A onda de mortes violentas que tem acontecido na cidade de Medeiros Neto em que as vítimas são mulheres tem chamado a atenção dos moradores e das autoridades local.

Na noite desta sexta-feira, 25 de outubro, a vítima foi Carla Maria de Jesus Alcântara, a “Carla Loira” de 25 anos que foi morta a tiros em frente a sua casa na Rua Osvaldo Lucas Mendes, no bairro Planalto II em Medeiros Neto.

Moradores relataram que ouviram tiros em seguida ouviram o barulho de uma moto partindo em alta velocidade, sem seguida o corpo de Carla foi encontrado em meio a uma poça de sangue.

A polícia chegou logo em seguida e constatou que a vítima foi atingida nas costas e nas pernas. Carla estava com capacete o que indica que ela estava saindo ou chegando de moto. Uma equipe do SAMU esteve no local, Carla já estava morta.

O corpo está no local aguardado a chegada do delegado plantonista Marco Antônio Neves e os peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) que após os trabalhos de perícia irá autorizar a remoção para o IML de Teixeira de Freitas.

Medeiros Neto já contabiliza quatro mortes neste mês de outubro. A primeira pessoa a ser assassinado foi Ronicley de Jesus Oliveira, o “Roni”, de 26 anos de idade, morto no dia 13. Quatro dias depois Sthefanie Porto de Souza, de apenas 15 anos, foi assassinada a tiros em frente ao colégio SCPM – Ieda Alves. Cinco dias depois, Cleisson Santos de Jesus, de 19 anos, foi morto a tiros, no bairro Uldurico Pinto.

A polícia acredita que todos os crimes tem ligação com o tráfico de drogas.