas no Brasil não têm capacidade para refinar todo.

Por isso, se o preço lá fora fica mais caro do que no país, os importadores deixam de trazer o produto.

A saída para o governo evitar um desabastecimento seria a Petrobras bancar essa conta, importando o produto mais caro para vender mais barato no país.

Só que, pelas regras atuais do estatuto da companhia, quem paga essa conta é a União, e não a petroleira. Aí, seria preciso mudar o estatuto, o que a atual diretoria não aceita.

Por isso a decisão de trocar não só os membros do conselho de administração como também a diretoria da empresa para promover essas mudanças.

Além disso, caso queira segurar os preços dos combustíveis durante as eleições, o governo teria também que abrir uma exceção nas regras da empresa para que a paridade de preço de importação ficasse suspensa durante um período, como o atual, influenciado por uma guerra.

Se não mudar essas regras, a estatal precisa chegar ao final do ano com seus preços equiparados aos do mercado internacional. Caso contrário, a União também tem de bancar essa conta ou fica sujeita a ações na Justiça de ressarcimento, tanto aqui como lá fora, já que a empresa tem ações negociadas na bolsa de Nova York.
.
Valdo Cruz sobre alta dos combustíveis: Bolsonaro está fazendo o que sempre criticou no governo Dilma

Deputados aprovam salário-mínimo de R$ 1.212 e desafiam brasileiro ao milagre da sobrevivência

Foto: © José Cruz/Agência Brasil

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (24) a Medida Provisória 1091/21, que instituiu o valor de R$ 1.212 para o salário mínimo em 2022. A matéria segue para análise do Senado.

O novo valor considera a correção monetária pelo Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC) de janeiro a novembro de 2021 e a projeção de inflação de dezembro de 2021, estimada pela área técnica do Ministério da Economia. O valor diário do salário mínimo corresponde a R$ 40,40, e o valor horário, a R$ 5,51.

No total, o aumento será de 10,18% em relação ao valor anterior, que era R$ 1.100. Os estados também podem ter salários mínimos locais e pisos salariais por categoria maiores do que o valor fixado pelo governo federal, desde que não sejam inferiores ao valor do piso nacional.

A relatora, deputada Greyce Elias (Avante-MG), recomendou a rejeição de todas as 11 emendas propostas na Câmara e manteve integralmente o texto editado pelo Poder Executivo em janeiro deste ano.

“A estimativa é que cada real de aumento no salário mínimo gera um incremento direto, em 2022, de apenas R$ 15 milhões na arrecadação previdenciária, conforme o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO)”, afirmou a deputada.

O novo mínimo altera o valor de cálculo de benefícios previdenciários, sociais e trabalhistas. No caso das aposentadorias e pensões por morte ou auxílio-doença, os valores deverão ser atualizados com base no novo mínimo. O mesmo vale para o Benefício de Prestação Continuada (BPC), que corresponde a um salário mínimo e é pago a idosos a partir de 65 anos e pessoas com deficiência de baixa renda.

Homem morador de poções saiu pra trabalhar na cidade Vitória do espírito e estar desaparecido, seu nome é Ricardo Oliveira Rocha



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia