Júlia do Monte
Contribuir para o desenvolvimento de jovens e crianças, agregando valores ao caráter e ajudando-os a exercitar potencialidades físicas, intelectuais, sociais e afetivas. Estes são alguns dos princípios do escotismo, que nesta terça-feira (23) comemora o “Dia Mundial do Escoteiro(a)”. A data foi instituída pelo fundador do movimento, o britânico Robert Baden Powell.

Em Feira de Santana, há mais de três décadas, o Grupo Escoteiro Domingos Barbosa de Araújo – 41 Ba, cumpre o seu papel contribuindo com a formação de centenas de jovens e crianças. “Realizamos um trabalho baseado em atividades educativas que visa, principalmente, a formação do caráter e da cidadania desses jovens. O escotismo oferece possibilidades que complementam de forma significativa as orientações da escola e da família”, afirmou o chefe Wilson Monte, diretor-presidente do Grupo.

Os grupos escoteiros se organizam de acordo com a idade dos integrantes. As crianças de 7 a 10 anos participam das atividades como lobinhos; os de 11 a 14 são escoteiros; e a partir dos 15 anos, os membros se tornam seniores. Já os jovens entre 18 e 21 anos recebem o título de pioneiros e auxiliam os chefes no processo de orientação dos iniciantes.

Andreza Santos, de 14 anos, está entre os jovens que participam das atividades em Feira de Santana. Segundo ela, o escotismo lhe ajudou na formação do caráter, nas noções de trabalho em equipe, além de incentivá-la a buscar sempre novas aventuras e a explorar os próprios limites. “As leis escoteiras abordam conceitos como integridade, lealdade, cortesia, respeito, proteção da natureza, coragem e autoconfiança em nossas habilidades individuais. Por tudo isso, o movimento escoteiro mudou a minha vida em pouco tempo, espero que mais jovens se interessem e venham nos visitar em nossa sede”, disse.

O pai da jovem também reconhece os benefícios do escotismo para a vida dela. “Ter minha filha Andreza como participante do Grupo Escoteiro é muito gratificante. Ela se tornou uma pessoa ainda melhor, com senso de responsabilidade aumentado e é muito dedicada ao Grupo e aos estudos de maneira geral. Sempre aconselho outros pais a incentivarem seus filhos a participarem desse movimento”, afirmou Carlos Alberto Santos.

Todos os sábados, das 14 às 17 horas, o Grupo Escoteiro Domingos Barbosa de Araújo se reúne nas dependências do Colégio Estadual, situado no cruzamento entre as avenidas Maria Quitéria e Presidente Dutra. Para tirar dúvidas e conhecer o trabalho que é desenvolvido, os interessados podem visitar o espaço, sem necessidade de agendamento prévio.