Homem é preso depois de atropelar e atirar na mulher em Santo André, na Grande São Paulo
SUDOESTE DIGITAL (Conteúdo, com imagens de redes sociais) – Manoel Gomes de Oliveira, 43 anos, preso após trocar tiros com policiais militares no começo da tarde de segunda-feira (18), na Avenida Jacu Pêssego, no Bairro Iguatemi, em São Paulo, é de tradicional família de Barra do Choça, a 560 km de Salvador.

Manoel Gomes de Oliveira é ferido em confronto com policiais após atropelar e matar a mulher — Foto: Reprodução/Redes sociais

Minutos antes da prisão ele atropelou e matou a tiros a mulher Elieide Rodrigues de Oliveira, 38 anos, também natural de Barra do Choça. A vítima,  morava na localidade do Gaviãozinho, zona rural de Barra do Choça.

O crime de feminicídio aconteceu na Rua Armando Mazzo, no Jardim Rina, em Santo André, no ABC Paulista.

Manoel ficou ferido durante o confronto com os policiais militares e foi socorrido e levado ao Hospital Santa Marcelina, onde permanece internado sob escolta policial, pois está preso em flagrante por feminicídio.

Elieide foi levada para o Centro Hospitalar Municipal, em Santo André, mas não sobreviveu. Segundo informações da Polícia Civil, uma câmera de segurança mostra quando a vítima caminhava pela Rua Armando Mazzo e é atingida pelo carro do marido, que sobe na calçada e atinge a vítima.

Manoel ainda desce do carro e atira contra a mulher. Ele entra novamente no carro e acelera o veículo em fuga, em alta velocidade, parando apenas depois de se recusar a parar e trocar tiros com os policiais. Recentemente, a mulher já havia prestado queixa à polícia contra o marido, por agressão.