Um grupo de servidores do regime terceirizados do Hospital Geral de Vitória da Conquista estão com as atividades suspensas. O movimento começou na manhã desta terça-feira (18) com um protesto no pátio do HGVC.

Eles reivindicam salários do mês e também as parcelas do décimo terceiro salários. De acordo com Luciano Sousa, diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza do Estado da Bahia (SINDILIMP-BA), a situação envolve 44 trabalhadores contratados pela Global Live que atual no setor administrativo do Hospital Geral.

A  Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB) está ciente do assunto e deverá mais uma vez acionar a Global Live, no entanto não tem previsão para regularização salarial faltanto apenas sete dias para o Natal.

 

Fonte: Blog do Anderaon