1

Um homem e duas mulheres morreram eletrocutados na manhã desta terça-feira (12) na estrada do Jacú na localidade de Candeia Grossa, no distrito de Matinha em Feira de Santana. As vítimas foram identificadas como Reginaldo Pinto da Silva, 32 anos, Ana Paula Silva Sousa, 47, e a companheira dela, Iraci Ramos Santos, de 37 anos.

O lavrador Alfredo Alves, morador da localidade, informou ao Acorda Cidade que no local funcionava um terreiro de candomblé, e que Reginaldo subiu em um cajueiro para trocar uma bandeira quando houve o acidente. “Eu estava trabalhando na casa do menino ali, ajudando ele a colocar um piso e aí me chamaram rapidamente, vim correndo. Quando cheguei vi os três caídos um em cima do outro.
O homem estava em cima do cajueiro, e segundo os meninos aqui a mulher foi salvar ele na hora que o ferro agarrou no fio de alta tensão, e depois veio a outra e ficaram todos os três. Eles queriam descer o ferro para trocar uma bandeira de candomblé. Iria tirar uma velha e colocar uma nova, aí não conseguiram nem tirar a velha nem colocar a nova. Morreram todos os três”, relatou.
O lavrador contou ainda que quando chegou ao local dois estavam sem sinais vitais, e que uma mulher estava abrindo e fechando uma das mãos como se estivesse pedindo ajuda e depois morreu. “Acionamos a Polícia Militar, a polícia chamou o Samu e a Coelba. O Samu constatou o óbito. O terreiro não estava em funcionamento, estava parado e ele só ia trocar a bandeira ”, concluiu.
Reginaldo morava na cidade de Santo Amaro e as duas mulheres residiam no bairro Novo Horizonte em Feira. Segundo informações de moradores ao Acorda Cidade, Reginaldo foi ao local para uma festa realizada no fim de semana, e decidiu não retornar para Santo Amaro, ficando na casa de uma amiga localizada próximo ao local do acidente. O homem ficou com o corpo parcialmente queimado. Já Ana Paula e Iraci tiveram queimaduras nas pernas, braços e rosto. Os corpos foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT). // Acorda Cidade.
201998-3