Foto: Blog do Sena

O Cristo de Mário Cravo, localizado no alto da Serra do Periperi, é o maior Cristo Crucificado do mundo, e um dos cartões postais de Vitória da Conquista. Como já havia sido feito em outros anos, a Prefeitura iluminou o Cristo para o Natal, tornando o local mais atrativo para os visitantes.

Foto: Blog do Sena

Como é localizado no em um espaço amplo e aberto, o local se tornou um ponto turístico para os conquistenses e também para quem está visitando a cidade. Visto de longe em pontos diferentes da cidade, as luzes embelezam e chamam a atenção e convidam quem passa.

Foto: Blog do Sena

Na tarde desta quarta-feira (23), o Blog do Sena esteve no local e verificou a movimentação no local. Várias pessoas tiraram um tempo para visitar o lugar. Aproveitando o clima agradável, algumas pessoas faziam atividade física e uma família realizava um piquenique aos pés do Cristo. Sem falar nos visitantes que foram até lá fotografar não apenas o monumento, mas a vista da cidade.

Foto: Blog do Sena

Daniel Damasceno veio do Rio de Janeiro para Conquista para passar o Natal com a família e aproveitou a oportunidade para passar o pôr do sol no Cristo, que tem vista panorâmica para a cidade e acompanhar o acendimento das luzes de Natal ao lado da família. “Eu acho muito importante ter um espaço como esse para a saúde psicológica das pessoas por estarem muito abaladas nesse momento. Nós precisamos ter um momento de lazer com a família em um espaço aberto. Conquista tem carência de espaços como esse, então é muito importante”, avaliou o turista.

Foto: Blog do Sena

Também encontramos o vereador eleito Andreson Ribeiro (PCdoB), que disse ter percebido uma grande capacidade da área do Cristo enquanto ponto turístico de gerar emprego e renda para a cidade. “Antes de tudo temos que exaltar a lindeza, o primor dessa obra de arte que é o Cristo de Mário Cravo. Nós ficamos surpresos com turistas de outras cidades e estados visitando esse espaço. Então, nós começamos a esboçar algumas perspectivas: o local está razoavelmente organizado, mas que precisa de mais esforços dos poder público para que não seja apenas um local para visitação, mas um local de geração de emprego e renda não apenas para Conquista mas para toda a região Sudoeste”, ponderou Andreson.

O Cristo já foi palco de vários projetos, entre eles o “Pôr do Sol no Cristo, que foi realizado pela Prefeitura esse ano, mas não tem previsão de ser realizado em 2021, em virtude da pandemia de Coronavírus. O projeto contava com música ao vivo, exposições, praça de alimentação e toda a estrutura necessária para receber os visitantes.