Foto: Rovena RosaPelo menos cinco moradores em situação de rua morreram desde a última quinta-feira (20) devido ao frio intenso que uma massa de ar polar trouxe para São Paulo. Quatro das vítimas estavam no centro e uma na zona norte da cidade.

Desde sábado, 396 moradores em situação de rua foram acolhidos em albergues da prefeitura, que realiza uma operação contra as baixas temperaturas.

O primeiro corpo foi de uma mulher, encontrado em uma barraca na Praça da Sé. O segundo corpo foi de um homem, de 39 anos, localizado na rua 25 de Março. Ambos os corpos foram encaminhados ao IML Central (Instituto Médico Legal), onde passarão por exames, que constatarão a causa da morte.

A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social  informou que possui 101 centros de acolhimento para pessoas em situação de rua. Durante a situação de emergência, a pasta informa que criou 1.222 novas vagas de acolhimento, sendo 672 em oito equipamentos emergenciais em centros esportivos, outras 400 em quatro CEUs (Centros Educacionais Unificados), utilizados durante a Operação Baixas Temperaturas.

Nesta segunda-feira (24), às 17h, os representantes da ONG Movimento Estadual da População em Situação de Rua realizarão um protesto em frente à Prefeitura de São Paulo reivindicando medidas para a população de rua.

(*Com informações da Record TV)