A morte de Gleisson de Jesus Santos (acima), 19 anos, no último dia 7, na Rua Encruzilhada, em um terreno baldio, próximo a Praça Norberto Aurich ,Bairro Alegria, em Vitória da Conquista, foi encomendada pelo líder da facção criminosa Tudo 3, como queima-de-arquivo. É o que revela a polícia civil de Conquista, por meio da Delegacia de Homicídios.

De acordo com a DH, em operação conjunta com a 78 CIPM, visando elucidar o homicídio, os investigadores empreenderam diversas diligências pela identificação dos autores, que chegaram utilizando uma bicicleta e efetuaram vários disparos de contra a vítima, que teve morte instantânea.

“Após trabalho investigativo, constatou -se que a motivação decorreu de envolvimento da vitima com a facção criminosa Tudo 3, onde praticava assaltos, homicídios e para ocultar os crimes o gerente do tráfico no Bairro Alegria ordenou sua morte como queima-de-arquivo, sendo identificado os executores e localizado o co-autor, que foi encaminhado perante a autoridade policial para a adoção das medidas pertinentes”, informou a PC. A polícia civil prossegue nos trabalhos de Polícia Judiciária.