A duplicação da Serra do Mutum, local caracterizado como um dos mais perigosos da Rodovia Santos Dumont no Sudoeste baiano, é um anseio antigo da população de Jaguaquara, Jequié e de outros municípios da região. Serra do Mutum seue fazendo vítimas e ainda não foi duplicada.

A Concessionária Via Bahia, que administra a BR-116, diz estar nos planos da empresa à duplicação, mas não há previsão de quando serão iniciadas as obras. Os usuários cobram das autoridades políticas um debate amplo sobre o assunto e providências quanto à promessa ainda não cumprida pela concessionária. // informações do Blog do Jeferson Almeida.