LOCAL: Segunda Travessa do Cruzeiro, 197, Bairro Cruzeiro.
Em rondas pelo Bairro Cruzeiro, em Conquista, a guarnição se deparou com uma situação de som abusivo. Ao tentar manter contato com o proprietário da residência, este recusou a atender a ordem de desligar o som, passando a proferir palavras como: “Não sou vagabundo e vocês são abusados”. Ainda dizendo que “sairia no braço, caso a guarnição adentrasse a sua residência. Foi dada a voz de prisão, por desobediência, desacato, resistência e perturbação do sossego, momento este, em que o autor fez menção de agredir um dos componentes da guarnição. Foi solicitado apoio à outras guarnições, por meio do rádio da viatura. Ao chegar no local e tentar conduzir o acusado, este continuou a resistir, sendo necessário o uso da força proporcional. O autor foi contido, algemado e conduzido ao Disep para medidas cabíveis, juntamente com o aparelho de som. Fonte: PM

Compartilhe: