Uma mulher de 35 anos, cuja identidade não foi revelada, foi presa durante o feriado de carnaval sob acusação de ter estuprado uma menina de 4 anos no município de Guanambi.

O crime teria acontecido durante uma festa de aniversário que estava ocorrendo no local em que a suspeita do crime trabalha enquanto monitora. As investigações apontam que ela abusou da criança em um banheiro do local.

Os indícios de abuso foram percebidos pelos pais, que notaram manchas de sangue nas roupas da menina. A criança indicou que a monitora havia sido a responsável pela violência sexual.

A Polícia Militar foi acionada e a suspeita foi apresentada à Delegacia Territorial de Guanambi. A monitora foi autuada em flagrante e a Polícia Civil solicitou sua prisão preventiva, decisão acarada pelo Judiciário.

Ela está sob custódia de uma unidade policial e aguarda transferência para o sistema prisional.