A Polícia Civil, através da DH – Delegacia de Homicídios, divulgou ter elucidado o assassinato de Cristiano Ângelo de Oliveira, e do homicidio tentado contra uma adolescente, que foi atingida pelos disparos deflagrados pelos autores Leonardo Santos CoelhoL, vulgo Leo e outro suspeito de prenome Erque, vulgo Erquinho, fato ocorrido no dia 14, por volta das 11h30 em frente ao hospital Esaú Matos.

O suspeito Leonardo, foi preso em flagrante nessa terça-feira (19) pela Rondesp com cerca de 400 petecas de maconha e um revólver cal 38. e ao tentar fugir do flagrante, pulou de uma altura de 03 andares e quebrou os pés.
Depois de capturado, ao ser questionado pelos mitares sobre o homicídio este teria confessado, inclusive confessou que a arma apreendida foi a mesma usada nos homicídios.

De acordo com a PC, hoje (20), depois de liberado do hospital, foi conduzido para o Disep e foi interrogado no plantao central e confessou o homicídio, bem como a participação de seu comparsa Erque, que está foragido, tendo como motivação suposta vingança.

A DH irá representar junto à justiça pela prisão do outro suspeito que está foragido.

Fonte: DH/VCA.