O juiz federal Sérgio Moro determinou nesta quinta-feira 5 a prisão do ex-presidente Lula, condenado em segunda instância no caso do triplex do Guarujá; ordem foi determinada mesmo com possibilidade de embargos pela defesa no TRF4; o Tribunal de Porto Alegre, que confirmou a condenação de Lula, emitiu ofício com autorização a Moro; ordem de prisão é dada imediatamente após a decisão do STF que negou o habeas corpus preventivo de Lula; manifestação da militância está marcada para esta sexta-feira em São Bernardo

O juiz ordenou que Lula se apresente até as 17h desta sexta.