Foto: ilustrativa

Os casos de Covid-19 continuam crescendo em Vitória da Conquista. Só na quarta-feira (26), foram confirmados 352 novos casos da doença, de acordo com o boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

No entanto, esse número pode ser ainda maior. De acordo com  as denúncias recebidas Blog do Sena nesta quinta-feira (27),  os moradores estão com grandes dificuldades para marcar o teste da Covid-19 por meio do número do call center disponibilizado pela SMS.

Em contato com o Blog do Sena, um leitor informou que começou a sentir os sintomas na sexta-feira (14), na semana retrasada, após ter contato com uma pessoa que testou positivo. No entanto só conseguiu marcar o teste no domingo (16), 2 dias depois. Mesmo após esse grande espaço de tempo com os sintomas, o seu teste só foi realizado na quarta-feira (19), já na outra semana.

Mas, o problema não para por aí. Além de só conseguir realizar o teste 5 dias depois do primeiro sintoma, o leitor foi informado pelos profissionais de saúde que realizaram o teste, que o resultado sairia de 3 a  5 dias. No entanto, o resultado só saiu nesta quinta-feira (27), 8 dias após a realização do teste, quando já não apresenta mais nenhum sintoma da doença. Ou seja, o leitor recebeu o resultado positivo para a Covid-19 quando já estava curado.

De acordo com o leitor, que preferiu não ser identificado, os sintomas que sentiu foram dor de garganta, dor de cabeça e tosse. Por estar com sintomas leves e sem o resultado do teste em mãos, continuou trabalhando normalmente usando máscara.

O Blog do Sena entrou em contato com a Prefeitura de Vitória da Conquista, para saber o que está causando esta demora na entrega do resultado, mas até o fechamento da matéria não obteve retorno. Vamos continuar aguardando a resposta para informar a população.

Com o aumento dos novos casos, aumentou também os casos ativos em Vitória da Conquista. Até a quarta-feira (27), a cidade registrou 642 casos ativos da doença. Desde o final do mês de dezembro de 2021, a cidade vem registrando o aumento dos casos da doença. O crescimento dos casos também está interferindo na taxa geral de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para o tratamento da Covid-19 no Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), a taxa de ocupação da UTI adulta atingiu 85%. No Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), todos  os 19 leitos disponíveis estão ocupados, ou seja, 100% de ocupação. Já no Hospital de Clínicas de Conquista (HCC), dos 20 leitos, 14 estão com pacientes internados o que corresponde a 85% de ocupação. Ainda de acordo com a Sesab, dos 33 pacientes internados nos leitos de UTI, 17 estão entubados, fazendo uso de Ventilação Mecânica (VM).