WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

santa casa de jequie

prefeitura de pocoes



janeiro 2022
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


cobra produtora marcus solla acougues angelica

:: 11/jan/2022 . 21:54

COMUNICADO

A Secretaria Municipal de Saúde de Poções informa que a Policlínica Julio Meira Barbosa está passando por reforma e ampliação em sua estrutura física, não sendo possível o atendimento ao público excepcionalmente neste mês de janeiro de 2022. Neste período, para atendimento médico, a população poderá consultar a Central de Marcação, localizada na Rua Cardeal da Silva, nº 75, Centro (ao lado da Secretaria de Saúde), e as Unidades Básicas de Saúde.

Frisamos que o retorno do atendimento ao público será amplamente divulgado pelos canais oficiais da Prefeitura assim que a obra for concluída.

Por fim, ressaltamos que a intervenção na Policlínica se faz necessária para a oferta de um ambiente de saúde mais acomodativo e de qualidade para todos.

Você sabe a diferença? É muito importante procurar o serviço na unidade correta, conforme a gravidade da sua doença, para que possamos dar prioridade para o tempo de atendimento aos pacientes mais graves e evitar a espera desnecessária.

Boletim epidemiológico – 11/01/22.

Poções registrou, até esta terça-feira (11/01), o total de 4161 casos confirmados da Covid-19. Destes, 3956 estão recuperados e 125 continuam em recuperação.

No momento, são investigados outros 60 casos notificados como suspeitos.

Desde o início da pandemia, foram registradas 80 mortes por complicações causadas pela doença no município.

⚠️A Prefeitura de Poções reitera à população que continue com os cuidados de prevenção, fazendo o uso da máscara, a higiene das mãos e evitando aglomeração.

Com salários atrasados, médicos suspendem atendimento no Hospital São Vicente e paciente rola no chão de dor


Mais uma vez o atraso no pagamento dos salários provoca um verdadeiro caos na pública de Vitória da Conquista. na tarde desta terça-feira (11), por pacientes que buscaram atendimento na parte pública do Hospital São Vicente. Uma nota assinada pela diretora técnica da unidade, Carolina Santos, que o atendimento a pacientes com ficha verde, isto é, que não são casos graves, está suspenso.

A medida foi adotada pelos médicos por conta de atrasos no pagamento dos salários. A parte pública do Hospital é mantida através de repasses feitos pela Prefeitura. Em anos anteriores, a situação já se repetiu pelo mesmo motivo.

Um vídeo recebido pela nossa redação mostra um paciente caído no chão, gritando de dor. Mesmo assim, ele não conseguiu atendimento e acabou se dirigindo a outra unidade de saúde. Alguns paciente relataram que estavam esperando desde a parte da manhã, sem conseguir atendimento.

Foto: Blog do Sena

Nossa equipe esteve no Hospital agora à noite e verificou que a recepção do pronto socorro está vazia, isso porque os pacientes acabaram desistindo da espera e indo para outras unidades.

Nossa equipe entrou em contato com a direção do Hospital, que não confirmou o atraso no pagamento dos salários. A Prefeitura, até o momento, não se manifestou oficialmente.

Foto: Blog do Sena

A maior parte dos pacientes que deixaram o Hospital São Vicente acabou indo para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que já vinha sofrendo com a superlotação por causa do aumento dos casos de gripe no município. O resultado é muita espera, desconforto e transtornos para quem precisa dos serviços públicos de saúde.

Vitoria da Conquista: Em novo decreto, prefeita reduz público em eventos, mas não adota apresentação de cartão de vacina em bares e restaurantes


Com o aumento dos casos de Coronavírus em Vitória da Conquista, o que também vem sendo observado em toda a Bahia, as medidas restritivas voltaram a ser adotadas. Somente na última segunda-feira (10), 69 novos casos da doença forma registrados no município, elevando o número de casos ativos para 310.

Na última semana, o governador Rui Costa diminuiu o número máximo de pessoas permitido em eventos de 5 mil para 3 mil. O governador também decretou a obrigatoriedade da apresentação do cartão de vacina para adentrar em bares e restaurantes.

Na noite desta terça-feira (11), a prefeita Sheila Lemos publicou um novo decreto no qual segue os direcionamentos do governador em relação ao público dos eventos, que também foi estabelecido em 3 mil pessoas. Por outro lado, o decreto não traz qualquer orientação acerca da apresentação do cartão de vacina para adentrar em bares e restaurantes.

Também hoje, a Secretaria Municipal de Saúde informou que o período de isolamento para os pacientes diagnosticados com Coronavírus caiu de 10 para 7 dias.

‘Eu Matei meus filhos, me deixa morrer’, disse mãe a policiais depois do crime

“Matei meus filhos, me deixa morrer”. Essa foi a primeira frase dita por Stephany Ferreira Peixoto quando policiais entraram na casa dela, em Guapimirim (RJ), na tarde da segunda-feira (10)). Ela estava sentada e coberta de sangue.

Na casa, estavam os corpos dos dois filhos de Stephany, de 3 e 6 anos de idade, mortos a facadas.

O crime aconteceu por volta das 13h30 e depois de matar os filhos Stephany cortou os pulsos, segundo contou o delegado Antônio Silvino Teixeira, da 67ª Delegacia, ao site Metrópoles. “O quadro: ela sentada na sala, sangrando muito nos pulsos. Perguntaram pelas crianças e ela apontou para o quarto. A autora não falou nada sobre os fatos, só ‘matei meus filhos, me deixa morrer’. No entanto, foi socorrida para o Hospital José Rabelo Melo, e seu estado de saúde é estável”, diz.

