O presidente Jair Bolsonaro (PSL) acaba de demitir Ricardo Vélez Rodríguez do Ministério da Educação. Por meio do Twitter, o capitão reformado anunciou que Abrahma Weintraub será o novo chefe da pasta.

Economista pela Universidade de São Paulo, Abraham trabalhou 18 de seus 47 anos no Banco Votorantim, onde foi de office-boy a economista-chefe e diretor. Demitido, seguiu para a Quest Corretora e, logo depois, deixou a iniciativa privada.