Foto: Redes Sociais/Reprodução

Da redação | O ex-prefeito de Estância Velha, no Vale do Sinos, Elivir Desiam de 57 anos foi encontrado na manhã deste sábado (29) no mar em Imbé, no Litoral Norte. Horas depois, ele morreu no posto de saúde da cidade.

Segundo a Polícia Civil, o Toco, como era conhecido, antes de entrar no mar teria avisado familiares sobre um assassinato que cometeu na última sexta-feira (28) no Vale do Sinos. A vítima é a atual namorada Lúcia Bialoso Valença de 35 anos.

O óbito foi confirmado pelo delegado de Tramandaí, Paulo Perez. Elivir foi encontrado se afogando por um guarda-vidas na altura da guarita 130 e chegou ao posto de saúde com uma parada cardiorrespiratória. O corpo foi encaminhado para a necropsia no Departamento Médico Legal (DML) de Osório.

Morte da namorada

Antes do corpo de Elivir ser encontrado, a ex-esposa do antigo prefeito de Estância Velha ligou para a polícia. Ela relatou que o Toco ligou horas antes confessando o assassinato e que iria cometer suicídio no mar.

No Vale do Sinos, a Polícia Civil foi acionada e confirmou a morte por estrangulamento. Lúcia foi morta com uma corda de vestido. O corpo foi encontrado enrolado em um cobertor no chão da cozinha. Junto, havia cerca de R$ 3 mil colocados de forma organizada em meio a um cobertor.

A Polícia Civil agora está apurando a motivação do crime.

Trajetória política

Elivir Desiam foi vereador de Estância Velha entre 1997 e 2000. Depois, se elegeu duas vezes para chefiar o Executivo Municipal. Em 2016, pelo PTB, foi candidato a deputado estadual.