A Operação PC Impacto, deflagrada pela Polícia Judiciária Civil, na manhã desta terça-feira (08), cumpriu 25 mandados de prisão contra integrantes do Comando Vermelho (CV-MT) com o objetivo de desestruturar a organização envolvida com o tráfico de drogas e centenas de outros crimes, em Mato Grosso.

Os principais alvos foram os criadores da facção, sendo eles o Sandro da Silva Rabelo, conhecido como ‘Sandro Louco’, Jonas Souza Gonçalves Junior, vulgo ‘Batman’ e Renildo Silva Rios, conhecido por ‘Chapa’.

Deflagrada pela Delegacia de Repressão ao Entorpecente (DRE), a operação cumpriu 104 mandados judiciais expedidos pela 7ª Vara Criminal da Capital. A ação foi realizada simultaneamente em 22 municípios do estado.

Além das lideranças, foram presos: Fabio Aparecido Marques do Nascimento (Lacoste); Edvaldo Ricardo de Souza Almeida (Rick); Wambastther Ollion Bispo Moreira; Maikon Jonatas Amaral Costa (Zé Pequeno); Felipe Antonio Bruschi (Boneco); Pedro Cezar de Jesus (Azulão); Jeferson Andrade Viana (Soberano); Silvana Pereira Nascimento (Estrela); Gilson Mariano Dantas (Chorão); Lauro Alves Machado; Alan Gustavo Fretas Fagundes (Bebê); Adenilson Nascimento (Red Bull); Vithor Hugo Dragoni Duarte (Dragoni); Deander da Veiga (Geandro); Eberson Fortunato Rafael (Bingo); Sérgio Borges de Oliveira (Lacostinha); Diego Rodrigues dos Santos (Tangarazinho); Miullen Ribeiro Pires (Luna); Juliano de Souza Oliveira (Gordão); Nayara Dorneles; e Debora Varela de Jesus.

De acordo com o delegado Frederico Murta, a ação não tem caráter de apreensões de grandes volumes de drogas por focar mais no sistema de distribuição.

“O foco aqui foi a contabilidade, inclusive um dos alvos era contador, por profissão. E ele foi preso no ano passado com cerca de R$ 40 mil e foi por isso que deu início à investigação e conseguimos avançar e identificar os demais”, afirmou.

Via Repórter MT
Por Daffiny Delgado