O caso da menina Vitória, encontrada morta no último dia 16 no interior de São Paulo, sofreu duas reviravoltaa na manhã desta sexta-feira (29). O casal suspeito de envolvimento no crime foi conduzido algemado para a delegacia novamente.

Além disso, a equipe do SBT recebeu informações de que o material genético do servente de pedreiro Júlio Cesar Lima Ergesse foi encontrado no corpo da vítima. Ele já era considerado o principal suspeito.