Flagrante apresentado na delegacia de Itapetinga. Foto: IRepórter

A prisão de Jurandir aconteceu na rua Antônio Carlos Magalhães, no Bairro Netanias Alves Veigas, depois que a mulher dele procurou a Polícia Militar local e pediu ajuda. A prisão aconteceu nas proximidades da residência do casal.

A vítima passou por exame de corpo delito no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Ela informou que já foi agredida outras vezes pelo marido, mas que nunca teve coragem de acionar a polícia para o agressor.

Segundo a polícia, a briga ocorreu porque a mulher se recusou baixar o volume de uma caixa de som. O acusado também utilizou uma par de coletar lixo para agredir a companheira.

Na delegacia, Jurandir foi autuado em flagrante com base na lei Maria da Penha. Ele ficou preso, mas será liberado após o pagamento da fiança.

A vítima poderá pedir a justiça uma medida protetiva de urgência para que o denunciado não se aproxime dela, nem tenha contato com a mesma pelos meios de comunicação.

 

Por  IRepórter