Jadira e Patrícia apresentaram a experiência positiva de Itapetinga que, desde 2016 abraça esse projeto. O município tem se tornado exemplo na área de saúde mental, contribuindo no repasse de experiências aos novos municípios que pretendem aderir ao serviço terapêutico. Itapetinga já se prepara para que, em breve, seja instalada a II Residência Terapêutica.

O que é SRT – SERVIÇO RESIDENCIAL TERAPÊUTICO:

A Residência abriga 08 moradores idosos, portadores de transtorno mental e tem um caráter indenizatório para os pacientes com longos anos de internação em Manicômios e Hospitais Psiquiátricos. Os moradores deste dispositivo são oriundos do Hospital Especializado Lopes Rodrigues sediado no município de Feira de Santana. Por seu pleno desenvolvimento do projeto, já foi oferecido ao município um cofinanciamento Estadual para que se instale em breve a II Residência Terapêutica no município. O processo já esta sendo viabilizado pela SMS através da Coordenação de Saúde Mental e Diretoria de Atenção a Saúde junto a SESAB.