A destinação de recursos do governo federal para o enfrentamento da Covid-19 na Bahia foi tema de uma edição da coluna “O Carrasco”, publicada na última semana pelo Jornal A Tarde, de Salvador. Intitulado “Milhões da Covid”, o texto cita, entre outros nomes, o do prefeito Herzem Gusmão, e aponta que o atual mandatário de Vitória da Conquista esqueceu que os quase R$18 milhões que recebeu da União deveriam ser aplicados para combater a Covid na cidade, onde já existem quase 4 mil casos confirmados da doença e 88 mortes.

De acordo com a coluna, o esquecimento de Herzem com relação à aplicação desses recursos se deve a sua briga pela reeleição, pois, “sabendo que a sua candidatura está ameaçada, não perdeu tempo para fortalecer seu nome e se manter como prefeito da cidade do frio”. O texto alertou ainda que o Tribunal de Contas do Município (TCM) está de olho, bem como o Ministério Público, e ironizou: “a alegria de quem sorrir primeiro dura pouco”.