O marido de Stephany e pai das crianças estava bastante abalado. Ele contou aos policiais que a mulher sempre foi uma excelente mãe. Todos os conhecidos apontaram que ela tinha um comportamento considerado normal, sem nada que indicasse problemas.

Stephany chegou a ligar para o marido no dia do crime dizendo que ia se matar. Ele avisou vizinhos, que chamaram a polícia, e voltou correndo para casa. Quando a polícia chegou, já encontrou as crianças mortas e Stephany ferida.

Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Teresópolis. Já Stephany está custodiada no hospital para o qual foi socorrida.

Homem fica muito arrependido após perder a esposa para a Covid; ele a proibiu de se vacinar

Fernando era casado com Renata, de 65 anos. Os nomes são fictícios e a história foi contada pela médica Nathália Fraporti ao site The Intercept Brasil. Em outubro, o casal foi internado após contrair a Covid-19. Nenhum dos dois estava vacinado e a história chamou a atenção da profissional de saúde.

Fernando não havia se vacinado e proibiu a esposa de fazer o mesmo. Ela queria, mas diante da determinação do marido, não pôde tomar. O homem acreditava em teorias da conspiração que eram divulgadas sobre a Covid-19, especialmente em grupos do WhatsApp.
No hospital, o homem se recuperou, mas a esposa teve que continuar internada. Ela foi encaminhada à unidade de terapia intensiva. Durante o tratamento, Renata foi pronada 13 vezes. Este procedimento consiste em virar o paciente de barriga para baixo para facilitar a respiração.
O problema é que a idosa, que poderia ter recebido até três doses antes da internação, parou de responder ao procedimento. Depois de um mês e meio internada, Renata morreu. O marido se arrepende de ter proibido a esposa de se vacinar.
Médica conversou com marido que proibiu esposa de se vacinar
A doutora Nathália conversou com Fernando. Ele contou à médica que nunca havia se vacinaado na vida e acreditava que a vacina contra a Covid-19 fazia mal à saúde. O homem disse para a médica que o vírus foi criado em laboratório. Ao proibir a esposa de se vacinar, ele achava que estava protegendo a mulher e a si mesmo.

Ao conversar com as irmãs de Renata, Nathália descobriu que Fernando estava arrependido, que tinha muito de perder a esposa e que havia tomado a vacina assim que deixou o hospital. O homem, porém, se sentia culpado por não permitido que a esposa se vacinasse.

Graer entrega mantimentos a tribo isolada no município de Itambé

Índios da tribo Camacã que vivem na aldeia Alto da Abobreira, situada na cidade de Itambé, receberam 60 quilos de alimentos e 60 litros de água de uma equipe do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia (Graer). A ação pode se repetir nos próximos dias.

A aeronave carregada com os mantimentos decolou do município de Itapetinga e, durante o percurso, efetuou a avaliação técnica da região, fortemente atingida pelas chuvas que causaram diversos alagamentos na região sul da Bahia, no fim do mês de dezembro. Ao pousarem na aldeia, os militares foram recebidos pela cacique Tanara, que ficou muito emocionada com a ajuda.

“Eles ficaram bastante agradecidos pela atenção e cuidado que o Grupamento Aéreo teve. Para eles, receber auxílio em um helicóptero era algo impossível até aquele momento, pois eles viviam em uma localidade que já era isolada antes das enchentes. Com a chuva, a comunidade ficou ilhada e os índios.”, detalhou o capitão Victor Fonseca, chefe adjunto da Comunicação Social do Graer.

Conquista: Jovem morre após ser atingido por vários tiros, ele foi identificado

Um jovem morreu após ser atingido por disparos de arma de fogo.

A vítima foi levada ao Hospital Geral de Vitória da Conquista, mas não resistiu e faleceu hoje (11).

De acordo com informações obtidas pela reportagem do Blog do Rodrigo Ferraz, a vítima foi identificada como Ramon Silva, natural de Macarani.

O corpo será levado ao Departamento de Polícia Técnica.

Petrobras sobe preço da gasolina e do diesel a partir de amanhã; reajuste ocorre após 77 dias sem aumento

A Petrobras anunciou que aumentará a partir de amanhã os preços da gasolina e do diesel. O valor médio da gasolina vendida para as distribuidoras passará de R$ 3,09 para R$ 3,24 por litro, um reajuste de 4,85%. Já para o diesel, de R$ 3,34 para R$ 3,61 por litro, alta de 8%.

“Esses ajustes são importantes para garantir que o mercado siga sendo suprido em bases econômicas e sem riscos de desabastecimento pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileiras: distribuidores, importadores e outros produtores, além da Petrobras”, justificou a empresa, em comunicado.

Com esse reajuste, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor em relação à gasolina passará de R$ 2,26, em média, para R$ 2,37 a cada litro vendido na bomba – uma variação de R$ 0,11. No caso do diesel, a parcela da estatal no preço ao consumidor passará de R$ 3,01, em média, para R$ 3,25 a cada litro vendido na bomba. Uma variação de R$ 0,24.

Os preços não sofriam alta há 77 dias. Os últimos aumentos ocorreram em 26 de outubro. Em 15 de dezembro, os preços praticados pela Petrobras para a gasolina foram reduzidos em R$ 0,10 litro e permaneceram estáveis para o diesel.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia