Um homem foi preso nessa sexta-feira (15) suspeito de ter estuprado uma criança de 13 anos na cidade de Custódia, no Agreste do Estado. De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu há 15 dias. Segundo o delegado Israel Braga, seccional da área, foi o Conselho Tutelar que fez a denúncia do abuso.

Na delegacia, a adolescente negou que o estupro tivesse acontecido, mas, ao serem realizados exames sexológicos, ficou provado que ela teria tido relações sexuais. No Instituto da Medicina Legal (IML), a menina contou aos legistas sobre o estupro.

Ao voltar na delegacia, a criança prestou depoimento e informou ao delegado o que havia acontecido. Segundo a vítima, na ocasião ela estava com o suspeito dentro de um carro quando ele a forçou a ter relações.

A criança ainda contou que o homem estava bêbado. O estupro aconteceu no Sítio Brabo, na Zona Rural da cidade.

O suspeito foi intimado para comparecer à delegacia três vezes, mas não obedeceu nenhuma das intimações. Após o crime, ele fugiu para o estado de São Paulo, mas em seguida retornou à Custódia e foi preso. Ele foi encaminhado para o Presídio Advogado Brito Alves, em Arcoverde, também no Agreste.