Um homem conhecido como Pabllo Vitar foi preso nas últimas horas da manhã desta última quarta-feira (20), pela equipe da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Morro do Borel, no bairro da Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro. De acordo com a Polícia Militar fluminense, Pabllo é um dos chefes do tráfico de drogas da comunidade.

O suspeito foi detido no momento em que saía de carro do morro. Na ação, 750 papelotes de cocaína, um celular e dinheiro foram apreendidos. Não ficou claro o motivo pelo qual o traficante levava o apelido de Pablo Vittar , a famosa cantora transexual brasileira.

Na internet, a reação à prisão do traficante foi seguida por comentários de humor, dado o seu apelido curioso. Houve quem dissesse que a cantora Pabllo “foi longe demais, dessa vez”, repetindo um meme que viralizou há alguns meses na rede. Outros compararam o nome do traficante ao nome de Pablo Escobar , o narcotraficante colombiano de fama mundial.

Fonte: Último Segundo – iG