Por Bom Dia Rio


Operação da PRF e da PM na Vila Cruzeiro deixa oito mortos

Operação da PRF e da PM na Vila Cruzeiro deixa oito mortos

Oito pessoas foram mortas, segundo a Polícia Militar, em uma ação conjunta Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Comando de Operações Especiais (COE – PM), na manhã desta sexta-feira (11), na Vila Cruzeiro, no Complexo da Penha, Zona Norte do Rio.

De acordo com a PRF, os agentes visam cumprir mandados de prisão contra traficantes que fazem parte de uma quadrilha de roubo de cargas. O principal alvo é o traficante Chico Bento do Jacarezinho, chefe da facção que atua na região.

A Polícia Militar informou que a operação visa conter a ação de criminosos que estariam planejando ataques às forças de segurança que ocupam a comunidade do Jacarezinho no projeto Cidade Integrada. Segundo os agentes, assim que chegaram na Vila Cruzeiro foram atacados pelos criminosos.

De acordo com o secretário de Educação, Renan Ferreirinha, as escolas da rede municipal na comunidade não vão abrir nesta sexta-feira e as aulas ocorrerão de forma remota. Por causa da insegurança, as 3 clínicas da família da região não farão atendimento domiciliar.

Até as 7h, seis fuzis, três pistolas e duas granadas tinham sido apreendidos. Segundo moradores, um helicóptero está sobrevoando desde o início da manhã e muitos tiros foram disparados.

“Muito tiro na Vila Cruzeiro, sem condições de sair de casa para trabalhar nessa chuva de balas”, disse um morador assustado.

PM diz que busca atuar com segurança

 

Em entrevista ao Bom Dia Rio, o secretário da Polícia Militar, coronel Luiz Henrique Marinho, disse que a ação desta manhã é resultado de um trabalho de inteligência.

“É uma operação integrada entre a Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal em cima de um trabalho de inteligência que foi feito durante alguns dias, alguns meses. A informação que nós tínhamos era que integrantes de uma grande facção estavam escondidos”, explicou Marinho.

Ainda de acordo com o secretário, a operação buscou atuar com segurança e minimizando os riscos. “Encontramos uma grande resistência para avançar e cumprir nossos objetivos e provavelmente esses elementos estavam nessa resistência”, ressaltou.

Polícia Rodoviária e PM fazem operação na Vila Cruzeiro

Polícia Rodoviária e PM fazem operação na Vila Cruzeiro

Plano para reduzir letalidade

Na semana passada, o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que o governo do Rio de Janeiro adotasse medidas para reduzir a letalidade de ações policiais em comunidades do estado e deu prazo de 90 dias para que o plano seja apresentado.

O julgamento foi motivado por um recurso apresentado pelo PSB e entidades de direitos humanos depois que o relator da ação, ministro Edson Fachin, suspendeu, em 2020, a realização de operações nas comunidades, exceto em casos excepcionais.

Policial patrulha a Vila Cruzeiro ao lado de um Caveirão — Foto: Reprodução/TV Globo

Policial patrulha a Vila Cruzeiro ao lado de um Caveirão — Foto: Reprodução/TV Globo

'Bonde' de criminosos foi interceptado pela polícia; um dos corpos ficou no chão — Foto: Reprodução/TV Globo

‘Bonde’ de criminosos foi interceptado pela polícia; um dos corpos ficou no chão — Foto: Reprodução/TV Globo

Corpos ao lado de carros na Vila Cruzeiro, na Penha — Foto: Reprodução/TV Globo

Corpos ao lado de carros na Vila Cruzeiro, na Penha — Foto: Reprodução/TV Globo