Vítima e criminosos foram localizados na Av. Brumado, no bairro Brasil

Policiais da Rondesp libertaram em Vitória da Conquista o empresário Clemente Pereira da Silva, no final da manhã dessa sexta-feira (03). Ele era mantido refém de dois criminosos, desde a noite do dia anterior. O empresário foi rendido pelos bandidos na cidade de Cândido Sales, localizada a 88 quilômetros de Conquista.

Por volta das 20h dessa quinta-feira (02), Clemente foi abordado pelos criminosos nas imediações da sua residência. Ele foi obrigado a entrar no imóvel, onde os bandidos o amarraram e subtraíram roupas e outros pertences.

Pela manhã, os bandidos obrigaram o empresário a seguir até o seu estabelecimento comercial, para pegar o documento de um veículo. Conhecidos do empresário desconfiaram do seu comportamento e informaram a polícia. Horas depois a Polícia Civil identificou que a vítima havia realizado saques em caixas eletrônicos em Conquista.

Com a informação da presença dos criminosos e da vítima na cidade, a Rondesp realizou buscas e localizou o veículo do empresário estacionado na porta de uma revenda de carros na Av. Brumado, no bairro Brasil.

Quando os policiais entraram no estabelecimento, a vítima levantou as mãos e alertou que era vítima de sequestro. Os dois homens foram abordados e rendidos.

Os militares constataram que a vítima negociando o veículo e tinha acabado de assinar o documento. Porém, o proprietário do estabelecimento não percebeu que o empresário era ameaçado pelos bandidos.

Os criminosos foram identificados como sendo Railan Alves Moura e Márcio Nascimento Brito.

No veículo foram encontradas peças de roupas, dois televisores e outros objetos pertencentes a vítima.

Railan e Márcio foram apesentados no Disep e autuados em flagrante.

De acordo com a polícia, Márcio era considerado foragido da Justiça. Contra ele existia um mandado de prisão em aberto, referente a um homicídio ocorrido no Estado do Espírito Santo.

Ao BConquista a polícia informou que a vítima foi obrigada a manter discrição, por isso ninguém notou a ação criminosa da dupla.

Railan e Márcio serão encaminhados ao Conjunto Penal de Vitória da Conquista.