Em assembleia realizada na tarde desta quarta-feira (18), profissionais da educação  de Vitória da Conquista decidiram entrar em greve a partir do próximo sábado (21) por tempo indeterminado. A greve vem depois de várias paralisações, protestos e tentativa de acordo com o prefeito Herzem Gusmão. Neste momento os professores se encaminham para a porta da prefeitura.

desde janeiro deste ano. “Essa recomposição de 2,7% não atende a categoria, sendo um desmonte de carreira do profissional da educação. Nós reivindicamos o repasse do FUNDEB mais o ganho real, principalmente porque nossa tabela não atende mais às expectativas de formação da categoria, composta por apenas dois níveis”, enfatizou a presidente.

Ana Cristina disse que a base não aceitará o reajuste proposto. “Esperamos que o governo repense sua forma de investimentos e de gastos, de maneira a atender a caRIA tegoria e proporcionar um reajuste que contemple nossas necessidades, ou no mínimo, respeite o repasse do FUNDEB”, afirmou Fonte: blog caique santos