Foto: Luis Gustavo da Silva de Freitas
Ilustrativa.

A Semob – Secretaria de Mobilidade Urbana intensificarás blitzes no decorrer de toda a semana que começa nesta 2ª feira (12). O Cel. Ivanildo, Comandante do CPR/Sudoeste tem garantido as operações disponibilizando toda força policial necessária para o êxito de toda operação.
Ameaça
A ameça de alguns vanzeiros aos integrantes do SImtrans não será tolerada pela administração municipal. Em nota a Prefeitura assim se manifestou:
A Prefeitura de Vitória da Conquista reitera que não concorda que qualquer tipo de ameaça seja feita a qualquer servidor público municipal. Os agentes do Simtrans estão no cumprimento do seu dever, acatando uma orientação do Ministério Público da Bahia (MP-BA).
O município entende que toda a manifestação é legítima, desde que ocorra de forma pacífica. A Prefeitura está de portas abertas para o diálogo, mas não pode tolerar que servidores sejam ameaçados.
O prefeito Herzem Gusmão (MDB) reforçou a nota ao declarar:
“Não aceito que nenhum servidor seja agredido no cumprimento do seu dever. O Nosso Governo vai reagir, e os agressores serão banidos de oportunidades de participar do processo licitatório do transporte alternativo. Responderão ainda  a processos que serão acompanhados pela PGM – Procuradoria Geral do Município. Não vou tolerar desobediência civil, desordem e agressões.”,disse o prefeito Herzem.
Processo
Os agressores identificados na operação da semana passada, que ameaçaram os agentes do Simtrans, serão já relacionados, e não poderão participar do processo licitatório  em curso, que está suspenso – até que o Estudo de Viabilidade  seja apresentado ao Ministério Público. Os seus nomes (vanzeiros) serão encaminhados a PGM – Procuradoria Geral do Município e serão denunciados criminalmente à Justiça.