As vítimas foram assassinadas dentro de um veículo, em Ponta Porã (MS), onde a polícia encontrou cerca de R$ 10 mil. Atiradores não foram identificados.

Um casal foi morto com cerca de 100 tiros de fuzil na madrugada deste domingo (13), em Ponta Porã, no sul de Mato Grosso do Sul, fronteira do Brasil com o Paraguai. Segundo a polícia, as vítimas estavam dentro de um carro quando foram abordadas pelos atiradores.

Conforme a ocorrência, Wellington Bruno Alves, de 27 anos, e Daiane Dias Constanci, de 26, morreram no local antes mesmo de o socorro chegar. Segundo relato de testemunhas à polícia, os dois estavam em um famoso cassino da região antes de serem executados.

Ponta Porã faz fronteira seca com o Paraguai, tendo apenas uma avenida que a separa da cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero. A região é conhecida como área de disputa de facções criminosas pelo controle do tráfico de drogas.

Ainda de acordo com a polícia, no interior do veículo foi encontrado um valor de aproximadamente R$ 10 mil em dinheiro. Equipes da Polícia Militar e de peritos estiveram no local e isolaram a área.

O caso foi registrado como homicídio simples na Primeira Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã.O carro que ficou com várias marcas de tiros foi levado para a Depol. A Polícia Civil, com o apoio da Policia Nacional do Paraguai, investiga o caso. Ainda não há informações sobre os atiradores nem a motivação do crime.

Com informações G1.

Enfim, gostou das nossas notícias?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre Cidade, Estado, Brasil e Mundo.

O conteúdo do Macajuba Acontece é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.