Índio morre e esposa fica ferida após batida entre carro de passeios e ônibus na BR-367, em Porto Seguro

A grave colisão aconteceu na manhã deste sábado, dia 31 de agosto, na rodovia BR-367, imediações de Vera Cruz, distrito de Porto Seguro e envolveu um Renault Sandero, de cor vermelha e um ônibus de turismo.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor do veículo menor, o índio pataxó Cláudio Lima dos Santos, de 30 anos, tentou ultrapassar um caminhão e acabou batendo frontalmente com o ônibus. No Sandero, que partiu ao meio com a força do impacto, ainda estava a professora Érica Cristina Santos Ferreira, 46, esposa de Cláudio, que sofreu fraturas.

Marido e mulher foram socorridos ao Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro e horas depois foi confirmado que Cláudio, com uma das pernas dilaceradas e trauma de tórax, acabou não resistindo e veio a óbito.

De acordo com testemunhas, o carro onde o casal estava tentou ultrapassar o caminhão, que transportava galões de água mineral, quando encostou na sua estrutura, rodou na pista e bateu de frente em um ônibus de turismo. Cláudio Lima dos Santos, de 30 anos, residia com a esposa Érica em Coroa Vermelha, comunidade indígena pertencente ao município de Santa Cruz Cabrália.

Nenhum passageiro do ônibus se feriu. Apenas o condutor teve ferimentos leves. Ele e o motorista do caminhão foram conduzidos à Delegacia Territorial de Eunápolis (DT), onde prestaram depoimento. (Por Ronildo Brito)