Eduardo Santos foi preso com um revólver e um simulacro de pistola um dia após a morte de Sandro de Amorim, naquela cidadeMenos de 24 horas após o assassinato de Sandro de Amorim, morto a tiros, na localidade conhecida como Açougue Velho, em Santo Antônio de Jesus, investigadores da Delegacia Territorial (DT) local prenderam o principal suspeito do crime, Eduardo Silva Santos, o Edu, de 26 anos, na terça-feira (5).
No momento da prisão, no bairro Santa Terezinha, onde ele reside, o criminoso estava um simulacro de pistola, um revólver calibre 38 e uma porção de maconha. Conduzido à delegacia, ele será autuado em flagrante por posse ilegal de arma e ficará custodiado à disposição da Justiça. A Arma será encaminhada para perícia.